Twitter RSS
Close

Atlético-MG 2 x 0 Palmeiras – 25/02/2021

O jogador Gabriel Silva, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Allan, do C Atlético Mineiro, durante partida válida pela trigésima oitava rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio Mineirão. (Foto: Cesar Greco)

Pela última rodada do campeonato o Palestra foi a MG enfrentar a equipe atleticana que brigava por uma posição melhor entre os primeiros.

Completamente reserva o Verdão iniciou a partida jogando bem e com uma leve superioridade em relação aos mandantes. Logo aos 4 minutos Wesley lançou Lucas Lima, que foi derrubado pelo goleiro a um passo da área; lance claro de expulsão, porém ignorado pela arbitragem.

Na segunda etapa os mandantes melhoraram e obrigaram Vinícius a fazer boas defesas, além de chegarem aos 2 gols.

Com a derrota, o Palmeiras termina o Brasileirão na sétima colocação com 58 pontos.

Jogo válido pela 38ª rodada do Brasileirão 2020.

FICHA TÉCNICA

Local: Mineirão, Belo Horizonte (BH)
Data: 25/02/2021, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Everson, Zaracho e Guga (ATL)
Gols: Jair, aos 33, e Eduardo Sasha, aos 43 minutos do segundo tempo

Atlético-MG: Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Franco), Jair e Zaracho (Hyoran); Savarino (Vargas), Diego Tardelli (Keno) e Marrony (Eduardo Sasha)
Técnico: Jorge Desio (auxiliar)

Palmeiras: Vinicius; Breno Lopes, Kuscevic, Renan e Vanderlan; Zé Rafael (Danilo); Gustavo Scarpa e Lucas Lima; Esteves, Gabriel Silva (Marcelinho) e Wesley (Veron)
Técnico: Abel Ferreira

Por Eduardo Luiz
25/02/2021, 23h24

Goleiro adversário não foi expulso e juiz não marcou pênalti em Gabriel Silva. Lances aconteceram antes do time mineiro fazer 2 a 0.

Primeiro tempo

O “segundo time” do Palmeiras iniciou o jogo melhor que o Atlético-MG. Logo aos 4 minutos Wesley lançou Lucas Lima, que foi derrubado pelo goleiro a um passo da área; lance claro de expulsão, mas os árbitros de campo e de vídeo se fizeram de cegos. Na cobrança de falta executada por Gustavo Scarpa, Everson fez grande defesa.

A equipe mineira foi ameaçar a meta de Vinicius Silvestre aos 18 minutos: Guilherme Arana cobrou escanteio e Igor Rabello escorou por cima do travessão. Aos 27, após recuou na fogueira de Breno Lopes, improvisado na lateral-direita, Vinicius demorou a isolar e acabou carimbando Diego Tardelli; a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 34 minutos Savarino foi lançado e só não conseguiu concluir porque Vanderlan bloqueou na hora certa. Aos 41, Lucas Lima deu belo passe para Wesley dominar e chutar; Everson fez milagre e a bola ainda bateu na trave. No contra-ataque o Atlético-MG devolveu o susto: Tardelli recebeu lançamento e soltou a bomba para boa defesa de Vinicius.

Segundo tempo

Com Danilo no lugar de Zé Rafael, o Verdão voltou pior para o segundo tempo, embora tenha finalizado primeiro: aos 2 minutos Lucas Lima experimentou de fora da área, sem perigo. Ainda dentro do segundo minuto Marrony recebeu dentro da área e finalizou para boa defesa de Vinicius.

Aos 4 minutos Esteves pedalou pra cima do marcador e bateu fraco, nas mãos de Everson. No lance seguinte outra investida dos mandantes, novamente com mais perigo: o ex-Palmeirense Keno cruzou para o também ex-Palmeirense Hyoran escorar de cabeça à direita de Vinicius. Aos 7, Guilherme Arana bateu cruzado, para fora.

Titular depois de quase 4 meses, Wesley foi substituído aos 13 minutos. Gabriel Veron, que não atuava desde 26 de janeiro, entrou em seu lugar. Após um período sem emoção, o Palmeiras foi novamente prejudicado pela arbitragem aos 23 minutos em pênalti de Allan em Gabriel Silva sonegado pelos homens do apito.

Aos 30 minutos, após bate-rebate em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Igor Rabello bater à queima-roupa, mas Vinicius fez milagre. Três minutos mais tarde, porém, o goleiro Palmeirense nada pôde fazer quando Jair surgiu livre na sua frente para escorar cruzamento de Keno: 0 a 1.

Em busca do empate, o Verdão tentou reagir aos 35 minutos com Danilo, mas o chute do volante não ofereceu perigo a Everson. Aos 40, Scarpa cruzou para Kuscevic finalizar com estilo, mas o zagueiro errou o alvo. Aos 42 minutos Hyoran cobrou falta e exigiu outra ótima defesa de Vinicius. Mas novamente pouco depois o Atlético-MG chegou ao gol. Aos 43 Keno recebeu lançamento e cruzou para Eduardo Sasha fazer 2 a 0.

O segundo gol da equipe mineira matou o jogo. Os últimos minutos, contando os 4 de acréscimo, foram protocolares. Com a derrota, o Palmeiras termina o Brasileirão na sétima colocação com 58 pontos.

Agora é final. No domingo (28/2) o Verdão começa a decidir o título da Copa do Brasil contra o Grêmio. O jogo será em Porto Alegre, às 16h.

 

PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
%
1
  Flamengo
71
38
21
8
9
58
48
10
62
2
  Internacional
70
38
20
10
8
61
35
26
61
3
  Atlético-MG
68
38
20
8
10
64
45
19
59
4
  São Paulo
66
38
18
12
8
59
40
19
57
5
  Fluminense
64
38
18
10
10
55
42
13
56
6
  Grêmio
59
38
14
17
7
53
40
13
51
7
  Palmeiras
58
38
15
13
10
51
37
14
50
8
  Santos
54
38
14
12
12
52
50
2
47
9
  Athletico-PR
53
38
15
8
15
38
36
2
46
10
  Red Bull Bragantino
53
38
13
14
11
50
40
10
46
11
  Ceará
52
38
14
10
14
54
51
3
45
12
  Corinthians
51
38
13
12
13
45
45
0
44
13
  Atlético-GO
50
38
12
14
12
40
45
-5
43
14
  Bahia
44
38
12
8
18
47
59
-12
38
15
  Sport
42
38
12
6
20
31
50
-19
36
16
  Fortaleza
41
38
10
11
17
34
44
-10
35
17
  Vasco
41
38
10
11
17
37
56
-19
35
18
  Goiás
37
38
9
10
19
41
63
-22
32
19
  Coritiba
31
38
7
10
21
31
54
-23
27
20
  Botafogo
27
38
5
12
21
32
62
-30
23
Libertadores
1º ao 4º
Pré-Libertadores
5º e 6º

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.