Twitter RSS
Close

Flamengo 3 x 0 Palmeiras – 01/09/2019

Palmeiras teve atuação muito fraca contra o Flamengo, no Rio de Janeiro (Foto: Maga Jr/O Fotográfico)

Após a dolorosa eliminação da competição continental, o Verdão voltou a campo para um confronto de 6 pontos e a missão de reagir no Brasileirão.

Após um contra-ataque o Palestra marcou, porém o gol foi anulado por impedimento no início da jogada.

Minutos depois o Flamengo abriu o marcador numa vacilada da defesa. O show de horrores se estendeu até o fim da partida em mais uma atuação terrível do elenco em campo.

A derrota deixa o Palmeiras com 30 pontos podendo cair para a 5ª colocação do campeonato.

Jogo válido pela 17ª rodada do Brasileirão 2019.

FICHA TÉCNICA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro-RJ
Data: 01/09/2019, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC-Fifa) e Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA-Fifa)
Público: 61.390 pagantes
Renda: R$ 3.368.134,00
Cartões amarelos: Rodrigo Caio e Bruno Henrique (FLA); Willian e Bruno Henrique (PAL)
Cartão vermelho: Gustavo Gomez (PAL)
Gols: Gabriel, aos 10 minutos do primeiro tempo e aos 15 minutos do segundo tempo, e Arrascaeta, aos 37 minutos do primeiro tempo

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Pablo Mari, Rodrigo Caio (Thuler) e Filipe Luís; Gerson, Willian Arão e Arascaeta (Piris da Motta); Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel
Técnico: Jorge Jesus

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Vitor Hugo, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Matheus Fernandes e Bruno Henrique (Jean); Dudu, Willian (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano
Técnico: Felipão

PTD, ESPN, Lancenet!, Globo Esporte, Terra Esportes, Estadao,

PALMEIRAS x FLAMENGO: RETROSPECTO GERAL
O Palmeiras leva ampla vantagem contra o rival Rubro-Negro ao longo da história: foram 114 embates, com 46 triunfos palestrinos, 31 empates e 37 vitórias do Flamengo (192 gols marcados e 164 sofridos).

PALMEIRAS x FLAMENGO: PALMEIRAS NÃO PERDE PARA O FLAMENGO DESDE 2014
O último revés do Verdão sofrido para o Rubro-Negro aconteceu em 17/09/2014, pelo Campeonato Brasileiro. Desde então, a equipe carioca nunca mais bateu o Palmeiras: foram 9 jogos de lá para cá, com 4 vitórias do alviverdes e 5 empates (17 gols a favor do Maior Campeão do Brasil e 11 para o Flamengo).

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 01/09/2019 – 17:52h.
Covarde, Palmeiras é atropelado pelo Flamengo no Maracanã: 3 a 0

Time de Felipão volta a jogar muito mal, perde confronto direto e se distancia dos líderes do Brasileirão.

Com 3 volantes – Felipe Melo, Matheus Fernandes e Bruno Henrique, o Palmeiras foi a campo com a clara proposta de se defender, mas aos 2 minutos surpreendeu: Matheus Fernandes fez boa jogada, enfiou para Willian e chegou na área para conferir. O VAR, no entanto, anulou corretamente o gol porque Willian estava impedido quando recebeu o passe.

E assim como tem acontecido com frequência em jogos grandes, a boa impressão deixada pelo Verdão desmorou rapidamente. Aos 10 minutos Gustavo Gómez falhou ao tentar sair jogando, Wiliam Arão interceptou o chtute do paraguaio já acionando Bruno Henrique, que tocou de primeira para Arrascaeta deixar Gabriel livre na cara de Weverton: 1 a 0.

A frente no placar, o Flamengo assumiu de vez o controle da partida, mas só voltou a levar relativo perigo aos 24 minutos, quando Bruno Henrique experimentou de média distância, por cima do travessão. Aos 31 Gerson também tentou a sorte de fora da área, mas Weverton estava atento e fez a defesa.

Entregue, o Palmeiras era presa fácil para o time da casa. Aos 32 minutos Rafinha tocou para Everton Ribeiro bater cruzado, para fora. Aos 37 Bruno Henrique avançou sem ser incomodado pela direita e cruzou para Arrascaeta, livre nas costas de Marcos Rocha, cabecear sem chance de defesa para Weverton: 2 a 0.

O terceiro só não saiu logo depois, aos 38 minutos, porque Vitor Hugo se esticou todo para tirar a bola dos pés de Gabriel. Weverton já estava vendido no lance. A vergonha Palmeirense só não foi maior na etapa inicial por falta de tempo, mesmo com outro gol anulado por impedimento, desta vez de Willian, aos 46 minutos.

No segundo tempo Felipão resolveu abdicar um pouco da postura extremamente defensiva e trocou Matheus Fernandes por Raphael Veiga, mas o time seguiu apático, assistindo ao Flamengo jogar. Aos 3 minutos a defesa se atrapalhou e a bola sobrou para Gerson soltar a bomba, por cima. Aos 4 Bruno Henrique desarmou seu xará, avançou e chutou sem direção.

Não bastasse a atuação vergonhosa do Palmeiras, aos 13 minutos a arbitragem ainda resolveu enfiar a faca e girar: Diogo Barbosa trombou com Rafinha na área e o juiz marcou pênalti. O VAR, misteriosamente, se omitiu. Gabriel cobrou e ampliou: 3 a 0. Logo depois do gol Scolari trocou Willian por Scarpa.

Sem reação, o Verdão não incomodava a tranquila troca de passes do rival, que talvez por pena diminuiu o ritmo. Aos 36 minutos Bruno Henrique sentiu e deu lugar a Jean. Aos 38, numa disputa de bola na lateral, Gómez levantou demais o pé, acertou as costas de Bruno Henrique e foi expulso.

Os últimos minutos foram de alegria para os 60 mil flamenguistas presentes ao Maracanã, e de humilhação para os 18 milhões de Palmeirenses espalhados pelo mundo. Com a derrota o time chega a 7 rodadas sem vitória no Brasileiro, permanece com 30 pontos, cai para a quarta colocação e agora já vê os líderes com 6 pontos de vantagem.

O próximo compromisso do Palmeiras está marcado para 21h de sábado (07/09) contra o Goiás, em Goiânia.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.