Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 0 Criciúma – 10/09/2014

436228-970x600-1
Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress

Sim! Existe luz no fim do túnel.

Mesmo jogando mal pra caramba está cumprida a obrigação de vencer um adversário desse nível em casa.

A vitória pelo placar mínimo nos mantém fora do Z4 e alivia um pouquinho a pressão. Que esse alívio não vire relaxamento e que o returno não seja tenebroso como foi o turno.

Jogo válido pela 20ª rodada do Brasileirão 2014.

Gol, melhores momentos, jogo completo.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 10/09/2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes (MG) e Frederico Soares Vilarinho (MG)
Assistentes adicionais: Emerson de Almeida Ferreira (MG) e Renato Cardoso da Conceição (MG)
Público: 18.797 torcedores
Renda: R$ 367.957,50
Cartões Amarelos: Eguren, Victorino, Cristaldo (Palmeiras), Luis Felipe, João Vitor, e Rodrigo Souza (Criciúma)
Gol: Cristaldo, aos 36 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fábio; Weldinho, Tobio (Eguren), Victorino e Victor Luis; Renato e Marcelo Oliveira; Leandro (Felipe Menezes), Diogo e Juninho (Cristaldo); Henrique
Técnico: Dorival Júnior

Criciúma: Luiz; Luis Felipe, Fábio Ferreira, Ronaldo Alves (Gualberto) e Giovanni; Rodrigo Souza, João Vitor (Maurinho), Cleber Santana e Paulo Baier (Ricardinho); Lucca e Silvinho
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 10/09/2014 – 21:24h.
Verdão vence o Criciúma no sufoco e respira
Gol de Cristaldo no final do jogo garante três pontos ao Palmeiras, que segue fora do Z4, agora na décima quinta colocação.

O jogo começou morno no Pacaembu, com o Criciúma esperando o Palmeiras e o Palmeiras esperando o Criciúma. Apenas aos 14 minutos o time de Dorival Júnior lembrou-se que era o mandante e criou uma jogada. Diogo tabelou com Juninho e cruzou para Leandro finalizar fraco, nas mãos de Luis.

Os visitantes só foram responder aos 24 minutos em cobrança de falta inventada pelo árbitro perto da área; Lucca cobrou e exigiu de Fábio uma grande defesa. Aos 28 Tobio sentiu uma lesão muscular e foi substituído por Eguren, com isso Marcelo Oliveira foi deslocado para a zaga.

Aos 31 minutos Leandro cobrou escanteio, Marcelo Oliveira resvalou de cabeça, a bola desviou num zagueiro e quase enganou o goleiro. Essa foi a última oportunidade de gol para o Verdão na etapa inicial. Nos minutos finais o Criciúma tirou proveito de dois vacilos do sistema defensivo alviverde e quase abriu o placar com Silvinho, aos 45 e com Luis Felipe, aos 46.

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com Felipe Menezes no lugar de Leandro, mas a mudança não surtiu efeito algum, pois o meia entrou na mesma (falta de) sintonia do atacante.

Diante da apatia Palmeirense, o Criciúma cresceu e passou a ditar o ritmo da partida. Aos 6 minutos Paulo Baier ajeitou para Cléber Santana finalizar com perigo, para fora. Aos 14 o Verdão puxou um contra-ataque e na base da sorte quase abriu o placar; Henrique disputou a bola que sobrou para Diogo bater e parar numa boa defesa de Luis.

O lance não serviu para acordar o time de Dorival Júnior, que ainda promoveu mais uma mudança: Cristaldo substituiu Juninho. Aos 18 minutos, porém, quem quase abriu o placar foram os visitantes. Paulo Baier levantou na cabeça de Fábio Ferreira, mas Fábio estava atento.

Aos 22 minutos outra boa oportunidade para o Criciúma, de novo com Cléber Santana, que bateu colocado nas mãos de Fábio. Aos 28 Welder enfim fez uma jogada de linha de fundo e cruzou para Eguren escorar para fora. A torcida Palmeirense presente ao Pacaembu já se conformava com mais uma atuação desastrosa quando aos 36 minutos, após um bicão, o gol saiu. Cristaldo dividiu com Fábio Ferreira, levou a melhor e tocou na saída do goleiro: 1 a 0.

A frente no placar, o Verdão tratou de disputar cada bola como se fosse a última. Empurrado pela torcida, o time ainda desperdiçou duas ótimas oportunidades para liquidar a fatura, a primeira aos 44 com Henrique, após passe de Cristaldo, mas o atacante finalizou por cima. A segunda com Cristaldo, aos 46, que bateu para fora após bom passe de Felipe Menezes.

Nos minutos restantes dos acréscimos o Palmeiras conseguiu manter a bola em seu campo de ataque e garantiu os suados três pontos. O time vai a 21 e alivia um pouco a ainda perigosa luta contra o rebaixamento.

O Verdão volta a campo às 18h30 de sábado (dia 13) para enfrentar o Rebaixado, no Maracanã.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.