Twitter RSS
Close

São Caetano 1 x 1 Palmeiras – 17/03/2013

Vinicius e Danielzinho disputam a bola durante jogo no Anacleto (Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

Uma multidão de 2300 corajosos enfrentaram a chuva e o mau tempo e se fizeram presentes para assistir o confronto do Verdão contra o lanterna do campeonato.

Tínhamos a chance de engatar duas vitórias seguidas e encostar nos líderes, mas perdemos um pênalti, tomamos o gol e sofremos para conseguir o empate.

Jogo válido pela 12ª rodada do Paulistão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Anacleto Campanella, São Caetano do Sul (SP )
Data: 17/03/2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcio Henrique de Gois
Assistentes: Eduardo Vequi Marciano e Leonardo Schiavo Pedalini
Cartões amarelos: Maurício Ramos (Palmeiras). Bruno Aguiar e Fabinho (São Caetano)
Público: 2.360 pagantes
Renda: R$ 85.120,00
Gols: São Caetano: Eder, aos 41 minutos do primeiro tempo
Palmeiras: Leandro, aos 3 minutos do segundo tempo

São Caetano: Fábio; Samuel Xavier, Bruno Aguiar, Eli Sabiá e Diego Corrêa; Fabinho, Moradei, Eder (Samuel Santos) e Rivaldo (Pedro Carmona); Danielzinho e Geovane (Eduardo)
Técnico: Aílton Silva

Palmeiras: Fernando Prass; Weldinho, Henrique, Mauricio Ramos e Marcelo Oliveira; Vilson, Márcio Araújo, Wesley e Patrick Vieira (Tiago Real); Vinicius (Leandro) e Kleber (Caio)
Técnico: Gilson Kleina

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 17/03/2013 – 17:51h.
Palmeiras sofre para empatar com o lanterna

Com Wesley no lugar de Valdivia, o Palmeiras iniciou o jogo tomando a iniciativa. Aos 6 minutos Vinícius cruzou para Kléber finalizar com perigo, mas o goleiro fez boa defesa.

O time do técnico Gilson Kleina mantinha a posse de bola e rondava a área do São Caetano, mas o que de melhor conseguia eram seguidos escanteios, todos mal executados por Vinícius. Aos 21 minutos Márcio Araújo achou Wesley na área mas o volante finalizou mal, por cima.

Aos 26 minutos Wesley cruzou para Kléber e o camisa 9 foi empurrado por Bruno Aguiar dentro da área; pênalti bem assinalado pelo árbitro e mal cobrado por Henrique, para fora.

O gol desperdiçado fez o Verdão diminuir o ritmo e ver o São Caetano crescer aos poucos. Aos 39 minutos Geovani finalizou de fora da área, nas mãos de Fernando Prass. Aos 41, porém, o goleiro quis dar um golpe de vista e foi infeliz; Eder passou como quis por Wesley e bateu forte: 1 a 0.

Aos 43 minutos, na última jogada construída pelo ataque do Palmeiras no primeiro tempo, Marcelo Oliveira cruzou e Kléber escorou de cabeça para defesa tranquila de Fábio.

Na etapa final o Verdão voltou com Leandro no lugar de Vinícius, e a alteração não demorou a surtir efeito. Aos 3 minutos Wesley aproveitou bobeada do São Caetano, avançou e serviu o ex-gremista: 1 a 1.

A virada só não veio no minuto seguinte porque o goleiro Fábio praticou milagre em cabeçada de Kléber. Aos 7 minutos Leandro tabelou com Kléber e só não conseguiu a conclusão porque foi travado por Moradei.

Em busca do gol, o Verdão vacilou aos 8 minutos com Vilson, que tocou errado para Marcelo Oliveira; Rivaldo achou Daniel que bateu com perigo, para fora. Aos poucos os mandantes foram conseguindo equilibrar a partida e as chances de gol foram rareando.

Para tentar os três pontos, Kleina ainda trocou Patrick Vieira por Tiago Real e Kléber por Caio. Aos 31 minutos Vilson lançou Leandro, que na corrida perdeu para o goleiro. Aos 34 Real recebeu de Caio e cruzou forte demais para Leandro.

Nos minutos finais as duas equipes ainda tentaram, na base da vontade, o gol da vitória, mas esbarraram na falta de qualidade técnica de seus respectivos setores ofensivos. Com o empate o Verdão vai a 21 pontos e perde chance de encostar nos líderes.

Quarta-feira (20/03) o Palmeiras recebe o Botafogo no Pacaembu. O jogo, válido pela décima terceira rodada, será às 19h30.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.