Twitter RSS
Close

Atlético/MG 3 x 0 Palmeiras – 09/09/2012

Foto: Gil Leonardi/Lancepress! / Lance!

Ao contrário do previsto, o jogo começou equilibrado na Arena Independência, e com o Palmeiras criando as melhores chances de gol contra o vice líder do campeonato.

O primeiro tempo terminou na igualdade, mas na volta para a segunda etapa os mineiros melhoraram e num lance que a bola iria pra fora Bruno cedeu o escanteio em que o Atlético abriria o placar.

O Palmeiras até tentou reagir, mas Victor estava iluminado e impediu que a meta Atleticana fosse vazada. No fim, mais 2 gols sacramentaram a derrota.

O Verdão perdeu pela 13ª vez – é o que mais foi derrotado até agora – e se viu afundado na zona de rebaixamento, com 20 pontos, em 18º lugar. Além de voltar a tropeçar após a boa vitória por 3 a 1 sobre o Sport na última quinta-feira, a equipe de Felipão foi bastante prejudicada pelas vitórias dos rivais diretos na luta contra a degola. O Palmeiras está a cinco pontos de sair do Z-4.

Jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão 2012.

FICHA TÉCNICA

Local:  Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 09/09/2012 (domingo)
Horário:  18h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (Fifa-RJ) e Marcelo Barison (RS)
Cartões amarelos: Thiago Heleno, João Vitor e Valdivia (Palmeiras); Guilherme (Atlético-MG)
Gols: Leonardo Silva, aos 7 minutos do segundo tempo, Bernard, aos 38 e aos 47 minutos do segundo tempo

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Rafael Marques, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete (Escudero) e Ronaldinho; Danilinho (Leonardo), Guilherme (Serginho) e Bernard
Técnico: Cuca

Palmeiras: Bruno; Artur (Márcio Araújo), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Juninho; Correa, João Vitor (Patrik), Tiago Real (Maikon Leite) e Valdivia; Luan e Obina
Técnico: Felipão

PTDGlobo EsporteEstadaoFolha Online.

Ganhou o time com o melhor goleiro

Ao contrário do previsto, o jogo começou equilibrado na Arena Indepenência, e com o Palmeiras criando as melhores chances de gol. Aos 3 minutos Luan cabeceou e Victor espalmou. Aos 12 Juninho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Obina desviar de carrinho.

O Atlético-MG só foi reagir aos 13 minutos, após Bruno sair mal do gol; a bola sobrou para Bernard, que chutou em cima de Thiago Heleno. Aos 16 Guilherme finalizou e fez o goleiro Palmeirense se recuperar. Aos 20 minutos o Verdão balançou as redes com Obina, mas ele estava impedido e o lance foi corretamente anulado. 

Após um período de muita briga e pouca objetividade, a partida só voltou ao ritmo do começo aos 33 minutos, quando Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio e Guilherme, sozinho, concluiu por cima. A resposta do time de Felipão veio na mesma moeda com Valdivia, 2 minutos depois. 

A chance mais clara da etapa inicial surgiu aos 39, e foi para o Palmeiras: Tiago Real cruzou sob-medida para Luan cabecear buscando o contrapé de Victor, que foi buscar. 

Brigando pela liderança, o Atlético voltou para o segundo tempo mais ofensivo. As mudanças promovidas por Cuca deram certo. Aos 2 minutos Leonardo Silva escorou cruzamento da direita, por cima. Aos 5 Ronaldinho Gaúcho achou Marcos Rocha dentro da área, mas o lateral errou o alvo. 

Aos 6 minutos Bernard experimentou da entrada da área; a bola iria para fora, mas Bruno resolveu mandar para escanteio. Na cobrança de Ronaldinho Gaúcho, Leonardo Silva subiu mais que a zaga alviverde e abriu o placar: 1 a 0. Pouco tempo depois de sofrer o gol, Felipão trocou Artur por Márcio Araújo e Tiago Real por Maikon Leite. A equipe melhorou. 

Com mais posse de bola, o Palmeiras passou a criar chances de gol. Aos 20 minutos Maikon bateu forte, por cima. Aos 21 Luan tentou cruzar, viu a bola ganhar efeito e cair perto do travessão. Aos 25 Correa tentou da entrada da área, mas errou o alvo. 

A pressão prosseguiu aos 26 com Luan e aos 32 com Juninho, mas nas duas oportunidades Victor apareceu bem. Aos 35 minutos foi a vez de Correa tentar o empate de falta, mas mandou por cima. O Atlético esperava um contra-ataque, e conseguiu aos 38. Leonardo tocou para Bernard, que ganhou na corrida da zaga e apenas deslocou Bruno: 2 a 0. 

Praticamente com o jogo perdido, o Verdão se lançou ao ataque, mas o que de melhor conseguiu foi uma ótima defesa de Victor, que salvou sobre a linha, e uma falta de Correa que explodiu na trave. Nos acréscimos Bruno voltou a vacilar e cedeu o terceiro gol para o Atlético, novamente com Bernard: 3 a 0 e fim de papo na Arena Independência. 

Com o resultado, o time de Scolari permanece com 20 pontos e vê a distância para o décimo sexto colocado voltar para 5 pontos. 

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (12/09) para enfrentar o Vasco. O jogo será em São Januário, às 22h. Thiago Heleno e João Vítor, suspensos, serão os desfalques.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.