Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 0 Botafogo-SP – 20/03/2013

63385
Leandro comemora o primeiro gol da partida. Foto: José Patrício/Estadão

Cumprindo a obrigação de vencer em casa adversários mais fracos, alcançamos a marca de 10 jogos sem derrota (no Paulistão) e de quebra apresentamos um bom futebol.

Estes elementos são importantíssimos para diminuir um pouco a pressão e fazer o time jogar mais solto.

Leandro, vindo do Grêmio numa troca estranha por Barcos, entrou bem no time titular e a esperança é que deslanche. Com a vitória alcançamos 24 pontos e ganhamos duas posições na tabela: de sexto para quarto.

Jogo válido pela 13ª rodada do Paulistão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 20/03/2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Aurélio Santanna Martins
Assistentes: Marco Antonio Gonzaga da Silva e David Botelho Barbosa
Público: 4.160 pagantes
Renda: R$ 109.575
Cartões amarelos: Welder e Léo Gago (PAL); Danilo Bueno e André (BOT)
Gols: Leandro, aos 5 minutos do primeiro tempo e aos 2 do segundo

Palmeiras: Fernando Prass, Weldinho, Vilson, Henrique (André Luiz) e Juninho; Charles (Patrick Vieira), Márcio Araújo, Léo Gago e Wesley; Leandro e Kleber (Caio)
Técnico: Gilson Kleina

Botafogo: Rafael, Daniel Borges, César Gaúcho, Igor e Preto Costa; Gilmak, Zé Antônio (André), Danilo Bueno (Otacílio Neto) e Fábio Gama; Nunes e Francis (Douglas Packer)
Técnico: Marcelo Veiga

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 20/03/2013 – 21:18h.
Verdão joga bem e bate o Botafogo

Com Charles e Léo Gago de titulares, o Verdão iniciou o jogo pressionando o Botafogo. Trocando passes e envolvendo o adversário, o gol não demorou a sair. Aos 5 minutos Leandro recebeu de Léo Gago, fintou seu marcador e chutou de fora da área; o goleiro Rafael quis encaixar e tomou um frango: 1 a 0.

Aos 9 minutos Juninho pegou uma sobra já dentro da área mas errou ao querer driblar o zagueiro, que o desarmou. Melhor em campo, o time do técnico Gilson Kleina tocava bem a bola e não deixava o Botafogo esboçar nenhum ataque. Aos 21 minutos Wesley experimentou de longe, mas dessa vez o goleiro estava atento.

Dois minutos depois Wesley fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Kléber, que não alcançou. O Verdão vinha bem até que em um minuto e meio a bruxa resolveu atrapalhar. Aos 32 Henrique sentiu uma lesão no joelho e deu lugar ao estreante André Luiz. Aos 34 foi a vez de Kléber sentir o joelho e ser substituído por Caio.

O time sentiu (emocionalmente) as lesões o Botafogo cresceu. Aos 36 minutos Fábio Gama invadiu a área pela esquerda e finalizou, mas Léo Gago interceptou. Aos 39 Danilo cruzou para Nunes, livre, cabecear para fora, perdendo chance incrível.

O Palmeiras reagiu com Wesley; aos 41 minutos o volante cobrou falta, recebeu de volta e finalizou com perigo, à direita do goleiro. As duas últimas boas oportunidades da etapa inicial, porém, foram do Botafogo, ambas de falta. Na melhor delas, aos 43, Danilo exigiu de Fernando Prass uma bela defesa.

No segundo tempo, para não dar chance ao azar, o Verdão voltou repetindo o ímpeto do começo da partida. Logo no primeiro minuto Juninho soltou a bomba de fora da área e Rafael espalmou. Aos 2 Charles finalizlou de canhota, o goleiro se esticou todo para evitar o segundo.

O gol era questão de questão de tempo e jeito. Na jogada seguinte, após sobra em cobrança de escanteio, Leandro dominou dentro da área e bateu com categoria: 2 a 0.

Com o placar mais confortável, o Palmeiras voltou a diminuir o ritmo, mas dessa vez não deixou o Botafogo aproveitar. Aos 10 minutos Wesley experimentou de fora da área mas o goleiro pegou.

Depois de um período sem grandes emoções, o jogo voltou a esquentar aos 26 minutos, quando Francis quis cruzar mas viu a bola ganhar efeito, assustando Prass, que mandou para escanteio.

Aos 28 minutos foi a vez de Nunes tentar surpreender o goleiro Palmeirense, mas sua finalização saiu fraca. Aos 39 Léo Gago, em sua especialidade, arriscou da entrada da área e quase fez o terceiro. Nos minutos finais o time de Kleina tocou a bola à espera do apito final do juiz.

Com a vitória o Palmeiras vai a 24 pontos, deixa o Botafogo para trás e ganha duas posições na tabela; de sexto para quarto.

Domingo (24/03) o Verdão recebe o Santos no Pacaembu. O clássico será às 16h. Henrique e Kléber desde já são dúvidas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.