Twitter RSS
Close

XV de Piracicaba 3 x 3 Palmeiras – 03/02/2013

maikonleite_palmeiras_ae.jpg_95
Maikon Leite disputa lance com a zaga do XV de Piracicaba no primeiro tempo (Foto: Ag. Estado)

Jogo tenebroso para deixar qualquer Palmeirense bastante preocupado.

Logo de cara tomamos um gol (2′) e só não perdemos graças a um gol de Henrique aos 47′ do segundo tempo.

Jogo válido pela 5ª rodada do Paulistão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Barão de Serra Negra, Piracicaba (SP)
Data: 03/02/2012, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Robério Pereira Pires
Assistentes: Marco Antonio de Andrade Motta Junior e Humberto Lellis Talarico Leite
Assistentes adicionais: Alessandro Darcie e Ilbert Estevam da Silva (ambos de SP)
Cartões amarelos: Valdivia e Ayrton (Palmeiras)
Gols: XV: Márcio Diogo, aos 2 minutos do primeiro tempo; Diguinho (pênalti), aos 30, e Vinicius Bovi, aos 37 minutos do segundo tempo
Palmeiras: Henrique, aos 38 minutos do primeiro tempo; Márcio Araújo, aos 7, e Henrique, aos 47 minutos do segundo tempo

XV de Piracicaba: Bruno Fuso; Luiz Eduardo, Glauber (Cesinha) e Pedro Paulo; Adriano, Jairo, Diego Silva (Vinicius Bovi), Diguinho e Janílson; Paulinho e Márcio Diogo (Anderson Lessa)
Técnico: Sérgio Guedes

Palmeiras: Fernando Prass; Ayrton, Henrique, Mauricio Ramos e Juninho; Márcio Araújo (Caio), Wesley (Patrick Vieira) e Valdivia; Maikon Leite, Barcos e Vinicius (João Denoni)
Técnico: Gilson Kleina

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 03/02/2013 – 21:20h.
Henrique evita vexame em Piracicaba
Por Eduardo Luiz  [email protected]
Com o mesmo esquema que havia dado certo contra o São Bernardo, o Palmeiras iniciou o jogo tomando pressão do XV de Piracicaba e sofrendo um gol relâmpago. Aos 2 minutos Jailson cruzou para Márcio Diogo, livre de marcação, abrir o placar de cabeça: 1 a 0.

Perdido, o time do técnico Gilson Kleina era facilmente envolvido pela equipe mandante. Aos 5 minutos Paulinho arriscou da entrada da área, à direita de Fernando Prass. Aos 9 Jairo também tentou de longe, mas errou o alvo.

Mesmo com três atacantes, o Palmeiras só foi chegar com perigo aos 20 minutos, e graças a uma jogada individual de Barcos, que desarmou um zagueiro e bateu; a bola desviou e quase enganou o goleiro. Aos 26 foi a vez do XV levar perigo numa finalização desviada de Paulinho. Cinco minutos depois Adriano resolveu testar Fernando Prass, que estava atento e fez bela defesa com o pé.

O Verdão respondeu num chute forte de Wesley, que saiu por cima. Aos 35 Paulinho invadiu a área e bateu, a bola desviou em três Palmeirenses mas acabou sobrando para Prass. Quando o segundo gol do XV parecia próximo de sair, o Palmeiras empatou. Aos 38 minutos Maikon Leite cobrou ecanteio, Henrique dominou e girou fuzilando: 1 a 1.

A última jogada de perigo da etapa inicial foi do XV, novamente com Jairo, em outro chute de longa distância que parou nas mãos de Prass, o melhor Palmeirense em campo.

Com João Denoni no lugar de Vinícius, o Palmeiras voltou para o segundo tempo marcando melhor, o que naturalmente fez o time evoluir. Aos 7 minutos o improvável aconteceu. Márcio Araújo arrancou, passou por um marcador e bateu de canhota: 2 a 1.

O gol deu de um novo gás ao Verdão, que poderia ter feito o terceiro aos 11 se bola do chute de Maikon Leite que correu por sobre a linha encontrasse um pé Palmeirense. Passada a animação, o time de Kleina foi diminuindo o ritmo e viu o XV de Piracicaba crescer.

Aos 28 minutos Diguinho trombou com Márcio Araújo na área e o juiz deu pênalti. O próprio Diguinho cobrou e conferiu: 2 a 2. Com o empate, foi a vez dos mandantes se animarem. Aos 36 Diguinho levantou na cabeça de Vinícius, mas Prass fez milagre. Na cobrança de escanteio, porém, o camisa 25 nada pôde fazer quando Eduardo acertou a trave; no rebote Vinícius não desperdiçou: 3 a 2.

Perdendo, Kleina trocou Wesley e Márcio Araújo por Patrick Vieira e Caio, respectivamente, mas quem acabou evitando outro vexame foi o zagueiro Henrique, que aos 47 minutos conseguiu o gol de empate após levantamento de João Denoni: 3 a 3. Agora o time soma 8 pontos e vê os líderes do Paulistão já a certa distância.

Na quinta-feira (07/02) o Palmeiras recebe o Atlético Sorocaba, às 19h30, no Pacaembu.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.