Twitter RSS
Close

Corinthians 2 x 2 Palmeiras – 03/03/2021

O jogador Gabriel Silva, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe do SC Corinthians P, durante partida válida pela segunda rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na Neo Química Arena. (Foto: Cesar Greco)

Entre as partidas finais da Copa do Brasil, o Verdão foi a campo para um Derby válido já pelo estadual de 2021.

Com o time reserva em campo, os garotos abriram 2×0 na etapa inicial, mas o rival ainda conseguiu descontar no final.

Com um campo bastante ruim por causa da chuva, o Palestra acabou cedendo o empate no início do segundo tempo.

A igualdade no marcador deu ao Verdão o primeiro ponto no estadual.

Jogo válido pela 2ª rodada do Paulistão 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Itaquerão, São Paulo (SP)
Data: 03/03/2021, quarta-feira
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitra: Edina Alves Batista
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Otero e Xavier (COR); Fabinho e Renan (PAL)
Gols: Corinthians: Mateus Vital, aos 35 minutos do primeiro tempo, Rodrigo Varanda, aos 2 do segundo;
Palmeiras: Lucas Lima, aos 4, e Gabriel Silva, aos 25 minutos do primeiro tempo

Corinthians: Matheus Donelli; Bruno Méndez, Jemerson, Gil e Lucas Piton; Roni e Cantillo (Xavier); Mateus Vital (Antony), Cazares (Otero) e Rodrigo Varanda (Luan); Jô
Técnico: Vagner Mancini

Palmeiras: Vinícius Silvestre; Gabriel Menino (Fabiano), Luan, Renan e Lucas Esteves; Danilo; Breno Lopes, Lucas Lima (Vitor Luis), Scarpa (Giovani) e Willian (Gustavo Garcia); Gabriel Silva (Papagaio)
Técnico: Abel Ferreira

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
03/03/2021, 20h58

Na estreia do estadual, Verdão não utilizou força máxima e empatou com o rival fora de casa. Lucas Lima e Gabriel Silva fizeram os gols.

Primeiro tempo

Com reservas, o Palmeiras iniciou o jogo melhor que o rival, tanto que não demorou para abrir o placar. Aos 4 minutos Danilo interceptou um passe no meio-campo e tocou para Lucas Lima; o meia invadiu a área e tocou com o pé direito na saída do goleiro: 1 a 0.

Também desfalcado, mas por causa de um surto de Covid-19, o Corinthians teve a chance para o empate pouco depois, aos 10 minutos: Lucas Piton cruzou e Rodrigo Varanda finalizou de cabeça rente ao ângulo esquerdo de Vinicius. Aos 12, Gabriel Menino lançou Breno Lopes e o atacante cruzou para Gabriel Silva, mas a Gil se antecipou ao atacante e cortou.

O time mandante tinha em seu lateral-esquerdo a principal válvula de ataque. Aos 18 minutos Piton cruzou para Jô, que teve a tentativa de finalização travada por Renan. Aos 24 Scarpa cobrou falta e Luan acertou a trave, mas ele estava impedido. No minuto seguinte, em rápido contra-ataque, Willian recebeu de Scarpa e deu o gol de presente para Gabriel Silva, que enfim desencantou no time profissional: 2 a 0.

Depois do segundo gol alviverde, a chuva, que já caía com intensidade em Itaquera, virou temporal. E o ritmo do jogo não mudou. Aos 28 minutos Matheus Vital arriscou da entrada da área e levou certo perigo à meta de Vinicius. Na saída do tiro de meta a defesa do Verdão vacilou e o rival teve nova chance; Cazares tocou para Varanda chutar forte e parar no goleiro Palmeirense.

Com o gramado do Itaquerão impraticável por causa de poças, o clássico virou polo aquático. Aos 35 minutos a árbitra assinalou falta de Esteves no campo de ataque e permitiu que o rival cobrasse alguns metros adiante; Jemerson mandou para a área, Jô fez a casquinha ganhando de Luan, Menino escorregou e Matheus Vital aproveitou: 2 a 1.

No restante da etapa final não teve jogo, a não ser no último minuto, quando Scarpa tentou um gol olímpico e quase surpreendeu o goleiro.

Segundo tempo

Já sem tanta chuva, o segundo tempo começou com o Corinthians buscando o empate. Logo aos 2 minutos Matheus Vital foi lançado em velocidade e tocou para Rodrigo Varanda ganhar de Esteves no corpo e tocar na saída de Vinicius: 2 a 2. Aos 7 o Verdão fez o terceiro com Willian, mas Scarpa estava impedido no começo da jogada e o gol foi corretamente anulado pelo assistente.

A emoção do minutos iniciais, no entanto, acabou por aí. Como mais nada aconteceu nos 15 minutos seguintes – por parte dos dois times, Abel Ferreira resolveu mexer por atacado. Entraram: Garcia, Papagaio e Victor Luis nos lugares de Gabriel Silva, Lucas Lima e Willian, respectivamente.

Quatro minutos depois de entrar, aos 27, Victor Luis arriscou uma bomba de longe e exigiu ótima defesa de Matheus. Aos 35 mais uma alteração no Palmeiras: Gabriel Menino deu lugar a Fabinho, destaque da base. Aos 37 minutos novamente Victor Luis experimentou de fora da área, e outra vez parou no goleiro, que salvou o gol com a ponta dos dedos.

Dando chance aos garotos, aos 40 minutos Abel promoveu mais uma estreia: Giovani Henrique substituiu Scarpa. Aos 44 o Verdão recuperou uma bola no ataque e quase chegou ao terceiro gol com Breno Lopes; o chute do atacante saiu rente à trave esquerda do goleiro.

Nos 3 minutos de acréscimo o que de melhor aconteceu foi uma bola parada com Victor Luis, mas a falta cobrada pelo lateral saiu sem perigo. Assim foi a estreia do Palmeiras no estadual, somando 1 ponto fora de casa.

Agora é decisão! Domingo (07/3), às 18h, o Verdão recebe o Grêmio podendo empatar por qualquer placar para conquistar a Copa do Brasil pela quarta vez.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.