Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 1 Vasco – 26/01/2021

O jogador Breno Lopes, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Henrique, do CR Vasco da Gama, durante partida válida pela trigésima terceira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)

Em jogo atrasado ainda da primeira rodada, quando o Verdão estava envolvido nas finais do Paulistão, o Palestra recebeu o Vasco em casa.

Completamente reserva, poupando o time principal para a final da Libertadores, o Palmeiras fez um jogo razoável. Saiu na frente do marcador mas acabou cedendo o empate numa feliz e belíssima cobrança de falta do jogador vascaíno.

Jogando em ritmo de amistoso, o Palmeiras torcia para o tempo passar. Já os visitantes, precisando dos 3 pontos para se afastar da zona do rebaixamento, tentavam a todo o custo vencer.

Com o empate o Palmeiras vai a 52 pontos e permanece provisoriamente na 5ª colocação da tabela.

Jogo atrasado válido pela 1ª rodada do Brasileirão 2020.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 26/01/2021, terça-feira
Hora: 20h00 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS-Fifa)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS-Fifa) e Michael Stanislau (RS)
Cartões amarelos: Kuscevic (PAL); Benítez (VAS)
Gols: Palmeiras: Breno Lopes, aos 30 minutos do primeiro tempo;
Vasco: Benítez, aos 34 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Jailson; Mayke, Kuscevic, Alan Empereur e Renan; Scarpa, Felipe Melo (Patrick de Paula) e Lucas Lima (Vanderlan); Breno Lopes (Veron), Lucas Esteves e Gabriel Silva (Fabrício)
Técnico: Abel Ferreira

Vasco: Fernando Miguel, Léo Matos (Cayo Tenório), Ricardo Graça, Marcelo Alves e Henrique; Bruno Gomes, Léo Gil (Andrey), Yago Pikachu (Carlinhos) e Martín Benítez (Vinícius); Talles Magno (Gabriel Pec) e Germán Cano
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
26/01/2021, 20h52

No último jogo antes da final da Libertadores, Verdão saiu na frente com gol de Breno Lopes, mas cedeu o empate: 1 a 1.

Primeiro tempo

Novamente com um time reserva, mas com algumas novidades, como Kuscevic, Felipe Melo e Esteves, o Palmeiras iniciou o jogo tomando um susto, já que aos 4 minutos o Vasco teve um gol corretamente anulado por impedimento. Depois disso só deu Verdão.

Aos 7 minutos Scarpa arriscou um chute cruzado que sairia, mas por dúvida o goleiro mandou para escanteio. Após a cobrança executada pelo próprio Scarpa, a defesa afastou parcialmente e a bola voltou para o camisa 14, que cruzou sob medida para Felipe Melo perder gol feito. Aos 9, após outro rebote de escanteio, Scarpa não cruzou e nem chutou; a bola saiu pela linha de fundo.

O Vasco só foi chegar perto da meta de Jailson aos 16 minutos em chute de Henrique, que não teve direção. Aos 21 novamente Scarpa apareceu bem, desta vez dando ótimo passe para Breno Lopes, que ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima dele. O jogo do Palmeiras passava pelos pés do camisa 14. Aos 25 ele cobrou outro escanteio e Fernando Miguel conseguiu um desvio providencial que tirou da cabeça de Felipe Melo.

De tanto insistir, o Verdão chegou ao gol aos 30 minutos: Scarpa, sempre ele, deu bela assistência para Breno Lopes, que desta vez foi tranquilo para bater cruzado e fazer seu primeiro gol pelo clube: 1 a 0. A torcida virtual ainda comemorava quando aos 34 minutos o Vasco empatou. O árbitro enxergou uma falta de Felipe Melo na intermediária que Benítez cobrou muito bem; Jailson não saltou com a mão trocada e viu a bola entrar: 1 a 1.

O gol não mudou o panorama do jogo, já que o Palmeiras seguiu melhor. Aos 40 minutos Scarpa roubou a bola no meio-campo, avançou e tocou para Gabriel Silva; o garoto fintou seu marcador e de canhota bateu colocado buscando o ângulo direito do goleiro, que foi buscar. Esse acabou sendo o último lance de perigo do primeiro tempo.

Segundo tempo

Na etapa final o Verdão voltou mal, sem conseguir continuar se impondo. O Vasco, por sua vez, seguiu na mesma, esperando algum vacilo alviverde para tentar dar o bote. Aos 11 minutos Cano arriscou de longe, para fora. Logo depois o técnico Abel Ferreira mexeu duas vezes: Patrick de Paula substituiu Felipe Melo, e Vanderlan entrou na vaga de Lucas Lima.

Aos 18 minutos, no primeiro ataque mais perigoso do Palmeiras, Esteves cruzou rasteiro e Gabriel Silva não alcançou. Na sequência o garoto, que ainda não desencantou no profissional, deu lugar a Fabrício. Aos 22 Scarpa iniciou a jogada e tocou para Esteves, que tentou o passe para Fabrício, mas a defesa do Vasco cortou.

Melhor em campo, Scarpa quase marcou um golaço aos 27 minutos: ele recebeu de Mayke, puxou para dentro e bate colocado; Fernando Miguel tirou com os olhos. Aos 30 minutos Abel promoveu a quarta alteração: Breno Lopes saiu para a entrada de Gabriel Veron. Aos 37 Patrick de Paula arriscou de longe, a bola desviou e saiu em escanteio.

Jogando em ritmo de amistoso, o Palmeiras torcia para o tempo passar. Precisando dos 3 pontos para se afastar da zona do rebaixamento, o Vasco foi mais perigoso nos minutos finais. Aos 42 Gabriel Pec ganhou de 3 Palmeirenses e soltou a bomba para ótima defesa de Jailson. E foi só.

Agora o foco é total e exclusivo na final da Libertadores contra o Santos, marcada para 17h de sábado (30/1), no Maracanã.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.