Twitter RSS
Close

Red Bull Brasil 1 x 1 Palmeiras – 20/01/2019

O empate entre Red Bull Brasil e Palmeiras (Foto: Maycon Soldan/Fotoarena/Lancepress!)

Diferente dos anos anteriores, o Palmeiras não sacudiu o mercado com contratações. Trouxe 6 bons reforços para complementar o ótimo elenco Campeão Brasileiro e deixou a badalação da mídia para os adversários. Tão importante quanto trazer reforços, foi não perder nenhum jogador do Deca.

Quanto a estréia, o empate não foi um resultado ruim considerando que é a primeira partida da temporada. O Verdão saiu na frente logo aos 13′ com um belo gol de Borja após cruzamento perfeito de Scarpa. Aos 34 o organizado Red Bull empatou num chute muito feliz e sem chances para Weverton.

A segunda etapa começou com o mandante pressionando nos minutos iniciais. O Palestra equilibrou o jogo e passou a criar as melhores chances, mas sem conseguir transformá-las em gol.

Na próxima quarta o Palmeiras volta a campo contra o Botafogo-SP e Felipão provavelmente colocará em prática o seu esquema de rodízio do elenco para dar chances a todos e não sobrecarregar alguns.

Jogo válido pela 1ª rodada do Paulistão 2019.

FICHA TÉCNICA

Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Data: 20/01/2019, domingo
Horário: 19h00 (Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Cartões amarelos: Osman e Aderlan (RBB); Luan (PAL)
Gols: Red Bull: Jobson, aos 34 minutos do primeiro tempo;
Palmeiras: Borja, aos 13 minutos do primeiro tempo

Red Bull: Julio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Jobson, Pio, Uillian Correia e Everton (Deivid); Osman (Bruno Tubarão) e Ytalo (Roberson)
Técnico: Antônio Carlos Zago

Palmeiras: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Felipe Melo (Bruno Henrique) e Lucas Lima; Gustavo Scarpa (Felipe Pires), Dudu e Borja (Deyverson)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Jogo completo, PTD, Lancenet!Globo EsporteTerra EsportesFolha OnlineEstadão, ESPN.

Palmeiras empata com o Red Bull Brasil na primeira rodada do Paulista 2019

Mariana Giovinazzo
Departamento de Comunicação

O Palmeiras deu início ao 103º Campeonato Paulista de sua história com um empate em 1 a 1, neste domingo (20), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP, em duelo contra o Red Bull Brasil. O Verdão saiu na frente com Borja, mas Jobson empatou para a equipe do interior ainda no primeiro tempo.

O primeiro gol da temporada saiu dos pés do artilheiro alviverde em 2018: Borja balançou as redes 20 vezes, além de ter conquistado o posto de goleador máximo em duas competições, o Paulista (sete gols) e a Conmebol Libertadores (9 gols). Nos jogos-treino disputados no início deste ano, o colombiano marcou o tento da vitória por 1 a 0 sobre o Comercial-SP, no dia 12 de janeiro.

Além disso, a partida deste domingo marcou também a estreia do uniforme da PUMA, novo fornecedor de material esportivo do clube, com o time profissional – o Sub-20 já utilizou a camisa durante a disputa da Copa São Paulo. No dia 1º de janeiro, a parceira do Verdão divulgou a nova linha com a campanha “Verde é a cor da inveja”, em um manifesto narrado pelo rapper Rincon Sapiência.

O jogo

Para a 1ª rodada do torneio estadual, foram inscritos 22 jogadores. São eles: Fernando Prass, Jailson, Weverton, Mayke, Marcos Rocha, Diogo Barbosa, Victor Luis, Antônio Carlos, Edu Dracena, Gustavo Gómez, Luan, Bruno Henrique, Felipe Melo, Gustavo Scarpa, Zé Rafael, Lucas Lima, Thiago Santos, Deyverson, Dudu, Felipe Pires, Borja e Yan – este último está na relação ilimitada de atletas oriundos das categorias de base, enquanto a lista principal possui limite de 26 nomes (o Verdão ainda pode adicionar cinco).

O técnico Luiz Felipe Scolari foi a campo com 11 decacampeões brasileiros – entre os reforços para 2019, Zé Rafael e Felipe Pires começaram no banco. No comando do ataque, Dudu, craque do Brasileirão 2018 que renovou seu contrato com o clube até 2023 no último sábado (19), e Borja, artilheiro do Campeonato Paulista do ano passado, com sete gols, começaram a partida pressionando o Red Bull Brasil e buscando abrir a temporada balançando as redes.

E foi o goleador do Palmeiras em 2018 (Borja fez 20 gols no último ano) que abriu o marcador alviverde no estadual. Aos 13 minutos do primeiro tempo, Gustavo Scarpa fez bela jogada individual pela direita e acertou cruzamento perfeito, na cabeça do camisa 9. Livre de marcação, o colombiano não perdeu a chance e colocou o Verdão na frente no placar. (Red Bull 0 x 1 Palmeiras)

Após o gol palestrino, o time de Felipão diminuiu o ritmo e o Red Bull começou a criar mais oportunidades no ataque. Aos 27, Everton cobrou falta com força e fez Weverton trabalhar. Mas foi Jobson quem, aos 34, ficou com a sobra após disputa de bola entre Thiago Santos e Ytalo e acertou um chute colocado no canto direito do goleiro palmeirense para empatar o confronto. (Red Bull 1 x 1 Palmeiras)

Depois de sofrer o empate, o Alviverde teve chances de marcar o segundo com Dudu, que tabelou bonito com Scarpa pela direita e finalizou para defesa de Júlio César. O goleiro espalmou fraco e, no rebote, foi a vez de Borja ficar no quase – o lateral-direito Aderlan salvou no último segundo.

A equipe voltou do intervalo com Bruno Henrique no lugar de Felipe Melo e Felipe Pires, fazendo sua estreia com a camisa do Verdão, na vaga de Gustavo Scarpa. O Red Bull começou o segundo tempo assustando: logo no primeiro minuto, Weverton precisou sair do gol para impedir o chute de Everton. No rebote, Luan mandou para escanteio antes que Uillian Correia pudesse finalizar.

O Palmeiras respondeu aos cinco, com participação do estreante Felipe Pires. O atacante recebeu lançamento de Bruno Henrique e ajeitou de cabeça para Borja completar. O gol, entretanto, não valeu, pois o camisa 27 estava em posição de impedimento.

Após o início movimentado, as duas equipes tiveram dificuldades em criar chances para sair do empate. Aos 22 minutos, Felipão fez sua última alteração e colocou Deyverson no lugar de Borja na ponta do ataque.

Mesmo sem conseguir impor intensidade ao jogo, o Verdão continuava buscando a vitória e levava perigo principalmente em lances de bola parada. Aos 27, Dudu bateu falta na área e Thiago Santos conseguiu o desvio de cabeça. Por muito pouco, o Gustavo Gómez não conseguiu o toque para o fundo das redes e a bola saiu em tiro de meta para o Red Bull.

Aso 41, Felipe Pires foi derrubado muito perto da área e o juiz Luiz Flávio de Oliveira marcou falta. Dudu bateu, mas a cobrança desviou na barreira e saiu em escanteio. Antes do apito final, Deyverson ainda teve uma última oportunidade de ataque. Júlio César, porém, desviou a cabeçada do atacante palestrino com a ponta dos dedos e a partida terminou empatada em 1 a 1.

Escalação: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Felipe Melo (Bruno Henrique), Lucas Lima e Gustavo Scarpa (Felipe Pires); Dudu e Borja (Deyverson).

Cartão amarelo: Luan.

Gols

Red Bull Brasil: Jobson (34’ – 1º Tempo).

Palmeiras: Borja (13’ – 1º Tempo).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.