Twitter RSS
Close

Palmeiras 3 x 0 São Bernardo – 31/01/2013

n_palmeiras_4_rodada_palmeiras_vs_sao_bernardo-5603020

5.313 desconfiados torcedores (ou otimistas?) fizeram-se presentes no estádio Pacaembu para prestigiar o Verdão em campo.

Um começo de jogo preocupante. Um gol achado aos 33 minutos do primeiro tempo. Daí para frente, uma atuação para dar esperança ao torcedor.

Que seja o começo de uma nova fase.

Jogo válido pela 4ª rodada do Paulistão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 31/1/2012
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP)
Auxiliares: Fausto Augusto Viana Moretti e Risser Jarussi Corrêa (SP)
Público: 5.313 pagantes
Renda: R$ 177.540,00
Cartões amarelos: Valdivia (Pal) Gleidson (São)
Gols: Barcos, aos 33 do primeiro tempo e aos 10 do segundo. Valdivia aos 5 do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass, Ayrton (Wendell), Henrique, Maurício Ramos e Juninho; Márcio Araújo, Wesley e Valdivia (Edilson); Maikon Leite, Vinícius (Patrick Vieira) e Barcos
Técnico: Gilson Kleina

São Bernardo: Wilson Júnior, Régis, Samuel, Marcio Garcia e Gleidson Souza; Dudu, Glaydson (Michel), Cleber e Luciano Mandi (Gil) Ricardinho (Naldinho)
Técnico: Luciano Dias

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 31/01/2013 – 21:18h.
Verdão se reabilita no Paulistão
Por Eduardo Luiz  [email protected]
Com três atacantes, o Palmeiras iniciou o jogo tentando pressionar o São Bernardo, mas poucas chances de gol foram criadas, e quando surgiram foram mal aproveitadas.

Aos 2 minutos Vinícius fintou seu marcador e bateu fraco. Aos 10 Valdivia enfiou para Maikon Leite, o camisa 7 invadiu a área mas errou o passe para Barcos. O time do ABC respondeu aos 12 com Luciano, mas o chute do meia parou em Fernando Prass.

Aos 13 minutos Maikon Leite cobrou escanteio, Maurício Ramos subiu mais alto que a zaga adversária mas testou para fora, à direita. A melhor oportunidade, porém, ainda estava por vir, e não seria do Verdão. Aos 24 Fernando Baiano passou por Márcio Araújo e carimbou o travessão de Prass.

Passado o susto, o Palmeiras voltou a levar perigo aos 32, quando Maikon Leite cruzou e Régis quase fez contra. Na conrança de escanteio originada desse lance, o gol saiu. Maikon cobrou, Valdivia desviou e Barcos, de barriga, concluiu: 1 a 0.

Atrás no marcador, o São Bernardo tentou reagir rapidamente. Aos 34 Márcio Garcia cabeceou por cima do travessão de Prass, assustando o pouco público presente ao Pacaembu.

Nos minutos finais do primeiro tempo o time do técnico Gilson Kleina intensificou a pressão e perdeu três boas oportunidades para aumentar o placar, uma com Valdivia, outra com Barcos e a última com Maikon Leite, mas em todas faltou pontaria.

Na etapa final, para não correr riscos, o Verdão voltou com a mesma pegada, e foi compensado rapidamente. Aos 5 minutos Maikon Leite cruzou na cabeça de Valdivia: 2 a 0. A torcida ainda comemorava quando aos 10 minutos Wesley fez boa jogada pela direita e cruzou; Maikon desviou e a bola sobrou para Barcos: 3 a 0.

O placar só não ficou maior aos 14 por que Maikon Leite perdeu gol na cara de goleiro, após outra bela enfiada de Valdivia. Entregue, o São Bernardo só foi chegar ao ataque aos 25 minutos numa finalização de Michel que Fernando Prass segurou com facilidade.

Com os três pontos assegurados, Kleina ainda promoveu três alterações: Patrick Vieira entrou no lugar de Vinícius, Edilson substitutiu Valdivia e Wendel foi testado na lateral, na vaga de Ayrton, e dessa vez, todos deixaram o gramado aplaudidos. Com a vitória o Palmeiras vai a 7 pontos e se mantém na parte de cima da tabela.

Domingo (03/02, às 19h30) o Verdão vai a Piracicaba para enfrentar o XV.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.