Twitter RSS
Close

Palmeiras 0 x 0 Grêmio – 01/09/2012

Foto: ALEX SILVA/AE

Depois de uma sacudida contra a Lusa na rodada passada, o Palmeiras tinha a complicada missão de vencer o Grêmio, que está na caça aos líderes da competição, para começar a reagir no campeonato.

Pelo contexto o torcedor Palestrino não alimentava muitas esperanças, mas quando aos 18′ da etapa inicial Kleber (ele mesmo!) foi expulso a chama da esperança aumentou. Ver o time controlando bem o jogo, encurralando o adversário e criando chances, deixava o torcedor ainda mais animado. Mas o gol não veio.

Com o empate o Verdão enfim sai dos 16 pontos, mas segue a perigo na zona de rebaixamento.

Jogo válido pela 21ª rodada do Brasileirão 2012.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 01/09/2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Público: 11.586 pagantes
Renda: R$ 423.806,00
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (PR)
Assistentes adicionais: Cleisson Veloso Pereira e Flavio Henrique Coutinho Teixeira (ambos de MG)
Cartões amarelos: Luan, Tiago Real, Maikon Leite, Barcos, Henrique, Artur e Correa (Palmeiras); Marcelo Moreno, Naldo, André Lima, Marquinhos e Anderson Pico (Grêmio)
Cartão vermelho: Kleber (Grêmio)

Palmeiras: Bruno; Artur (Correa), Maurício Ramos, Thiago Heleno e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, João Vitor (Maikon Leite) e Tiago Real; Luan (Mazinho) e Barcos
Técnico: Felipão

Grêmio: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Naldo e Anderson Pico; Fernando, Souza, Marco Antonio (Marquinhos) e Zé Roberto (André Lima); Kleber e Marcelo Moreno (Léo Gago)
Técnico: Luxemburgo

PTDGlobo EsporteTerra EsportesEstadaoFolha Online.

Palmeiras não sai do zero contra o Grêmio

Com Luan de volta e estreando o meia Tiago Real, o Palmeiras iniciou o jogo melhor que o Grêmio. Aos 6 minutos Artur experimentou da entrada da área para defesa em dois tempos de Marcelo. Aos 8, Barcos tabelou com Luan mas foi travado por Werley na hora da finalização.

Aos 15 minutos o atacante Kleber, que já havia recebido um cartão amarelo por reclamação, deu uma cotovelada em Henrique; o árbitro viu e o expulsou. Com um homem a menos, o Grêmio optou por jogar todo atrás. 

Sem criatividade, o Verdão tocava a bola de um lado para o outro. Apenas aos 26 minutos o time foi arriscar um chute, e foi com João Vítor, mas novamente o goleiro estava atento. Aos 37 Barcos tentou assumir o papel de armador e descolou bom passe para João Vítor, que de canhota isolou. 

No minuto seguinte o técnico Luiz Felipe Scolari trocou João Vítor por Maikon Leite. A alteração deixou o jogo mais aberto. Aos 41 minutos Tiago Real tocou para Artur chutar com perigo, para fora. Aos 44, na primeira investida ao ataque, o Grêmio quase abriu o placar. Marcelo Moreno tocou para Zé Roberto, que passou por Bruno e cruzou, mas Thiago Heleno cortou com a perna, não com a mão como os gremistas reclamaram. 

No último lance do primeiro tempo Luan carimbou a barreira após cobrança de falta a um passo da entrada da área. 

Com Correa no lugar de Artur, o Palmeiras voltou para o segundo tempo tantando encurralar o Grêmio. Logo aos 40 segundos Naldo passou a perna em Barcos e deveria ser expulso, pois já tinha cartão, mas o árbitro relevou. Na cobrança da falata executada por Correa, a bola passou por todo mundo, assustando Marcelo. 

Aos 2 minutos Tiago Real tentou de fora da área e viu a bola sair à esquerda. Mesmo acuado, os visitantes conseguiram levar perigo. Aos 10 minutos Zé Roberto passou por seu marcador e tocou para Marcelo Moreno, que carimbou Maurício Ramos. Aos 12 o Verdão respondeu numa bomba de Maikon Leite que parou no goleiro. 

O camisa 7 voltaria a levar perigo aos 30 minutos em outra finalização executada de fora da área, dessa vez por cima. Aos 31 o time de Luxemburgo tantou assustar numa cobrança de falta de Marquinhos, mas Bruno estava atento. No contra-ataque Mazinho avançou pela esquerda e bateu para boa defesa de Marcelo. 

Desesperado, o time de Felipão ainda teve uma última oportunidade para voltar a vencer, mas a bola de Barcos, aos 39 minutos, parou no travessão. Assim foi o jogo no Pacaembu. Com o empate o Verdão enfim sai dos 16 pontos, mas segue a perigo na zona de rebaixamento. 

O Palmeiras volta a campo na quinta-feira (06/09) para enfrentar o Sport, às 21h no Pacaembu. Valdivia volta, mas Barcos, na seleção argentina, será o desfalque.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.