Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 0 São Bernardo – 27/02/2014

01kardeccomemoragol2702rmatsukawaterra
Alan Kardec comemora depois de abrir o placar para o Palmeiras (Foto: Ricardo Matsukawa / Terra)

Superada a primeira derrota do ano. Em noite de bom futebol batemos o São Bernardo de forma tranquila e estamos quase garantidos na próxima fase do campeonato.

Jogo válido pela 11ª rodada do Paulistão 2014.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 27/02/2014, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Público: 6.742 pagantes
Renda: R$ 234.605,00
Árbitro: Aurélio Santanna Martins
Assistentes: Fausto Augusto Viana Moretti e Eduardo Vequi Marciano
Assistentes adicionais: Marcelo Rogério e Rodrigo Gomes Paes Domingues
Cartões amarelos: Valdivia (Palmeiras); Luciano Castán (São Bernardo)
Gols: Alan Kardec, aos 24 minutos do primeiro tempo e Valdivia, aos 10 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Wesley (Tiago Alves) e Valdivia; Marquinhos Gabriel (Mendieta), Vinicius (Patrick Vieira) e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

São Bernardo: Wilson Júnior; Kaique, Fernando Lombardi, Luciano Castán e Eduardo; Dudu (Márcio Diogo), Wilian Favoni (Jean Carlos), Marino e Bady; Rodrigo Careca e Gil (Elionar Bombinha)
Técnico: Edson Boaro

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 27/02/2014 – 21:24h.
Kardec e Valdivia brilham, e Verdão vence
Dupla fez os gols da vitória por 2 a 0 sobre o São Bernardo, no Pacaembu.
Reforçado por Juninho, Wesley e Kardec, o Verdão iniciou o jogo tomando a iniciativa. A primeira chance surgiu aos 8 minutos, quando Wesley cobrou uma falta de longe, tentando surpreender o goleiro, que mandou para escanteio.

Aos 14, Lúcio arrancou e deixou a bola com Valdivia; o meia tabelou com Marquinhos Gabriel e depois serviu o companheiro, que finalizou cruzado, para fora. O São Bernardo, porém, não estava disposto apenas a se defender, a aos poucos começou a levar certo perigo. Aos 16 minutos Badi cobrou falta perto da área, por cima.

O Verdão poderia ter aberto o placar na jogada seguinte, mas Valdivia tropeçou já dentro da área após bom passe de Marquinhos Gabriel. Os visitantes responderam rapidamente, e em duas oportunidades, ambas com Rodrigo Careca, aos 18 e 19 minutos. Nas duas finalizações o meia rival parou em boas defesas de Fernando Prass.

Quando a equipe do ABC começou a se assanhar, o Palmeiras fez o gol. Aos 24 Marquinhos Gabriel ajeitou para Wendel cruzar sob medida para Alan Kardec: 1 a 0. A frente no placar, o Verdão quase ampliou aos 29; Wesley cobrou falta, Lúcio escorou de cabeça mas Wilson Júnio defendeu; no rebote Kardec tentou aproveitar mas a zaga afastou.

Nos quinze minutos finais da etapa inicial, o time do técnico Gilson Kleina resolveu admnistrar o resultado, não criando mais nenhuma oportunidade de gol, mas também não sendo ameaçado pelo São Bernardo.

Sem mudanças, o Verdão voltou para o segundo tempo num ritmo mais cadenciado, pois sabia que o adversário iria se expor. Aos 4 minutos o São Bernardo chegou com perigo, outra vez com Rodrigo, mas de novo Prass evitou o gol com uma bela defesa.

A exemplo da etapa inicial, quando o rival se empolgava o Palmeiras deu o bote. Aos 10 minutos Vinícius cruzou para Valdivia, que estava sozinho dentro da área; o chileno dominou e finalizou com categoria: 2 a 0.

Com a vantagem, o time do técnico Gilson Kleina passou a ter mais tranquilidade para tocar a bola e ampliou seu domínio. Aos 20 minutos Valdivia arriscou de fora da área, nas mãos do goleiro. Aos 23, Mendieta, que entrara pouco antes na vaga de Marquinhos Gabriel, recebeu lançamento e avançaria livre se o assistente não inventasse um impedimento absurdo.

Apenas aos 24 minutos o São Bernardo voltou a levar perigo, e para variar, com Rodrigo Careca, que teve sua quarta finalização defendida por Prass. Aos 32 Jean Carlo arriscou de longe, mas desta vez o goleiro Palmeirense defendeu sem dificuldade.

Mesmo com a vitória assegurada, o Palmeiras resolveu partir em busca do terceiro gol. Aos 36 minutos, após troca de passes envolvente, Valdivia ajeitou para Mendieta finalizar em cima de um zagueiro. Aos 42 Patrick Vieira, que substituiu Vinícius, arriscou da entrada da área, para fora. Essa acabou sendo a última oportunidade real de gol da partida.

Com a vitória o Palmeiras se reabilita no Paulistão, segue dono da melhor campanha, vai a 26 pontos e encaminha a classificação para as quartas de final.

Agora o Verdão para por uma semana, pois o próximo compromisso está marcado apenas para 06/03 (quinta-feira que vem, às 19h30) contra a Portuguesa, novamente no Pacaembu.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.