Twitter RSS
Close

Grêmio 1 x 1 Palmeiras – 20/09/2020

O jogador Raphael Veiga, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Darlan, do Grêmio FBPA, durante partida válida pela décima primeira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena do Grêmio. (Foto: Cesar Greco)

Com o objetivo de aproveitar o tropeço do líder e tentar aproximar-se de vez, o Palestra foi a Porto Alegre enfrentar o Grêmio.

Numa partida bastante ruim tecnicamente e com muitas faltas, o Palmeiras abriu o marcador aos 26′ do segundo tempo num golaço de Raphael Veiga.

O jogo seguia no mesmo ritmo e o mandante não chegava a ameaçar a meta defendida por Weverton. Contudo, num ataque aos 45′ Felipe Melo bloqueou o atacante gremista e a bola foi para escanteio. Na cobrança, gol.

Novamente Luxemburgo e seus comandados entregam 2 valiosos pontos na busca pelo título.

Com o novo empate – o 6º em 10 jogos – o Palmeiras vai a 18 pontos e desperdiça outra oportunidade para assumir a vice-liderança do Brasileirão.

Jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão 2020.

FICHA TÉCNICA

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data: 20/09/2020, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Éder Alexandre (SC)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Victor Ferraz (GRE); Felipe Melo, Matias Viña e Gabriel Menino (PAL)
Gols: Grêmio: Ferreira, aos 46 minutos do segundo tempo;
Palmeiras: Raphael Veiga, aos 25 minutos do segundo tempo

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Darlan (Isaque), Lucas Silva (Ferreira) e Matheus Henrique; Alisson, Robinho (Guilherme Azevedo) e Diego Souza
Técnico: Renato Gaúcho

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gomez e Matias Viña; Ramires (Wesley), Gabriel Menino (Bruno Henrique), Danilo e Raphael Veiga (Vitor Hugo); Rony (Gabriel Verón) e Willian (Luiz Adriano)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Lance!Globo EsporteTerra EsportesEstadao.

Por Eduardo Luiz
20/09/2020, 17h53

Time vencia sem ser incomodado até os 40 minutos do segundo tempo, quando Luxemburgo resolveu segurar o resultado, “chamando” o gol de empate nos acréscimos: 1 a 1.

Com o retorno de Felipe Melo como principal novidade, o Palmeiras iniciou o jogo vendo o Grêmio tomar a iniciativa. Apesar de ter mais posse de bola, no entanto, a equipe gaúcha não conseguia criar oportunidades de gol. A primeira chance surgiu apenas aos 14 minutos numa cobrança de falta de Lucas Silva que fez Weverton trabalhar.

A resposta do Verdão também demorou: aos 21 minutos Danilo – substituto de Patrick de Paula – arriscou de fora da área e errou o alvo. Aos 26 outra chegada do Grêmio, novamente em cobrança de falta; Diego Souza cobrou, a bola desviou na barreira e saiu em escanteio, que não resultou em nada.

Pouco criativo, o Palmeiras mal conseguia passar do meio-campo, mas ao mesmo tempo não permitia ao Grêmio se aproximar da área, e para isso recorreu às faltas em vários momentos. Aos 38 minutos, quando conseguiu romper a forte marcação alviverde, o time da casa levou perigo: Victor Ferraz cruzou, a defesa alviverde não cortou e a bola sobrou para Alisson, que dominou e chutou, parando em ótima defesa de Weverton.

No final do primeiro tempo, aos 43 minutos, o Verdão enfim conseguiu assustar o Grêmio: Viña cruzou, David Braz afastou parcialmente e Gabriel Menino ficou com a sobra dentro da área; o volante soltou a bomba mas carimbou Matheus Henrique.

Com cartão amarelo, Gabriel Menino não voltou para a etapa final. Bruno Henrique entrou em seu lugar e de dentro de campo viu o mesmo jogo ruim do primeiro tempo. Sem criatividade, o Palmeiras não ameaçava o Grêmio, que seguia com muita dificuldade para furar a marcação alviverde.

Aos 11 minutos, num raro ataque, Bruno Henrique ajeitou para Ramires bater muito mal, para fora. Aos 13, após sofrer uma pancada no tornozelo, Rony foi substituído por Gabriel Veron. Aos 15 minutos Danilo experimentou de fora da área, à direita de Vanderlei.

Percebendo que com um pouco de ousadia poderia tentar um resultado melhor que o empate, aos 20 minutos Luxemburgo promoveu mais duas alterações: Willian e Ramires deram lugar a Luiz Adriano e Wesley, respectivamente. No minuto seguinte Bruno Henrique arriscou da entrada da área e viu a bola passar perto da trave direita de Vanderlei.

Enfim o jogo era melhor. Aos 23 minutos Ferreira puxou contra-ataque e bateu cruzado, para fora. Aos 25 o Verdão trabalhou bem a bola pelo lado esquerdo do ataque, Viña cruzou com perfeição e Raphael Veiga pegou de primeira. Golaço: 1 a 0.

Atrás no placar, o Grêmio tentou reagir rapidamente: aos 33 minutos a bola foi cruzada na área, Gómez não conseguiu cortar e a bola sobrou para Izac, que bateu por cima do travessão. Aos 33, num contra-ataque, Wesley resolveu chutar de muito longe ao invés de construir uma jogada com Marcos Rocha.

Aos 40 minutos Luxa resolveu segurar o resultado, e para isso trocou Raphael Veiga por Vitor Hugo. Com 3 zagueiros, o Palmeiras recuou todo e acabou sendo castigado aos 46 minutos numa jogada de bola parada: Alisson cobrou escanteio e o baixinho Ferreira subiu sozinho para escorar no canto esquerdo de Weverton: 1 a 1. Depois disso nada aconteceu.

Com o novo empate – o 6º em 10 jogos – o Palmeiras vai a 18 pontos e desperdiça outra oportunidade para assumir a vice-liderança do Brasileirão. Que sina…

Quarta-feira (23/9) o time de Vanderlei Luxemburgo muda o foco novamente para a Libertadores para disputar outro jogo fora de casa, desta vez contra o Guaraní, às 21h30, no Paraguai.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.