Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 3 Flamengo – 01/12/2019

O jogador Dudu, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Gilberto, do CR Flamengo, durante partida válida pela trigésima sexta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com a expectativa de ver o time vencer, para ficar próximo do vice e devolver a derrota do jogo de ida, o torcedor foi ao Allianz Parque sem saber ao certo o que esperar da equipe que entraria em campo.

Sem saber direito o que fazer em campo, o Palestra teve que correr atrás do marcador logo aos 3′. Pouco tempo um lance que poderia reequilibrar as coisas. Dudu sofreu pênalti, porém não foi marcado. Os cariocas ampliaram no final do primeiro tempo.

Na volta para a etapa final, antes de ensaiar qualquer reação a zaga Palestrina vacilou de forma bizarra e o Flamengo marcou mais um.

O Palmeiras tentou reagir e criou algumas chances (2 bolas na trave) e conseguiu descontar, mas nada que mudasse o panorama da partida.

A derrota custou o cargo do técnico Mano Menezes e do diretor de futebol Alexandre Mattos.

Jogo válido pela 36ª rodada do Brasileirão 2019.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo-SP
Data: 01/12/2019, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG-Fifa) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Público: 22.219 pagantes
Renda: R$ 1.291.119,45
Cartões amarelos: Rafinha e Vitinho (VAR)
Gols: Palmeiras: Matheus Fernandes, aos 38 minutos do segundo tempo;
Flamengo: Arrascaeta, aos 3 minutos do primeiro tempo, e Gabriel, aos 47 do primeiro tempo, e aos 30 segundos do segundo tempo

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Matheus Fernandes), Bruno Henrique, Ramires (Gustavo Scarpa) e Lucas Lima (Wilian); Dudu e Luiz Adriano
Técnico: Mano Menezes

Flamengo: Diego Alves; Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Rhodolfo e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Vitinho (Piris da Motta) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Diego) e Gabriel
Técnico: Jorge Jesus

PTD,

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 01/12/2019 – 17:53h.
Palmeiras de Mano Menezes é atropelado pelo Flamengo em pleno Allianz Parque

Equipe carioca fez 3 a 1 em ritmo de treino; novo vexame pode causar demissão do técnico.

Com o retorno dos jogadores poupados contra o Fluminense, com Jailson substituindo Weverton, suspenso, e com Ramires de titular, o Palmeiras iniciou o jogo tentando pressionar o VARmengo. Aos 50 segundos a bola sobrou para Ramires, que isolou.

Na primeira investida do adversário, porém, o gol saiu. Aos 3 minutos a defesa tentou deixar Gabriel impedido e falhou; a jogada prosseguiu e o atacante deu o gol de presente para Arrascaeta: 1 a 0. O Verdão tentou não se desestabilizar e seguiu em cima. Aos 6 minutos Marcos Rocha cruzou, Dudu se antecipou a Rafinha, cabeceou e exigiu boa defesa de Diego Alves. Aos 9 Dudu levantou para Ramires perder outra oportunidade.

Aos 20 minutos a arbitragem prejudicou o Palmeiras ao assinalar impedimento inexistente de Dudu após passe de Ramires; na sequência da jogada o camisa 7 sofreu pênalti de Rhodolfo, mas o VAR se fez de morto. No contra-ataque Gabriel chutou rasteiro, mas Jailson estava atento e mandou para escanteio.

Com o passar do tempo, sem conseguir o empate, o time do técnico Mano Menezes foi se irritando e passou a errar muitos passes, melhor para o VARmengo, que cresceu. Aos 31 minutos Rafinha foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Vitinho, que parou em ótima defesa de Jailson. Aos 42 Vitinho recebeu de Bruno Henrique e cruzou para Gabriel também parar no goleiro Palmeirense.

Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras seguiu assistindo ao adversário jogar, e o segundo gol saiu. Rafinha lançou Arrascaeta, que com toque deixou Gabriel em boa condição para finalizar: 2 a 0. E debaixo de muitas vaias da torcida o árbitro encerrou a etapa inicial.

Com Scarpa no lugar de Ramires, o Palmeiras iniciou o segundo tempo da mesma maneira que terminou o primeiro, ou seja, muito mal. Logo aos 30 segundos Vitor Hugo chutou a bola em cima de Gerson e ela sobrou para Gabriel marcar o segundo dele no jogo: 3 a 0.

Tão perdido quanto o time, aos 8 minutos Mano Menezes mexeu pela segunda vez: Lucas Lima deu lugar a Willian. Aos 14, na base da individualidade, quase saiu o primeiro gol: Bruno Henrique arriscou um chute de longe e acertou a trave. Voltando de lesão, aos 18 minutos Felipe Melo deixou a partida; Matheus Fernandes entrou em seu lugar.

Talvez por pena, o adversário tirou o pé a partir dos 20 minutos, enquanto que o Palmeiras seguiu morto. Aos 34, em outro lance de individualidade, novamente a trave impediu o gol de honra do Verdão, desta vez num chute de Willian. Aos 38 Scarpa cruzou da esquerda e Matheus Fernandes apareceu como centroavante: 3 a 1.

Nos minutos finais, contando os 4 de acréscimo, cada equipe desperdiçou uma boa chance; ambas pararam em ótimas intervenções dos goleiros. Assim o Palmeiras conheceu a terceira derrota seguida e a quinta rodada sem vitória no Campeonato Brasileiro.

Na quinta-feira (05/12), às 19h15, o Palmeiras enfrenta o Goiás. Com show no Allianz Parque e com o gramado do Pacaembu em péssimas condições, o jogo será disputado no Brinco de Ouro, em Campinas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.