Twitter RSS
Close

Athletico 0 x 1 Palmeiras – 19/08/2020

O jogador Raphael Veiga, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do C Atlhetico Paranaense, durante partida válida pela quarta rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena da Baixada. (Foto: Cesar Greco)

Vindo de dois empates seguidos, o Palmeiras precisava de uma vitória para não aumentar a insatisfação geral após as fracas apresentações anteriores.

Com a bola rolando o que se viu foi mais do mesmo.

Jogando fora de casa os comandados de Luxemburgo fizeram outra apresentação ruim, muito abaixo da expectativa e do que a equipe pode entregar pelos nomes que tem.

A etapa inicial não teve praticamente nenhuma chance clara e no retorno do segundo tempo o panorama não mudou.

Aos 46′ um achado. Numa cobrança de escanteio a bola ficou pipocando na área atleticana e Raphael Veiga mandou pro fundo da rede.

Com a primeira vitória no Brasileiro o time do técnico Vanderlei Luxemburgo vai a 5 pontos e encerra o incômodo jejum de 8 partidas sem vitória sobre um rival da Série A no ano.

Jogo válido pela 4ª rodada do Brasileirão 2020.

FICHA TÉCNICA

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 19/08/2020, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Khellven, Wellington, Vitinho e Fernando Canesin (ATH)
Gol: Raphael Veiga, aos 45 minutos do segundo tempo

Athletico-PR: Santos; Khellven, Thiago Heleno, Lucas Halter e Abner; Wellington, Richard (Marquinhos Gabriel) e Léo Cittadini (Fernando Canesin); Vitinho (Pedrinho), Carlos Eduardo (Vinicius Mingotti) e Nikão (Geuvânio)
Técnico: Dorival Júnior

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique (Gustavo Scarpa), Patrick de Paula, Gabriel Menino (Zé Rafael) e Lucas Lima (Raphael Veiga); Rony (Ramires) e Luiz Adriano (Willian)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Lance!Globo EsporteTerra EsportesEstadao.

Por Eduardo Luiz
19/08/2020, 21h33

Gol da vitória, anotado por Raphael Veiga, saiu aos 45 minutos do segundo tempo. Verdão vence a primeira no Brasileirão e vai a 5 pontos.

Depois do desastre de sábado contra o Goiás, o técnico Vanderlei Luxemburgo armou o Palmeiras com 4 alterações e até com um desenho tático diferente, mas na prática o que se viu durante o primeiro tempo na Arena da Baixada foi um time idêntico ao das últimas rodadas: perdido, sem confiança e inofensivo.

Talvez contaminado pela ruindade do Palmeiras, o Athletico-PR também pouco produziu, e quando chegou, falhou miseravelmente na conclusão. Isso aconteceu aos 3 minutos com Carlos Eduardo, e aos 18 com Lucas Halter. No primeiro lance o ex-Palmeirense chutou torto, para fora. No segundo o zagueiro ganhou de Bruno Henrique pelo alto e escorou de cabeça por cima do travessão.

O catadão alviverde conseguiu passar 45 minutos sem concluir a gol. Na única vez que tentou algo, aos 35 com Rony, Gustavo Gómez invalidou a jogada ao tentar interceptar a bola em posição de impedimento. No primeiro tempo foi só.

Mesmo com os dois times sem alterações, o segundo tempo começou mais movimentado. Aos 7 minutos Léo Cittadini pediu pênalti em disputa com Patrick de Paula, mas tanto o árbitro de campo quanto o VAR não assinalaram. Aos 10 Rony foi lançado, dominou no peito mas errou feio a conclusão. No lance seguinte Diogo Barbosa arriscou um chute da entrada da área, a bola desviou e saiu em escanteio, que não resultou em nada.

Aos 14 minutos Lucas Lima cobrou escanteio e Luiz Adriano escorou por cima do travessão. Aos 16 Weverton deu um bicão, Rony surgiu na cara do goleiro, não finalizou, esperou Lucas Lima passar e o meia bateu cruzado, fazendo 1 a 0, mas o assistente anulou porque o camisa 11 estava impedido no começo da jogada.

Após o gol anulado Luxemburgo mexeu. Primeiro tirou Luiz Adriano para a entrada de Willian, depois Gabriel Menino para Zé Rafael entrar. Aos 35 minutos Weverton errou ao tentar sair jogando e Pedrinho acertou a trave. Pouco depois o comandante Palmeirense promoveu as últimas alterações a que tinha direito: Scarpa, Raphael Veiga e Ramires entraram nos lugares de Lucas Lima, Rony e Bruno Henrique.

Nos minutos finais a partida ganhou um pouco mais de emoção, já que os dois times partiram em busca do gol. Aos 40 minutos duas chances seguidas para o Verdão, ambas com Gustavo Scarpa; na primeira ele finalizou fraco, nas mãos se Santos, na segunda, após saída errada do goleiro adversário, o camisa 14 bateu para fora.

Quando tudo indicava que o Palmeiras empataria pela terceira vez em 3 rodadas do Brasileirão, o gol da vitória saiu. Aos 45 minutos Diogo Barbosa cobrou lateral, Raphael Veiga fez a casquinha, Gómez disputou, Zé Rafael furou e a bola sobrou para Veiga chutar no contrapé do goleiro: 1 a 0. Nos 5 minutos de acréscimo o Athletico ainda tentou cavar outro pênalti, desta vez com Thiago Heleno, mas por sorte a arbitragem não embarcou.

Com a primeira vitória no Brasileiro o time do técnico Vanderlei Luxemburgo vai a 5 pontos e encerra o incômodo jejum de 8 partidas sem vitória sobre um rival da Série A no ano.

O Verdão volta a campo às 16h de domingo (23/8) para enfrentar o Santos, no Morumbi.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.