Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 0 Botafogo – 22/05/2011

Com vitória o Palmeiras estreou no campoenato nacional de 2011.

Sem contar com 5 titulares, o Palmeiras não fez uma boa apresentação. Criou algumas chances em lances de bola parada além do golaço marcado por Kléber. O camisa 30 fez sua 100ª partida com a camisa do Palestra.

O Verdão volta a campo no domingo que vem (dia 29), outra vez às 16h, para enfrentar o Cruzeiro, fora de casa. A expectativa fica pelo possível retorno de alguns dos cinco jogadores lesionados, talvez Cicinho e Lincoln.

Jogo válido pela 1ª rodada do Brasileirão 2011.

FICHA TÉCNICA

Local: Teixeirão, São José do Rio Preto (SP)
Data: 22/05/2011, domingo
Horário: 16h. (de Brasília)
Renda: R$ 400.078,00
Público: 13.700 torcedores
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann e Julio César Rodrigues Santos (ambos RS)
Cartões amarelos: Thiago Heleno e Kleber (Palmeiras); Lucas e Marcelo Mattos (Botafogo-RJ)
Gol: Kleber, aos 19 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Marcos; João Vitor (Chico), Thiago Heleno, Danilo e Gabriel Silva;, Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga (Patrik) e Luan (Pierre); Adriano e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Botafogo: Jefferson, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Lucas Zen; Lucas (Cidinho), Arévalo, Marcelo Mattos (Alexander), Thiago Galhardo (Bruno Tiago), Maicosuel e Cortês; Caio.
Técnico: Caio Junior.

PTD, Globo Esporte, Terra Esportes, Folha Online

Kleber faz golaço, e Palmeiras supera Botafogo em Rio Preto

Palmeiras venceu o Botafogo por 1 a 0, neste domingo, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, na estreia das equipes pelo Campeonato Brasileiro. Kleber, que foi homenageado antes do duelo pelas 100 partidas com a camisa alviverde, marcou um golaço e decretou a vitória palmeirense.

A partida foi realizada no interior paulista por conta de uma punição ao Palmeiras pelo comportamento da torcida alviverde no jogo contra o Fluminense, na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2010.

O Botafogo, que não atuava desde a eliminação nas oitavas de final da Copa do Brasil, diante do Avaí, em 20 de abril, volta a campo no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), quando recebe o Santos. Já o Palmeiras encara o Cruzeiro, no domingo, às 16h, fora de casa.

O jogo

A partida começou com pouca criatividade por parte das duas equipes, mas o Palmeiras logo mostrou aquela que vem sendo sua principal arma: os chutes de longa distancia de Marcos Assunção. O volante, aos 4min, tentou o primeiro arremate, mas a bola acabou saindo sem perigo para fora.

Além dos chutes de longe, Marcos Assunção também criou oportunidades aos companheiros, em três cruzamentos antes dos 20min, para Adriano, Thiago Heleno e João Vitor, mas faltou pontaria aos jogadores.

Mesmo com as chances nas bolas paradas e da maior posse de bola, o Palmeiras pouco criava, mas contava com um pior futebol apresentado pelo Botafogo. A primeira boa chance alvinegra saiu em chute de longe de Marcelo Mattos, aos 20min, mas o goleiro Marcos fez boa defesa, no ângulo esquerdo, e mandou para escanteio.

Antes do intervalo, o grande nome do Palmeiras até então ainda teve duas cobranças de falta e quase abriu o marcador. Na primeira, aos 39min, obrigou o goleiro Jefferson a fazer a defesa em dois tempos. Já no último minuto, o volante acertou o travessão.

Ao voltar dos vestiários, o técnico Luiz Felipe Scolari promoveu a entrada de Patrik no lugar de Tinga e deixou o time um pouco mais ofensivo. Com a mudança, o Palmeiras ficou com maior objetividade e logo as oportunidades apareceram com o toque de bola.

Aos 15min, Kleber chutou da entrada da área e obrigou Jefferson a fazer boa defesa. No minuto seguinte, Luan recebeu do lado esquerdo, mas o arremate saiu em cima de Antônio Carlos.

O melhor futebol logo se refletiu em gol. Aos 19min, Kleber recebeu na entrada da área, driblou Lucas Zen e acertou um belo chute, de pé esquerdo, no ângulo direito de Jefferson: Palmeiras 1 a 0.

Cinco minutos depois, o atacante Luan perdeu incrível chance de ampliar ao receber passe de Patrik. Ele chegou cara a cara com o goleiro Jefferson, mas mandou por cima do gol.

Com a superioridade no marcador, o Palmeiras soube valorizar a posse de bola e pouco deixou o Botafogo jogar. Somente aos 44min, quando teve uma falta perigosa a favor, o Botafogo levou perigo. No entanto, Maicosuel chutou por cima as esperanças alvinegras de arrancar o empate.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.