Twitter RSS
Close

Universitario (PER) 2 x 3 Palmeiras – 21/04/2021

O jogador Renan, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do C Universitario D, durante partida válida pela fase de grupos, da Copa Libertadores, no Estádio Monumental. (Foto: Cesar Greco)

O Palestra foi até o Peru para estrear na competição continental com o propósito de defender o título e buscar o tri da América.

O Verdão fazia um bom jogo e vencia por 2 x 0 com relativa tranquilidade. Aos 18′ do segundo tempo Empereur foi expulso e os peruanos empataram a partida.

Nos acrescimos o Palmeiras teve uma chance e marcou aos 49.

Com a vitória fora de casa na estreia da Libertadores, o Palmeiras termina a primeira rodada na liderança do Grupo A, já que no outro jogo Defensa y Justicia e Independiente del Valle empataram em 1 a 1, no Equador.

Jogo de ida válido pela 1ª rodada da fase de grupos da Libertadores 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Monumental, Lima (PER)
Data: 21/04/2021, quarta-feira
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Christian Ferreyra (URU)
Assistentes: Pablo Llarena e Andrés Nievas (URU)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Alonso, Valverde, Quintero, Barreto (UNI); Alan Empereur, Patrick de Paula, Danilo Barbosa, Renan (PAL)
Cartão vermelho: Alan Empereur (PAL)
Gols: Universitario: Gutierrez, aos 19 e aos 22 minutos do segundo tempo;
Palmeiras: Danilo, aos 19 minutos do primeiro tempo, Raphael Veiga, aos 6, e Renan, aos 49 minutos do segundo tempo

Universitario: Carvallo; Corzo, Alonso, Quina e Valverde; Alfageme, Barreto e Novick (Guarderas); Quintero, Urruti e Gutierrez
Técnico: Ángel Comizzo

Palmeiras: Weverton; Luan, Gustavo Gomez e Alan Empereur; Marcos Rocha (Wesley), Danilo, Raphael Veiga (Danilo Barbosa), Patrick de Paula (Gustavo Scarpa) e Victor Luis (Lucas Esteves); Rony e Luiz Adriano (Renan)
Técnico: Abel Ferreira

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
21/04/2021, 21h54

Renan fez o gol da vitória aos 49 minutos do segundo tempo, garantindo os 3 pontos na estreia da Libertadores; Palmeiras jogou bem até a expulsão do zagueiro.

Primeiro tempo

Novamente no 3-5-2, com Alan Empereur formando o trio defensivo ao lado de Gómez e Luan, o Verdão iniciou o jogo tomando a iniciativa. Aos 8 minutos Luiz Adriano tocou para Raphael Veiga experimentar de direita, para fora. Aos 9, Luan lançou, os zagueiros do Universitario bateram cabeça e a bola sobrou para Patrick de Paula, que se precipitou e bateu cruzado, para fora.

Só dava Palmeiras. Aos 17 minutos Victor Luis cruzou, a defesa afastou parcialmente e Marcos Rocha ficou com a sobra mas carimbou outro defensor. Aos 18, Victor Luis tentou a sorte de longe e ganhou um escanteio, que resultou no gol: Raphael Veiga levantou na área, Alan Empereur resvalou e Danilo conferiu: 1 a 0.

O gol não mudou o panorama da partida, já que o time da casa seguiu sendo dominado pelo Verdão. Aos 25 minutos Marcos Rocha cobrou falta, Luan surgiu sozinho na área mas escorou nas mãos do goleiro. No lance seguinte Patrick de Paula tabelou com Raphael Veiga e chutou à esquerda de Carvallo. Aos 31 minutos outra boa jogada construída: Veiga abriu o jogo para Victor Luis, que cruzou para Rony escorar por cima do travessão.

Com o controle absoluto do jogo, o Palmeiras quase ampliou o placar em duas chances seguidas dentro do minuto 36; primeiro Danilo recebeu de Marcos Rocha em ótima condição para chutar, mas ele preferiu servir Luiz Adriano, que não conseguiu o domínio, depois novamente com Danilo, que dessa vez chutou a gol e viu a bola tirar tinta da trave direita do goleiro.

Nos minutos finais da etapa inicial o time do técnico Abel Ferreira manteve a posse de bola, mas sem tanta intensidade ofensiva. No último lance, após cobrança de escanteio, Alan Empereur rolou para Luan carimbar o travessão.

Segundo tempo

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, ou seja, com o Verdão em cima do Universitario. Aos 6 minutos Luan lançou Rony, o atacante dominou com estilo, esperou a aproximação dos companheiros e fez a assistência para Raphael Veiga fuzilar de primeira, no ângulo direito de Carvallo. Golaço: 2 a 0.

Precisou sofrer o segundo gol para o Universitario ameaçar a meta de Weverton. Aos 13 minutos, após cobrança de falta, Danilo não conseguiu afastar direito, a bola sobrou para Quintero, que cabeceou nas mãos do camisa 21 Palmeirense. Aos 15 outra investida dos donos da casa, novamente em bola parada: Valverde cobrou escanteio, Weverton deu um soco na bola e ela sobrou para Barreto chutar por cima.

Mesmo com as investidas do time peruano o jogo era tranquilo, até que aos 18 minutos Alan Empereur cometeu falta perto da área e recebeu o segundo cartão amarelo (o primeiro, na etapa inicial, foi exagerado). Na cobrança da falta o Universitario descontou; Marcos Rocha não conseguiu marcar Enzo Gutiérrez, que escorou livre: 2 a 1.

O Palmeiras ainda tentava se rearrumar em campo quando aos 21 minutos Danilo colocou o braço na bola dentro da área; pênalti bem marcado e convertido pelo centroavante Enzo Gutiérrez: 2 a 2.

Depois de sofrer o empate em apenas 3 minutos, Abel começou a mexer no time. Aos 23, Danilo Barbosa e Renan entraram nos lugares de Raphael Veiga e Luiz Adriano, respectivamente. Um pouco depois Esteves entrou na vaga de Victor Luis. Entre as duas mudanças Weverton quase sofreu um frangaço ao deixar a bola quicar na sua frente – ele se recuperou a tempo e mandou para escanteio com a ponta dos dedos.

Desconcentrado, o Verdão tentou reagir aos 33 minutos com Patrick de Paula, mas o camisa 5 errou o alvo em cobrança de falta. Aos 35 Abel fez as últimas alterações a que tinha direito, Scarpa substituiu Marcos Rocha, e Wesley entrou na vaga de Patrick de Paula. Aos 41, Danilo Barbosa arriscou de canhota da entrada da área, por cima do travessão.

Satisfeito com o empate que ganhou de presente, o Universitario passou a fazer cera nos minutos finais, enquanto que o Palmeiras, perdido, não conseguia mais levar perigo. Nos acréscimos, na base da qualidade técnica, o time de Abel Ferreira conseguiu uma pressão final. Primeiro Alonso quase fez contra. Depois, na cobrança de escanteio executada por Gustavo Scarpa, Renan subiu sozinho para fazer o gol da vitória e dos 3 pontos. Ufa!

Com a vitória fora de casa na estreia da Libertadores, o Palmeiras termina a primeira rodada na liderança do Grupo A, já que no outro jogo Defensa y Justicia e Independiente del Valle empataram em 1 a 1, no Equador.

O Verdão volta a campo na sexta-feira (23/4), às 20h, para enfrentar o Guarani, em Campinas, pela 7ª rodada do Campeonato Paulista.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.