Twitter RSS
Close

Grêmio 0 x 2 Palmeiras – 06/06/2018

201806062317491810-futura
O jogador Willian do Palmeiras comemora gol durante a partida entre Grêmio e Palmeiras, válida pelo Campeonato Brasileiro 2018 na Arena do Grêmio em Porto Alegre (RS), nesta quarta-feira (06).
Foto: Ricardo Rímoli / Futura Press

Um jogão de bola marcou o confronto entre os tidos pela imprensa como time de melhor futebol na atualidade (Grêmio) e o de melhor elenco (Palmeiras).

Num jogo aberto e muito bom de se ver com muitas chances de ambos os lados, como tem que ser qualquer confronto entre equipes grandes, o Palestra foi bastante efetivo e venceu de forma merecida. Além dos gols, 2 bolas na trave no primeiro tempo.

A vitória deixa o Verdão na 3ª posição da tabela a 6 pontos do líder, Flamengo.

Jogo válido pela 10ª rodada do Brasileirão 2018.

 

FICHA TÉCNICA

LOCAL: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
DATA-HORA: 06/06/2018 – 21h45
ÁRBITRO: Rafael Traci (PR)
AUXILIARES: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
PÚBLICO/RENDA: 26.566 pagantes/R$ 889.315,00
CARTÕES AMARELOS: Luan e Paulo Victor (GRE), Bruno Henrique, Hyoran, Moisés, Felipe Melo e Dudu (PAL)
CARTÕES VERMELHOS: –
GOLS: Willian (21’/2ºT) (0-1), Willian (41’/2ºT) (0-2),

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo, Bressan, Kannemann e Cortez; Maicon (Jailson, no intervalo) e Arthur (Thonny Anderson, aos 33’/2ºT); Lima (Pepê, aos 24’/2ºT), Luan e Everton; André. TÉCNICO: Renato Gaúcho.

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Luan, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo (Thiago Santos, aos 28’/2ºT), Bruno Henrique (Lucas Lima, aos 38’/2ºT) e Moisés (Jean, aos 32’/2ºT); Hyoran, Dudu e Willian. TÉCNICO: Roger Machado.

Jogo completo, Lancenet!Globo EsporteTerra EsportesEstadaoFolha Online.

Palmeiras e Grêmio já se enfrentaram 91 vezes na história; vantagem é alviverde

Bruno Alexandre Elias
Departamento de Comunicação

O Palmeiras visita o Grêmio nesta quarta-feira (06), na Arena Grêmio, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Até hoje, os dois times duelaram em 91 oportunidades, sendo 38 vitórias alviverdes, 34 empates e 19 derrotas. O Verdão marcou 131 gols e foi vazado 97 vezes.

O último duelo disputado pelos dois clubes foi válido justamente pelo Campeonato Brasileiro (30ª rodada de 2017), e o Verdão levou a melhor, batendo o rival gaúcho por 3 a 1, com dois gols de Dudu e um de Moisés, na Arena Grêmio – curiosamente, mesmo palco do próximo encontro.

Pelo Campeonato Brasileiro, como no caso desta quarta-feira (06), os times já se encontraram 67 vezes. O retrospecto é de 31 triunfos alviverdes, 22 igualdades e apenas 14 derrotas. O time palestrino balançou as redes gremistas em 96 ocasiões e foi vazado em outras 64 oportunidades.

Vale lembrar que o Tricolor Gaúcho é o time que o Palmeiras mais venceu na história do torneio. A primeira partida válida pela competição nacional entre as duas equipes aconteceu em setembro de 1961, no Olímpico, em Porto Alegre – o Maior Campeão do Brasil venceu por 3 a 0, com gols de Fernando (2) e Vavá.

Em Porto Alegre, contra o Grêmio, o Palmeiras já disputou partidas em três estádios diferentes. Foram dois jogos na Baixada dos Moinhos de Vento (uma vitória e um empate), 41 no Olímpico (oito vitórias, 18 empates e 15 derrotas) e quatro na Arena Grêmio (uma vitória, um empate e dois reveses).

Campeão Brasileiro de 1967

Jogos contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro trazem boas lembranças ao Verdão. Em 1967, o Alviverde sagrou-se campeão do Nacional à época denominado Roberto Gomes Pedrosa após bater a agremiação sul-rio-grandense na decisão do torneio pela contagem de 2 a 1, no Pacaembu; ambos os tentos foram assinalados pelo atacante César Maluco. Aquele foi o segundo título brasileiro conquistado pelo Palmeiras dos nove que hoje possui.

Palmeiras mostra força, vence Grêmio em plena Arena com dois de Willian e sobe para 3º no Brasileiro

ESPN.com.br

Em uma partidaça em Porto Alegre, cheia de chances de gols para os dois lados, o Palmeiras mostrou muita força e venceu o Grêmio por 2 a 0, nesta quarta-feira, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de um grande primeiro tempo, com bolas na trave e muitas jogadas bonitas, o “Verdão” decidiu a parada na segunda etapa, com dois gols do atacante Willian em contra-ataques mortais da equipe de Roger Machado.

Dessa forma, o “Bigode” manteve sua grande fase e chegou a seis tentos marcados nas últimas cinco partidas. Ele já vinha de outro doblete no clássico contra o São Paulo, no último final de semana.

O Tricolor, por sua vez, perdeu em casa pela primeira vez desde o revés por 1 a 0 para o Cruzeiro-RS, em 3 de fevereiro, ainda pelo Gaúcho.

Com o resultado, o time paulista foi a 17 pontos e subiu para o 3º lugar do Brasileirão, atrás de Flamengo e Sport.

O “Imortal”, por sua vez, estaciona nos 16 pontos e cai para o 6º lugar.

Na próxima rodada, domingo, às 16h (de Brasília) o Palmeiras visita o lanterna Ceará.

O JOGO

Ao contrário do esperado, quem começou o jogo massacrando foi o Palmeiras. Logo no primeiro lance da partida, Marcos Rocha cruzou rasteiro e Leonardo afastou antes que Dudu empurrasse para dentro. Na sequência, a bola pipocou e sobrou para Willian, que emendou de esquerda de fora da área, acertando a trave de Marcelo Grohe.

Depois do susto inicial, porém, o “Imortal” se encontrou em campo e passou a tocar a bola com mais calma, envolvendo o “Verdão” e chegando bem ao ataque. Aos 17 minutos, após grande jogada de Everton, Leonardo bateu forte de fora da área e exigiu boa defesa de Jaílson, que espalmou por cima.

A partida ficou equilibrada e bem jogada, com os dois times tentando chegar na base da troca de passes. O Grêmio era levemente superior e teve outra boa chance aos 27, depois de chute de Luan da entrada da área. No meio do gol, Jaílson agarrou sem dar rebote.

Cinco minutos depois, mais Tricolor: cruzamento de Maicon e cabeçada de Everton, para mais uma defesa do goleiro palmeirense. A resposta dos visitantes veio no contra-ataque de Dudu, que invadiu a área e finalizou de perna esquerda, sem problemas para Marcelo Grohe, que segurou firme.

Aos 37, mais um grande momento. Em boa troca de passes no ataque, Willian soltou uma bomba da risca da grande área, que carimbou o travessão de Grohe. E, no contra-ataque, quase o “Imortal” faz: Luan mandou um canudo de longe, e Jaílson fez outra boa intervenção, mandando para escanteio e assegurando o 0 a 0 no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, ao contrário da etapa inicial, quem criou a primeira chance foi o Grêmio: André lançou Lima, que invadiu a área e bateu de peito de pé. Bem colocado, Jaílson conseguiu espalmar e mandar pela linha de fundo.

Pouco depois, porém, o goleiro palestrino quase entregou, depois que Arthur cruzou da direita, o arqueiro deixou passar achando que a bola ia para fora e viu a redonda bater na trave, passear pela pequena área e ser afastada pela zaga.

E a partida seguiu muito interessante e bem jogada, com os dois times desperdiçando boas oportunidades e deixando os torcedores de cabelo em pé, já que a cada lance parecia que um gol poderia sair em Porto Alegre.

E ele saiu aos 22 minutos, em uma ótima jogada de Dudu: o camisa 7 recebeu na ponta esquerda e deu enfiada de bola na medida para Willian, que bateu seco, no canto de Marcelo Grohe, sem qualquer chance de defesa.

Imediatamente, Renato Gaúcho mandou seu time para cima para buscar o empate rapidamente, e quase conseguiu em chute de André na grande área. No entanto, Bruno Henrique se atirou na bola e conseguiu desviar para a linha de fundo.

Roger Machado, por sua vez, respondeu tirando Felipe Melo, exausto e com dores musculares, para colocar Thiago Santos e reforçar a marcação no meio-campo, na esperança de segurar o triunfo na Arena do Grêmio. Depois, ainda trocou Moisés, muito cansado, para colocar Jean, de volta após operar o joelho.

Dessa forma, o Palmeiras trancou o jogo e deixou o Grêmio com a bola, se arriscando apenas em contra-ataques. Aos 35, quase deu certo, depois que Dudu ajeitou para Victor Luís chegar batendo com perigo, mas a zaga desviou.

E a receita foi fatal aos 41: Hyoran deu lindo lançamento para Willian, que invadiu a área e, com muita categoria, só deslocou Grohe para sacramentar a grande vitória palmeirense em plena Arena.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.