Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 1 Vasco – 27/07/2019

Palmeiras x Vasco (Foto: Marcos Ribolli)

Tentando se reabilitar dos maus resultados nos últimos jogos (empate e derrota pelo nacional), o Palmeiras, com time misto, recebeu o Vasco. A equipe carioca vem embalada por 9 pontos conquistados nos últimos 12.

Com 2 minutos os visitantes abriram o marcador numa vacilada da defesa. O Palestra acelerou o jogo e 12 minutos depois empatou a partida. Parecia que a virada viria, no entanto, o jogo ficou truncado e qualquer jogada era parada com falta.

Na segunda etapa o Verdão continuou mal. Criou algumas chances, mas nada com grande perigo e suficiente para virar o placar.

Com o empate o Palmeiras pode perder a liderança do campeonato para o Santos e soma 5 jogos sem vitória.

Jogo válido pela 12ª rodada do Brasileirão 2019.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, Sao Paulo-SP
Data: 27/07/2019, sábado
Horário: 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG-Fifa) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Público: 37.654 pagantes
Renda: R$ 2.553.733,15
Cartões amarelos: Thiago Santos (PAL); Leandro Castán, Henrique e Bruno César (VAS)
Gols: Palmeiras: Gustavo Scarpa, aos 14 minutos do primeiro tempo;
Vasco: Marrony, aos 2 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Weverton; Jean, Edu Dracena, Antônio Carlos e Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique (Matheus Fernandes) e Gustavo Scarpa (Raphael Veiga); Hyoran (Carlos Eduardo), Dudu e Arthur Cabral
Técnico: Felipão

Vasco: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Leandro Castán, Henriquez e Henrique; Richard e Raul (Andrey); Marquinho (Marcos Júnior), Bruno César e Valdívia (Thalles); Marrony
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Jogo completo, PTD, ESPN, Lancenet!, Globo Esporte, Terra Esportes, Estadao, Folha Online.

PALMEIRAS X VASCO: HISTÓRICO DO CONFRONTO

No retrospecto geral, a partida deste sábado (23) será a de número 128 entre as duas equipes. Nos 127 jogos disputados anteriormente, o Palmeiras venceu 57, empatou 39 e foi derrotado em outras 31 oportunidades. O Alviverde balançou as redes adversárias 206 vezes e foi vazado em 162 ocasiões.

PALMEIRAS X VASCO: HISTÓRICO NO CAMPEONATO BRASILEIRO

Se computados apenas os jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro, foram 55 duelos travados entre os dois clubes, com 27 vitórias paulistas, 16 igualdades e 12 partidas vencidas pelos cariocas. O Verdão marcou 84 gols e sofreu 49. No último encontro entre as duas equipes, válido pelo Brasileiro de 2018, em 25 de novembro daquele ano, em São Januário (RJ), o Alviverde sagrou-se campeão brasileiro com uma rodada de antecedência. O gol da vitória foi de Deyverson, e o time foi a campo com Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Gustavo Scarpa, aos 23’2ºT); Willian (Jean, aos 28’2ºT), Borja (Deyverson, aos 14’2ºT) e Dudu.

Com mistão, Palmeiras só empata com o Vasco em casa e pode perder a liderança

Time de Felipão volta a jogar mal, chega a 5 partidas sem vencer e agora tem de secar o Santos para seguir na ponta.

Com apenas três titulares – Weverton, Bruno Henrique e Dudu, o Palmeiras iniciou o jogo sendo surpreendido pelo Vasco, que no primeiro ataque, aos 2 minutos, abriu o placar: Valdivia cobrou escanteio, Thiago Santos não saiu do chão e Weverton nem esticou o braço, melhor para Marrony que escorou sem ser incomodado para o fundo do gol: 1 a 0.

Atrás no marcador o Verdão não se abalou e foi em busca do empate. Aos 4 minutos Hyoran experimentou de canhota da entrada da área e viu a bola resvalar no travessão antes de sair. Aos 11 minutos Arthur Cabral disputou a bola com Leandro Castan e ela sobrou para Victor Luis soltar a bomba. Na disputa entre Castan e Arthur, no entando, o zagueiro usou a mão, penalidade indicada pelo VAR e convertida por Scarpa aos 14 minutos: 1 a 1.

Depois de empatar, no entanto, o time do técnico Luiz Felipe Scolari diminuiu o ritmo e só voltou se aproximar da meta de Fernando Miguel aos 32 minutos, quando Hyoran levantou para Dudu escorar de cabeça, sem perigo para o goleiro adversário. Aos 37, após cobrança de lateral de Dudu, Hyoran ajeitou para Bruno Henrique bater de canhota, para fora.

Aos 38 minutos Antônio Carlos saiu jogando certo com Scarpa, que tinha duas opções de passe – Hyoan e Dudu, um por cada ponta, mas o camisa 14 resolveu arriscar de muito longe e naturalmente errou o alvo. Aos 43 a resposta do Vasco: Yago Pikachu experimentou da entrada da área, à direita de Weverton. Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras chegou mais uma vez, mas novamente de maneira precipitada: Hyoran arricou de média distância, por cima. Jean ficou pedindo o passe.

Sem alterações, o Verdão voltou para a etapa final num ritmo cadenciado, até que aos 5 minutos o time acordou: Hyoran fez Fernando Miguel trabalhar num chute forte da entrada da área, a jogada prosseguiu até a bola sobrar para Arthur na pequena área, mas o centroavante chutou fraco, nas mãos do goleiro.

Aos 14 minutos Dudu fez boa jogada individual pela esquerda, mas errou feio na sequência ao chutar de canhota, para fora. Deveria ter cruzado. Aos 18 Thiago Santos roubou a bola na intermediária e tocou para Dudu, que tentou devolver por baixo para o volante, mas Fernando Miguel estava atento e se antecipou.

Como a virada não saiu, Felipão promoveu duas alterações: aos 21 minutos trocou Scarpa por Raphael Veiga, e aos 26 Bruno Henrique por Matheus Fernandes. Aos 32 minutos enfim outra boa jogada: Dudu enfiou para Hyoran, que mesmo livre e apenas com o goleiro a sua frente, tentou o passe para ninguém ao invés de chutar. Foi a última participação do camisa 28 no jogo, logo depois ele deu lugar a Carlos Eduardo.

Mesmo sem inspiração, o Palmeiras tentava o segundo gol. Aos 37 minutos Raphael Veiga cobrou falta e Edu Dracena desviou nas mãos de Fernando Miguel. Aos 38 Dudu perdeu a bola no meio-campo e o Vasco armou rápido contra-ataque: Pikachu cruzou rasteiro, Weverton cortou e Marcos Junior mergulhou para acertar o travessão.

O susto não fez o Verdão pensar em segurar o resultado. Aos 42 minutos Matheus Fernandes acionou Dudu, o atacante carregou a bola e chutou à esquerda do goleiro. Aos 47 Raphael Veiga cobrou falta na entrada da área e Fernando Miguel defendeu em dois tempos. E foi só. Com o empate em casa o Palmeiras chega a 5 jogos sem vitória, vai a 27 pontos e pode perder a liderança para o Santos, que neste domingo recebe o lanterna Avaí.

Na terça-feira, dia 30/07, o Verdãao recebe o Godoy Cruz podendo empatar em 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar às quartas de final da Libertadores. O jogo será realizado no Allianz Parque, às 21h30.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.