Twitter RSS
Close

Red Bull Bragantino 1 x 2 Palmeiras – 06/09/2020

O jogador Willian, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Red Bull Bragantino, durante partida válida pela oitava rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio Nabi Abi Chedid. (Foto: Cesar Greco)

Vindo de dois empates e de duas apresentações horrorosas, contra Bahia e Internacional, o Palmeiras buscava novamente a chance de reabilitar no campeonato e não permitir que a pressão aumente.

Mesmo sob um forte calor a primeira etapa foi movimentada com algumas chances não muito perigosas para ambos os lados.

No retorno do segundo tempo o panorama não mudou. Aos 9′ num lance de sorte o adversário abriu o marcador.

Vanderlei Luxemburgo tratou de mexer no time e as alterações surtiram efeito e pouco tempo depois o Verdão chegou ao empate.

Quando parecia que o placar já estava decretado com um novo empate, para irritação da tarcida, um bom lançamento para Gabriel Veron na ponta esquerda que cruzou pro meio da área para Willian completar. Alívio Palestrino.

Jogo válido pela 8ª rodada do Brasileirão 2020.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Data: 06/09/2020, domingo
Horário: 11h00 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Carlos Henrique Lima Filho (RJ) e Daniel Parro (RJ)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Ricardo Ryller (RED); Gustavo Gomez e Vitor Hugo (PAL)
Cartão Vermelho: Morato (RED)
Gols: Red Bul Bragantino: Claudinho, aos 9 minutos do segundo tempo;
Palmeiras: Garbiel Veron, aos 23 minutos do segundo tempo, e Willian, aos 48 minutos do segundo tempo

Red Bull Bragantino: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Ricardo Ryller (Uillian Correia), Matheus Jesus e Claudinho (Morato); Artur (Hurtado), Ytalo (Alerrandro) e Leandrinho (Bruno Tubarão)
Técnico: Mauricio Barbieri

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Willian), Vitor Hugo, Gustavo Gomez e Matias Viña; Patrick de Paula (Danilo), Gabriel Menino, Lucas Lima (Raphael Veiga) e Zé Rafael (Bruno Henrique); Wesley (Gabriel Veron) e Luiz Adriano
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Lance!Globo EsporteTerra EsportesEstadao.

Por Eduardo Luiz
06/09/2020, 13h03

Atacante entrou no segundo tempo, marcou o gol de empate e deu o passe para o gol da vitória, anotado por Willian. Palmeiras vai a 13 pontos e se aproxima dos líderes.

Com duas mudanças no time titular – Vitor Hugo lo lugar de Luan, suspenso, e Wesley na vaga de Bruno Henrique, o Palmeiras iniciou o jogo tentanto tomar a iniciativa. Aos 2 minutos Wesley ajeitou para Zé Rafael chutar rasteiro, mas a defesa do Red Bull Bragantino interceptou. A resposta dos mandantes não demorou: aos 4 Claudinho experimentou de fora da área, por cima do travessão.

Apesar do forte calor, o jogo era movimentado. Aos 15 minutos Matheus Jesus recebeu livre na entrada da área e teve a finalização bloqueada por Vitor Hugo; na sobra Arthur bateu colocado buscando o ângulo direito de Weverton, mas errou o alvo. Aos 17 Patrick de Paula tentou surpreender o goleiro do meio-campo, mas o chute saiu sem direção.

Aos 21 minutos Wesley recebeu de Zé Rafael e chutou fraco, nas mãos de Cleiton. Dois minutos depois Zé Rafael cruzou fechado demais e quase surpreendeu o goleiro. Aos 26, após rebote de escanteio, Patrick de Paula finalizou com estilo da entrada da área, mas Cleiton estava atento e fez boa defesa.

Depois da parada para a hidratação, ocorrida aos 30 minutos, a partida ficou um pouco mais pegada, mas as chances de gol não cessaram. Aos 37 minutos Zé Rafael cobrou falta com muito perigo; a bola saiu rente à trave direita do goleiro. Aos 39 Edmar chutou cruzado, Gustavo Gómez desviou com o joelho e a bola sobrou para Artur bater para fora, à direita de Weverton. Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras chegou mais uma vez: aos 44 Mayke levantou na área e Vitor Hugo escorou de cabeça para fora.

Na etapa final, apenas com uma mexida por parte do Red Bull Bragantino, o panorama do jogo pouco mudou. Aos 3 minutos Gabriel Menino cobrou falta e Viña fez o gol de cabeça, mas o assistente anulou e o VAR confirmou o impedimento (com uma demora absurda de 3 minutos).

Na primeira descida ao ataque, aos 9 minutos, o time da casa abriu o placar. Claudinho contou com a sorte ao ter seu chute desviado em Gómez e encobrir Weverton: 1 a 0. Aos 12 minutos, após cruzamento, Aderlan tocou com a mão na bola em lance parecido com o pênalti assinalado para o Internacional no jogo do meio da semana, mas dessa vez o VAR não quis marcar.

A frente no placar, o Red Bull Bragantino passou a encontrar mais espaços. Aos 15 minutos Ytalo bateu colocado e assustou Weverton. Aos 19 Luxemburgo promoveu as primeiras alterações, três de uma vez: Zé Rafael, Mayke e Wesley deram lugar a Willian, Bruno Henrique e Gabriel Veron. Com as mexidas, Gabriel Menino virou lateral-direito.

Pouco tempo depois das substituições, o Verdão chegou ao empate: aos 23 minutos Gabriel Menino cruzou para Gabriel Veron ganhar do zagueiro pelo alto: 1 a 1. Depois de chegar à igualdade, porém, o Palmeiras viu o time da casa melhorar. Marcando a saída de bola alviverde, o Red Bull criou algumas situações, na melhor delas, aos 28, Bruno Tubarão bateu colocado, para fora.

Aos 30 minutos Lucas Lima enfiou Willian, que demorou para finalizar, e quando o fez, bateu fraco na bola, fácil para o goleiro. Aos 34, depois da parada para hidratação, Patrick de Paula deu lugar a Danilo, volante da base. Aos 37 outra investida da equipe do interior: Arthur fintou Viña e bateu rasteiro, mas Weverton estava atento. No minuto seguinte a última mexida no Verdão: Raphael Veiga substituiu Lucas Lima.

Com os dois times sentindo muito o calor, os minutos finais da partida foram menos intensos, mas sem perder a emoção. Aos 42 Viña cruzou, Luiz Adriano se antecipou à defesa e de carrinho mandou a bola à direita do goleiro. Aos 48 Veiga lançou Veron, o garoto ganhou na corrida do zagueiro, percebeu Willian livre dentro da área e fez o passe: 2 a 1.

Antes da partida acabar ainda deu tempo de Morato ser expulso após agredir Danilo com uma cotovelada. Com a vitória o Palmeiras encerra a série de empates, se mantém como único invicto do campeonato, vai a 13 pontos e sobe na classificação do Brasileirão, assumindo provisoriamente a 4ª colocação.

Quinta-feira (10/9) o Verdão faz outro jogo fora de casa, desta vez contra o Corinthians. O clássico será às 19h15.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.