Twitter RSS
Close

Palmeiras 3 x 0 Sampaio Corrêa – 14/05/2014

n_palmeiras_os_jogos-8309074
Foto: www.paixaopalmeirense.com.br

Conseguimos superar a má fase, o nervosismo e a retranca do Sampaio Corrêa para vencer por 3 a 0, em casa, e garantir a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil.

O placar pode transparecer que o jogo foi tranquilo, no etanto, foi exatamente o oposto. Tensão total. Só conseguimos furar o bloqueio adversário na metade do segundo tempo e os outros 2 gols foram praticamente nos acréscimos.

Agora é confirmar a reação pelo Brasileirão.

Jogo de volta válido pela segunda fase da Copa do Brasil 2014.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 14/05/2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
Público: 7958 pagantes
Renda: R$ 240.560,00
Cartões Amarelos: Leandro, Wendel, Diogo (Palmeiras), Edimar e Válber (Sampaio Corrêa)
Gols:  Mendieta, aos 19, Henrique, aos 45, e Felipe Menezes, aos 47 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fábio; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus (Wellington); Renato, Wesley e Mendieta (Felipe Menezes); Leandro (Marquinhos Gabriel), Diogo e Henrique
Técnico: Alberto Valentim

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Paulo Ricardo, Paulo Sergio (Pimentinha), Edimar e William Simões; Jonas, Arlindo Maracanã, Uillian Correia e Válber (Eloir); Waldir (Edgar) e William Paulista
Técnico: Flávio Araújo

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 15/05/2014 – 00:05h.
Na raça, Verdão vence e avança
Mendieta, Henrique e Felipe Menezes marcam, Palmeiras faz 3 a 0 no Sampaio Corrêa e se classifica para a terceira fase da Copa do Brasil.

Com o Palmeiras precisando vencer e o Sampaio Corrêa disposto não apenas a segurar a vantagem obtida no Maranhão (2 a 1), o jogo começou corrido no Pacaembu, mas com as duas equipes esbarrando na falta de qualidade técnica.

Aos 6 minutos um lance polêmico: Mendieta tocou de calcanhar para Diogo, que já dentro da área foi tocado de leve por Paulo Ricardo, mas o juiz não assinalou o pênalti. Aos 8 os visitantes responderam com Arlindo Maracanã, num chute rasteiro e cruzado que Fábio segurou sem dificuldade.

Levando perigo nos contra-ataques, o Sampaio Corrêa quase abriu o plcar aos 11 minutos, quando Jonas invadiu a área, fintou Marcelo Oliveira e bateu para boa defesa de Fábio. Aos 15 o Verdão reagiu, mas o chute de Leandro saiu sem direção.

Apenas dez minutos depois o time comandado por Alberto Valentim voltou a criar algo. Aos 25 Mendieta cobrou escanteio e Diogo escorou de cabeça, por cima. O lance não acordou o Verdão, que precisou de mais 15 minutos para incomodar novamente o Sampaio Corrêa; aos 40 Leandro pegou rebote da entrada da área e de canhota soltou a bomba, por cima.

A melhor oportunidade da etapa inicial, porém, só viria a acontecer aos 41 minutos, quando Henrique, de muito longe, girou pra cima de seu marcador e fuzilou; a bola explodiu na trave, correu sobre a linha e saiu.

No segundo tempo foi o Sampaio Corrêa que começou tomando a iniciativa. Foram 5 minutos de ataque contra defesa, sorte que nenhum lance de perigo foi criado. O Palmeiras acordou apenas aos 6, quando Wesley tocou para Mendieta chutar forte, para fora.

Aos 14 Wesley resolveu ele mesmo arriscar, à direita do goleiro. Depois dessa jogada o técnico interino Alberto Valentim trocou Leandro por Marquinhos Gabriel, e a equipe melhorou. Aos 15 Mendieta soltou a bomba e viu a bola beslicar o travessão antes de sair. Aos 17 Diogo experimentou da entrada da área, mas Rodrigo estava atento.

Enfim o Verdão pressionava. Aos 19 minutos Wendel cruzou para Mendieta cabecear na trave; no rebote Henrique não alcançou. Na sequência da jogada, porém, o gol saiu. Ainda dentro do minuto 19 Renato levantou, Henrique disputou e a bola sobrou para Mendieta dar um toquinho e correr para o abraço: 1 a 0.

O resultado garantia a vaga ao Palmeiras, mas para não dar chance ao azar, o time manteve o ritmo. Aos minutos 22 William Matheus chutou da entrada da área mas o goleiro defendeu. Aos 25 Marquinhos Gabriel soltou a bomba e parou numa ótima defesa de Rodrigo. Aos 28 Wesley achou Henrique livre dentro da área, mas o atacante errou na finalização.

Aos 34 Valentim se viu obrigado a trocar William Matheus por Wellington; o lateral torceu o pé, e como Juninho não estava 100% fisicamente, o interino mandou o zagueiro a campo. Aos 35 minutos um susto: após um bicão do goleiro, William Paulista surgiu livre na cara de Fábio e finalizou, mas o goleiro Palmeirense estava atento.

Precisando de um gol para ficar com a vaga, os visitantes se lançaram ao ataque, deixando muitos espaços ao Verdão. Aos 40 minutos Wesley teve a chance para ampliar e definir a partida, mas mesmo cara a cara com Rodrigo e livre de marcação, chutou para fora.

A tensão da torcida presente ao Pacaembu só teve fim aos 45 minutos, quando Marquinhos Gabriel puxou contra-ataque e tocou para Henrique marcar seu quarto gol em quatro jogos com a camisa alviverde: 2 a 0. Nos acréscimos ainda deu tempo para Felipe Menezes, que entrada minutos antes no lugar de Mendieta, fazer o seu e dar números finais à partida: 3 a 0.

Na próxima fase da Copa do Brasil o Palmeiras vai enfrentar o Avaí, que passou pelo ASA de Arapiraca. O primeiro confronto só irá acontecer após a pausa para a disputa da Copa do Mundo.

Domingo (18/05) o Verdão vai a Salvador para enfrentar o Vitória. O jogo, válido pela quinta rodada do Brasileirão, será às 18h30.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.