Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 2 Grêmio – 24/11/2019

O jogador Willian, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Léo Moura, do Grêmio FBPA, durante partida válida pela trigésima quarta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Para não ver os flamenguistas campeões pelo segundo dia consecutivo, já que ontem conquistaram a Libertadores, o Verdão precisava vencer a qualquer custo. Um empate dava o título à equipe carioca mesmo sem entrar em campo.

Não parecia que a partida tinha esse peso todo.

O Palestra jogou muito mal desde o primeiro minuto e só deu uma reagida na parte final após tomar o gol. Conseguiu o empate, mas uma vacilada da defesa aos 48′ da etapa final decretou o castigo.

A derrota sagrou o Flamengo campeão por antecedência e de quebra o Palmeiras caiu para a terceira colocação, já que o Santos tem vantagem nos critérios de desempate.

Jogo válido pela 34ª rodada do Brasileirão 2019.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo-SP
Data: 24/11/2019, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-Fifa)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO-Fifa) e Bruno Raphael Pires (GO-Fifa)
Público: 22.767 pagantes
Renda: R$ 1.292.109,15
Cartões amarelos: Thiago Santos (PAL); Matheus Henrique, Pepê e Diego Tardelli (GRE)
Gols: Palmeiras: Bruno Henrique, aos 37 minutos do segundo tempo;
Grêmio: Everton, aos 25 minutos, e Pepê, aos 48 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gomez (Ramires), Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima; Zé Rafael (Willian), Dudu e Borja (Luiz Adriano)
Técnico: Mano Menezes

Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Michel) e Matheus Henrique; Luciano (Pepê), Alisson e Everton Cebolinha; Diego Tardelli (Patrick)
Técnico: Renato Gaúcho

PTD, Lancenet!Globo EsporteTerra EsportesEstadao,

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 24/11/2019 – 17:55h.
Palmeiras volta a jogar mal e perde em casa para o Grêmio por 2 a 1

Com a derrota, time de Mano Menezes antecipou título do VARmengo e de quebra perdeu a vice-liderança para o Santos.

Com 3 novidades no time titular, Gómez, Lucas Lima e Borja, o Palmeiras iniciou o jogo melhor que o Grêmio, mas sem conseguir finalizar bem as chances criadas. Aos 3 minutos Dudu cruzou, Geromel furou, Borja dominou, girou e chutou por cima. Zé Rafael, de frente para o gol, ficou reclamando o passe, com razão. Aos 8 a bola sobrou para Bruno Henrique soltar a bomba, sem direção.

Aos 11 minutos Dudu cobrou escanteio, Thiago Santos foi no terceiro andar e escorou por cima do travessão. O Grêmio chegou perto da meta de Weverton pela primeira vez apenas aos 17 minutos, e foi sem qualquer perigo, num cruzamento de Alisson que ganhou efeito e morreu nas mãos do camisa 1 Palmeirense.

Mesmo sem inspiração, o Verdão seguia melhor. Aos 25 minutos Zé Rafael fez boa jogada individual e tocou para Lucas Lima, que já de dentro da áre e com boa posição de chute, deixou para Borja, mas o camisa 9 passou da linha da bola. Aos 29 Dudu cobrou escanteio e Vitor Hugo, com o pé ruim (direito), chutou fraco, fácil para Paulo Victor.

A partir dos 30 minutos as duas equipes tornaram o jogo, que já era morno, em completamente sem graça. Após um festival de passes errados e nenhum trabalho dos goleiros, o primeiro tempo terminou sob vaias da torcida.

Mesmo com Luiz Adriano no lugar de Borja, o Palmeiras não conseguiu se reencontrar no segundo tempo. Preguiçoso, o time do técnico Mano Menezes não oferecia perigo à meta do Grêmio, que por sua vez também não incomodava. E quando alguém conseguia chegar, não assustava.

Aos 9 minutos Marcos Rocha cruzou e Bruno Henrique escorou nas mãos de Paulo Victor. Aos 12, Zé Rafael ficou reclamando pênalti de Léo Moura, mas o árbitro nem quis consultar o VAR. Aos 16, Cortez cruzou para Luciano copiar Bruno Henrique e mandar nas mãos de Weverton.

Diante da pobreza técnica de sua equipe, aos 17 minutos Mano mexeu novamente: Willian substituiu Zé Rafael. Pouco depois da mudança o gol saiu. Para o Grêmio. Aos 21 Gómez cometeu pênalti em Everton. Para piorar, o paraguaio se lesionou no lance. Everton cobrou e abriu o placar: 1 a 0. No lugar de Gómez, Mano mandou Ramires a campo, recuando Thiago Santos para a defesa.

Para tentar evitar mais um mico em casa no ano, o Palmeiras iniciou uma reação. Aos 28 minutos, após cruzamento na área de Diogo Barbosa, Luiz Adriano ajeitou de peito e Bruno Henrique chegou chutando prensado, fácil para o goleiro. Aos 33, depois de rebatida da defesa, Lucas Lima experimentou um chute de primeira que tinha direção, mas que foi desviado por Geromel.

Aos 35 minutos Cortez cometeu pênalti infantil em Dudu. Bruno Henrique cobrou e empatou: 1 a 1. Aos 42 Dudu fintou Cortez, invadiu a área mas bateu mal, de canhota, para fora. Aos 45 minutos Diogo Barbosa enfiou para Lucas Lima chutar sem ângulo, exigindo boa defesa de Paulo Victor.

Nos 5 minutos de acréscimo o Verdão seguiu com mais posse de bola, mas quem acabou levando a melhor foi o Grêmio. Aos 48 a defesa vacilou e Anderson deu o gol de presente para Pepê: 2 a 1 e fim de papo no Allianz Parque.

Com a derrota, além de perder uma longa invencibilidade na arena (de 30 jogos) e de antecipar o título do VARmengo, o time de Mano Menezes perde a vice-liderança do Brasileiro para o Santos; ambos têm 68 pontos, mas o rival tem uma vitória a mais (20 x 19).

O Palmeiras volta a campo às 19h30 de quinta-feira (28/11) para enfrentar o Fluminense, no Maracanã.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.