Twitter RSS
Close

Atlético-GO 0 x 3 Palmeiras – 25/10/2020

O jogador Luiz Adriano, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Atlético C Goianiense, durante partida válida pela décima oitava rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no estádio Olímpico Pedro Ludovico. (Foto: Cesar Greco)

Na retomada do campeonato nacional, após a bela vitória/goleada pela Libertadores, o Palestra voltou a campo para tentar se reabilitar.

De forma tranquila o Verdão aproveitou a fragilidade e vacilos adversários para conquistar a vitória ao natural com um gol na etapa inicial e outros 2 no segundo tempo.

Com a vitória em Goiânia o Palmeiras encerra uma série negativa de 4 derrotas seguidas, vai a 25 pontos e melhora um pouco a situação no Brasileirão, se afastando do pelotão que briga para se afastar da zona do rebaixamento.

Jogo válido pela 18ª rodada do Brasileirão 2020.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, Goiânia (GO)
Data: 25/10/2020, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Janderson (ACG); Luan, Raphael Veiga, Rony e Gustavo Scarpa (PAL)
Gols: Wesley, aos 18 minutos do primeiro tempo; Luiz Adriano, aos 9 e aos 18 minutos do segundo tempo

Atlético-GO: Jean; Dudu (Arnaldo), João Victor, Éder e Nicolas (Natanael); Gabriel Baralhas (Matheus Vargas), Chico e Marlon Freitas; Janderson, Zé Roberto (Júnior Brandão) e Gustavo Ferrareis (Matheuzinho)
Técnico: Eduardo Souza

Palmeiras: Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Luan e Matias Viña; Patrick de Paula (Ramires), Zé Rafael e Raphael Veiga (Lucas Lima); Rony (Gabriel Silva), Wesley (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano (Willian)
Técnico: Andrey Lopes

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
25/10/2020, 17h53

Comandado interinamente por Andrey Lopes, Palmeiras aproveita vacilos do adversário e volta a vencer após 4 rodadas; Wesley e Luiz Adriano (2) fizeram os gols.

Primeiro tempo

Com Luan, Patrick de Paula e Rony de novidades no time titular, o Palmeiras iniciou o jogo tentando surpreender o Atlético-GO. Aos 3 minutos Rony cruzou e Zé Rafael bateu de primeira, por cima do travessão. A chance criada, porém, foi isolada. Logo a partida ficou truncada, com os dois times se respeitando demais.

Aos 19 minutos, num escanteio a seu favor, o Atlético-GO fez uma lambança que possibilitou ao Verdão abrir o placar. Baralhas e Dudu trombaram e a bola sobrou para Wesley, antes do meio-campo, avançar livre e tocar por baixo do goleiro já de dentro da área: 1 a 0.

Atrás no marcador, a equipe da casa foi em busca do empate, que não saiu 2 minutos depois porque Weverton fez grande defesa em chute de Chico após belo passe de calcanhar de Zé Roberto. Aos 25 Wesley robou a bola no ataque e tocou para Luiz Adriano, que demorou para tocar ou finalizar – quando tomou uma atitude, passou para Raphael Veiga, que chutou em cima da marcação.

O jogo era movimentado. Aos 37 minutos Chico iniciou a jogada que terminou com Dudu cruzando rasteiro para Zé Roberto, mas Weverton interceptou e depois Patrick de Paula afastou o perigo. Aos 40 Zé Roberto tentou de fora da área, nas mãos do camisa 21 Palmeirense (pediu para voltar o número no Brasileirão, deixando a 1 de lado). No minuto seguinte foi a vez de Baralhas arriscar um chute de média distância, para fora.

Jogando no erro do adversário, o Palmeiras teve a chance de aumentar a vantagem aos 42 minutos com Rony; o camisa 11 desarmou Dudu e ficou cara a cara com Jean, que evitou o segundo com uma bela defesa. Aos 46 Chico cobrou falta, a bola desviou na barreira e carimbou a trave. Pouco depois o árbitro encerrou o primeiro tempo no Estádio Olímpico.

Segundo tempo

Na etapa final, sem alterações, o Verdão voltou com a mesma estratégia de esperar por um novo vacilo do time da casa, o que não demorou para acontecer. Aos 9 minutos Jean quis sair jogando e deu a bola no pé de Luiz Adriano, que ajeitou o corpo e chutou: 2 a 0.

Aos 12 minutos Janderson driblou Felipe Melo dentro da área e chutou cruzado, parando em ótima defesa de Weverton. Aos 18 Gabriel Menino cruzou com perfeição para Luiz Adriano, que de primeira finalizou melhor ainda: 3 a 0. Aos 20 minutos, após levantamento na área, Patrick afastou mal e Dudu bateu de canhota, para fora.

Com cada vez mais espaços para atacar, o Verdão seguiu criando oportunidades. Aos 21 minutos Wesley passou pelo zagueiro e chutou por cima. Aos 26 Gabriel Menino bateu cruzado, à direita do goleiro. Valente, o Atlético-GO não se entregava. Aos 27 minutos Chico clareou a jogada e soltou a bomba, rente ao travessão.

Depois da chance desperdiçada pelo time da casa, o técnico interino Andrey Lopes promoveu duas alterações: Lucas Lima e Willian entraram nos lugares de Raphael Veiga e Luiz Adriano, respectivamente. Aos 30 minutos Rony fez bela jogada individual passando por 2 marcadores, mas errou na hora da conclusão.

Aos 35 minutos o Atlético-GO perdeu a chance mais clara para descontar: Marlon deu ótimo passe para Chico, que chutou para fora mesmo cara a cara com Weverton. Depois do susto, mais duas mexidas no Palmeiras: Patrick de Paula e Wesley deram lugar a Ramires e Scarpa.

Nos últimos minutos, com o resultado consumado, ainda deu tempo para o VAR sugerir uma expulsão bizarra de Scarpa, que por sorte o árbitro de campo não concordou, de Gabriel Silva entrar para ganhar o bicho no lugar de Rony, e de Lucas Lima acertar a trave no último lance do jogo.

Com a vitória em Goiânia o Palmeiras encerra uma série negativa de 4 derrotas seguidas, vai a 25 pontos e melhora um pouco a situação no Brasileirão, se afastando do pelotão que briga para se afastar da zona do rebaixamento.

O Verdão volta a campo na quinta-feira (29/10) para enfrentar o Red Bull Bragantino pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida será disputada às 19h, na casa do adversário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.