Twitter RSS
Close

Atlético-GO 1 x 1 Palmeiras – 25/09/2011

LANCEPRESS! – Brasil – Goiânia – 25.09.2011 – Carlos Costa/Lancepress! – Campeonato Brasileiro: Atlético Go x Palmeiras – Estádio Serra Dourada – Juninho do Atlético-Go e Márcio Araújo do Palmeiras

Depois de voltar a vencer no campeonato, o Palmeiras foi atrás da 2ª vitória para confirmar a reação.

A capacidade que o Palmeiras tem para complicar jogos favoráveis impressiona. O time de Luiz Felipe Scolari abriu o placar, viu dois expulsos do outro lado e tinha campo livre para ampliar. Nada disso parece ter mexido com os 11 alviverdes em campo, que apenas assistiram de camarote a uma demonstração de superação dos rubro-negros goianos.

Com o novo empate, o 12º na competição, o Palestra vai a 39 pontos e fica a 2 do G5.

Jogo válido pela 26ª rodada do Brasileirão 2011.

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 25 de setembro de 2011, domingo
Horário: 18 horas (de Brasília)
Renda: R$ 255.625,00
Público: 12.422 espectadores
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Marco Antônio Martins (SC) e Carlos Titara da Rocha (AL)
Cartões amarelos: Marcos Assunção, Fernandão, Márcio Araújo e Luan (Palmeiras); Rafael Cruz, Agenor e Pituca (Atlético-GO)
Cartões vermelhos: Anderson e Vitor Junior (Atlético-GO)
Gols:
PALMEIRAS: Henrique, aos 24 minutos do primeiro tempo.
ATLÉTICO-GO: Thiago Feltri, aos 35 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Anderson, Leonardo e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Ernandes (Paulo Henrique) e Vitor Júnior; Juninho (Felipe) e Anselmo (Marino)
Técnico: Hélio dos Anjos

PALMEIRAS: Deola; João Vitor (Pedro Carmona), Maurício Ramos, Henrique e Gabriel Silva; Marcos Assunção, Márcio Araújo e Tinga (Maikon Leite); Luan, Kleber e Fernandão (Ricardo Bueno)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

ESPN, Globo Esporte, Terra Esportes, Estadao, Folha Online.

Com dois a mais, Palmeiras cede empate ao Atlético-GO e perde a chance de embalar

ESPN.com.br

O Palmeiras perdeu mais uma boa oportunidade de embalar no Campeonato Brasileiro, depois da vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, na última quinta-feira. Neste domingo, o time paulista saiu em vantagem sobre o Atlético-GO no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, mas cedeu o empate no final e ficou no 1 a 1.

Com o resultado, os comandados do técnico Luiz Felipe Scolari somam agora 39 pontos na classificação e não conseguem encostar no pelotão de frente. O Atlético-GO, por sua vez, chega aos 35 pontos.

A primeira boa oportunidade de gol da partida saiu aos oito minutos e o Atlético-GO quase abriu o marcador. Após uma bobeada de Gabriel Silva, que escorregou, Vitor Júnior avançou e chutou forte, mas a bola foi por cima do gol.

Aos 13 minutos, o Palmeiras deu a resposta e chegou pela primeira vez com perigo ao gol adversário. Especialista em bola parada, Marcos Assunção cobrou escanteio pela esquerda, Leonardo desviou contra o próprio gol e obrigou o goleiro Márcio a fazer uma grande defesa.

Cinco minutos depois, aos 18, novamente Marcos Assunção assustou o Atlético-GO em um lance de bola parada. Ele cobrou falta à média distância, e a bola quicou na frente de Márcio, que conseguiu defender. Mas a pressão dos visitantes daria resultado pouco tempo depois.

O time do Parque Antártica abriu o marcador aos 24 minutos da etapa inicial, mais uma vez com Marcos Assunção cobrando falta. Ele cobrou da esquerda, e Henrique desviou para fazer 1 a 0 para a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, a situação começou a se complicar para o Atlético-GO, que ficou com um homem a menos em campo: Anderson levou o cartão vermelho e foi expulso.

Mesmo com dez contra 11, o Atlético-GO começou a etapa complementar ameaçando o Palmeiras. Aos dez minutos, após cobrança de escanteio pela esquerda, Agenor cabeceou sozinho na grande área, e a bola passou rente à trave do goleiro Deola.

Quando estava melhor que o Palmeiras na partida, o Atlético-GO teve mais um jogador expulso. Aos 17 minutos, Vitor Junior reclamou demais de uma falta que sofreu de João Vitor e, como já tinha cartão amarelo, levou o vermelho. Os anfitriões ficaram, então, com dois homens a menos no gramado.

Até o final da partida, o time de Felipão se fechou para segurar o resultado e conter a pressão do Atlético-GO, que foi para cima, mesmo com dois a menos. Mas o time goiano chegou ao merecido empate aos 35 minutos, com Thiago Feltri: ele aproveitou cruzamento de Felipe e completou para a rede, definindo o placar em 1 a 1.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebe o América-MG, no Canindé, no próximo sábado. O Atlético-GO, por sua vez, enfrenta o Botafogo no domingo que vem, novamente no Serra Dourada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.