Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 0 Fluminense – 24/07/2021

O jogador Raphael Veiga, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Fluminense FC, durante partida válida pela décima terceira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)

Pelo Brasileirão, o Palestra recebeu o Fluminense em casa e venceu pelo placar mínimo em um confronto equilibrado e com chances para ambos os lados.

Com o resultado positivo o Palmeiras chega a 31 pontos e se mantém na liderança isolada do Brasileirão por mais uma rodada. Foi a sétima vitória seguida no campeonato.

Jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 24/07/2021, sábado
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
Público: (portões fechados)
Cartões amarelos: Felipe Melo (PAL); Fred e Manoel (FLU)
Renda: –
Gol: Manoel (contra), aos 8 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Renan; Danilo, Zé Rafael (Victor Luis), Gustavo Scarpa (Dudu) e Raphael Veiga (Patrick de Paula); Wesley (Breno) e Deyverson (Willian).
Técnico: Abel Ferreira

Fluminense: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, David Braz e Egídio; Yago Felipe (Ganso), Martinelli e Nenê (Cazares); Caio Paulista (Luiz Henrique), Gabriel Teixeira (Kayky) e Fred (Abel Hernández).
Técnico: Roger Machado

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
24/07/2021, 20h56

Gol da vitória por 1 a 0 foi marcado por Manoel, contra. Time de Abel Ferreira chega a 31 pontos e mantém a liderança isolada.

Primeiro tempo

Repetindo a escalação da vitória sobre a Católica, o Palmeiras iniciou o jogo sendo surpreendido pela postura ofensiva do Fluminense. Aos 3 minutos Gabriel Teixeira arriscou de fora da área, por cima do travessão. Aos 6, novamente Gabriel Teixeira surgiu bem, desta vez tabelando com Nenê; o atacante passou por Weverton e chutou para o gol vazio, mas só não correu para o abraço porque Zé Rafael acompanhou a jogada e salvou sobre a linha.

Após o susto o Verdão respondeu: aos 13 minutos Scarpa tocou para Wesley, que chutou forte, mas fácil para o goleiro. A melhor opção seria tentar o cruzamento para Deyverson. A chance criada, se não fez o Palmeiras melhorar na partida, serviu para a equipe visitante se resguardar um pouco mais. E o jogo ficou feio.

Aos 24 minutos Scarpa cobrou escanteio e Zé Rafael escorou por cima. Aos 33 uma jogada inusitada quase resultou no gol para o Fluminense: Weverton tentou lançar Scarpa, Manoel se antecipou e deu uma cabeçada na bola, que sobrou para Fred, livre, no ataque; o centroavante cruzou para Nenê finalizar de primeira e parar em milagre de Weverton. O assistente anulou o lance alegando impedimento de Fred, que não aconteceu. Ou seja, se o gol saísse o VAR validaria. Depois disso nada aconteceu até o intervalo.

Segundo tempo

Sem alterações, o Verdão voltou para a etapa final apostando na mudança de atitude. Aos 3 minutos Scarpa cruzou para Deyverson, mas Martinelli chegou antes e afastou o perigo. Aos 6, um susto: Danilo afastou mal, a bola ficou com Yago Felipe, que chutou da entrada da área, por cima do travessão.

Aos 8 minutos Marcos Rocha enfiou para Raphael Veiga, Egídio vacilou na marcação, o camisa 23 entrou na área e cruzou rasteiro; na tentativa de afastar Manoel acabou fazendo contra: 1 a 0. O gol inflamou o Palmeiras. Aos 9 minutos Zé Rafael recebeu de Veiga e chutou rente ao travessão. Aos 14, após tentativa de jogada de Scarpa, a bola sobrou para Wesley, que também bateu com perigo, por cima.

Logo depois da chance perdida por Wesley, o auxiliar João Martins promoveu três alterações: Deyverson por Willian, Scarpa por Dudu, e Wesley por Breno Lopes. Após as mudanças o Verdão só voltou a levar perigo aos 28 minutos num contra-ataque puxado por Dudu; ele percebeu Willian livre na entrada da área e fez o passe; o camisa 29 fintou o zagueiro e chutou por baixo, mas Marcos Felipe fez grande defesa.

Aos 30 minutos a quarta mexida no Palmeiras: Raphael Veiga deu lugar a Patrick de Paula. Ao mesmo tempo que o Verdão ficou mais defensivo, o Fluminense ficou mais ofensivo. Aos 35 minutos Samuel Xavier foi lançado dentro da área, dominou e chutou forte, mas Weverton estava atento e fez a defesa. Aos 38, após saída errada de Marcos Rocha, Luiz Henrique ajeitou para Yago Felipe chutar próximo ao travessão.

Em busca do empate, o Fluminense encurralou o Palmeiras nos minutos finais. Aos 42, Kayky arriscou já de dentro da área, para fora. Dois minutos mais tarde Victor Luis entrou no lugar de Zé Rafael. Aos 46, numa rara investida ao ataque, Patrick de Paula chutou de média distância, à direita do goleiro. Nos acréscimos o Fluminense apenas ciscou perto da área alviverde.

Com o resultado positivo o Palmeiras chega a 31 pontos e se mantém na liderança isolada do Brasileirão por mais uma rodada. Foi a sétima vitória seguida no campeonato.

Com a semana reservada para jogos da Copa do Brasil, o Palmeiras só voltará a campo no próximo sábado (31/7) para enfrentar o São Paulo, novamente às 19h, no Morumbi.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.