Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 1 América-MG – 20/06/2021

O jogador Willian, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do América FC, durante partida válida pela quinta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)

Depois da boa vitória no Sul, o Palestra recebeu o Amárica de Minas em seus domínios com a missão de vencer para manter-se no pelotão de frente da competição e amenizar uma possível crise por conta das más atuações.

O primeiro tempo dos comandados de Abel Ferreira foi péssimo. O Verdão tomou uma pressão e só não foi para o intervalo atrás do marcador graças a Jaílson que pegou um pênalti.

Um pouco melhor na etapa complementar, William decretou a vitória nos acréscimos e garantiu os 3 pontos.

Com a vitória no último lance o Verdão chega a 10 pontos e assume de maneira provisória a vice-liderança do Brasileirão ao lado do Fortaleza. O Red Bull Bragantino lidera com 11 pontos.

Jogo válido pela 5ª rodada do Brasileirão 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 20/06/2021, domingo
Horário: 11h00 (de Brasília)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho de Silva (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Público: (portões fechados)
Renda: 0
Cartões amarelos: Patrick de Paula, Renan e Jailson (PAL); Ramon, Sabino, Alê e Geovane (AMG)
Gols: Palmeiras: Willian, aos 38 minutos do primeiro tempo, e aos 51 do segundo;
América-MG: Geovane, aos 37 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Felipe Melo, Renan e Victor Luis (Luiz Adriano); Patrick de Paula, Scarpa e Raphael Veiga; Gabriel Menino (Mayke), Willian e Deyverson
Técnico: Abel Ferreira

América-MG: Jori; Eduardo, Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo (Gustavo); Ramon, Juninho, Geovane (Alan Ruschel) e Alê (Sabino); Ademir (Felipe Azevedo) e Rodolfo (Carlos Alberto)
Técnico: Cauan de Oliveira (interino)

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
20/06/2021, 12h58

Willian marcou os dois gols do Palmeiras, que chega a 10 pontos e assume de maneira provisória a vice-liderança do Brasileirão ao lado do Fortaleza.

Primeiro tempo

Com Felipe Melo na defesa, a volta de Patrick de Paula ao time titular, e com o mesmo trio ofensivo da vitória sobre o Juventude (Gabriel Menino, Willian e Deyverson), o Palmeiras iniciou o jogo em ritmo de treino, embora tenha criado a primeira oportunidade de gol: aos 3 minutos Patrick roubou a bola no meio-campo e tocou para Scarpa chutar de direita, nas mãos do goleiro. Depois disso só deu América-MG.

Aos 7 minutos Victor Luis cometeu falta na entrada da área, Geovani cobrou e exigiu boa defesa de Jailson. Aos 15, o árbitro não deu falta clara em Raphael Veiga, o adversário armou rápido contra-ataque que terminou com Geovani chutando cruzado, à esquerda do goleiro Palmeirense. No minuto seguinte Ademir, livre na área, bateu colocado e também parou em Jailson.

Jogando à vontade, o América-MG seguiu levando perigo. Aos 26 minutos Jailson deu rebote em cobrança de falta e João Paulo finalizou por cima. Aos 31, Eduardo lançou Rodolfo nas costas de Marcos Rocha e o atacante chutou forte, mas novamente Jailson evitou o pior. A resposta do sonolento Palmeirense aconteceu apenas aos 34 minutos: Juninho afastou mal e Raphael Veiga soltou a bomba, mas Jori estava atento e fez bela defesa.

O lance não fez o time do técnico Abel Ferreira acordar. Aos 37 minutos, numa sequência digna dos trapalhões envolvendo Renan e Marcos Rocha, a bola sobrou para Geovani encobrir Jailson e correr para o abraço: 1 a 0. E quando tudo parecia que desandaria de vez, o Verdão reagiu imediatamente. Aos 38 minutos Scarpa cruzou com perfeição na cabeça de Willian: 1 a 1.

Novamente o Palmeiras não aproveitou o momento e rapidamente voltou a ficar na roda. Aos 46 minutos Renan, numa manhã absolutamente infeliz, chutou Rodolfo na área; o juiz fingiu não ver, mas a penalidade não escapou ao VAR. Ademir, que esteve perto de um acerto no começo do ano, cobrou à meia altura, melhor para Jailson, que defendeu. No rebote, porém, a defesa alviverde se atrapalhou e Willian quase fez um gol contra bizarro. Para sorte da torcida o primeiro tempo acabou pouco depois.

Segundo tempo

Sem alterações, o Verdão voltou para a etapa final apostando na mudança de atitude. Nos primeiros minutos deu certo. Aos 3, a bola sobrou para Willian bater rente à trave esquerda do goleiro. Aos 6, Scarpa chutou de direita e quase marcou um golaço por cobertura; Jori se recuperou e fez ótima defesa.

Aos poucos, porém, o América-MG foi voltando para o jogo. Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio, Eduardo Bauermann escorou nas mãos de Jailson. Já com a partida equilibrada, o Palmeiras criou boa chance para a virada aos 15: Menino cobrou escanteio e Deyverson cabeceou por cima do travessão. Ainda dentro do minuto 15 o time visitante respondeu em escanteio inventado pela arbitragem: Rodolfo recebeu e chutou por cima.

Para renovar o gás à equipe, aos 24 minutos o técnico Abel Ferreira promoveu duas alterações: Victor Luis por Luiz Adriano, e Gabriel Menino por Mayke. Com as trocas, Scarpa virou lateral-esquerdo. Aos 27 minutos, na primeira jogada na nova posição, o camisa 14 cruzou por baixo para Luiz Adriano, que se antecipou à marcação e finalizou por cima. Sete minutos mais tarde, aos 34, Luiz Adriano voltaria a desperdiçar grande chance, desta vez após passe de cabeça de Mayke; o camisa 10 recebeu livre e chutou cruzado para boa defesa do goleiro.

O gol da virada do Verdão não saiu aos 35 minutos porque a cabeçada de Deyverson, após outro bom passe de Mayke, acertou a trave. Aos 44, Scarpa pegou sobra de fora da área e arriscou; a bola saiu rente ao travessão.

Nos minutos finais o Palmeiras seguiu rondando a área adversária, mas sem conseguir concluir. Aos 51, num erro de passe de Anderson Jesus, Raphael Veiga abriu para Luiz Adriano, o camisa 10 percebeu Willian livre na área e fez a assistência para o companheiro acertar belo chute e decretar a virada: 2 a 1. Ufa!

Com a vitória no último lance o Verdão chega a 10 pontos e assume de maneira provisória a vice-liderança do Brasileirão ao lado do Fortaleza. O Red Bull Bragantino lidera com 11 pontos.

O Palmeiras volta a campo às 19h de quarta-feira (23/6) para enfrentar justamente o atual líder, em Bragança Paulista.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.