Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 1 São Paulo – 07/09/2016

29424800922_366a9d9771_o
O jogador Mina, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do São Paulo FC, durante partida válida pela vigésima terceira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena Allianz Parque (Foto: Cesar Greco).

Para a felicidade de quase 40 mil presentes no Allianz Parque, e dos demais palestrinos pelo mundo, o Verdão venceu o Choque-Rei e segue na liderança isolada do Brasileirão.

O primeiro tempo foi morno. Tivemos algumas chances mas nada de muito perigoso.

Logo no começo do segundo tomamos o gol. Em desvantagem, partimos pra cima e conseguimos a virada. O placar poderia ter sido maior não fosse um gol feito perdido por Zé Roberto e uma defesaça de Denis num chute de  Gabriel Jesus.

Mais uma batalha vencida rumo ao título. Faltam 15.

Jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão 2016.

Gols, melhores momentos, jogo completo.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 07/09/2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)
Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC) e Helton Nunes (Fifa-SC)
Público: 39.944 pessoas
Renda: R$ 2.742.012,60
Cartões amarelos: Gabriel, Mina e Jean (Palmeiras); Chávez, Mena e Lyanco (São Paulo)
Gols: Palmeiras: Mina, aos 10, e Vitor Hugo, aos 25 minutos do segundo tempo
São Paulo: Chavez, aos 2 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel (Cleiton Xavier), Tchê Tchê, Moisés (Thiago Santos) e Allione (Gabriel Jesus); Dudu e Rafael Marques
Técnico: Cuca

São Paulo: Denis; Wesley, Rodrigo Caio (Lyanco), Maicon e Carlinhos (Mena); Hudson, João Schmidt, Thiago Mendes, Luiz Araújo (Daniel) e Kelvin; Chávez
Técnico: Ricardo Gomes

Invicto no Allianz Parque, Palmeiras busca 100ª vitória contra o São Paulo

Felipe Krüger
Departamento de Comunicação
07/09/2016 – 12:46h

Líder do Campeonato Brasileiro 2016, o Palmeiras encara o São Paulo nesta quarta-feira (07), às 21h45, no Allianz Parque. Será a 306ª partida entre as duas equipes em toda história, e o Verdão, com 99 triunfos, busca alcançar a importante marca de 100 vitórias contra os rivais do Morumbi.

Na arena palmeirense, palco do duelo válido pela 23ª rodada do Brasileirão, os dois times já se encontraram duas vezes. Foram duas vitórias palestrinas e nenhum gol sofrido (por 4 a 0 e 3 a 0). O atacante Rafael Marques, relacionado para o jogo desta quarta-feira (07), marcou três gols nesses encontros. Os outros tentos foram anotados por Leandro Pereira, que também está na lista de convocados, Robinho, Victor Ramos e Cristaldo – o trio já deixou o clube.

Considerando também os jogos disputados no antigo Palestra Italia, o número de partidas na casa alviverde sobe para 40 encontros. Foram 19 triunfos do time verde e branco, 11 empates e 10 derrotas. Antes da reforma do Allianz Parque, o último jogo no estádio do Verdão aconteceu em fevereiro de 2010 – naquela oportunidade, o Palmeiras venceu por 2 a 0, com dois gols de Robert.

Nas 99 vitórias palestrinas, o jogador que mais triunfou sobre o São Paulo foi Ademir da Guia, que participou de 18 clássicos vencidos pelo Verdão. O segundo colocado é Waldemar Fiúme, com 14, seguido por Eduardo Lima, com 13.

O Divino, aliás, também é o palmeirense que mais marcou gols no Choque-Rei. Ele balançou as redes em oito oportunidades contra o São Paulo. A segunda posição é dividida por Evair e Servílio, com sete gols, enquanto Edmundo é o terceiro, com seis.

Campeonato Brasileiro

Pelo Brasileirão, os dois times se encontraram 61 vezes. Foram 19 vitórias do Palmeiras, 28 empates e 14 derrotas. O Alviverde marcou 74 gols e foi vazado 66 vezes.

Um dos maiores tabus do clássico foi registrado entre 1973 e 2000, período em que o Verdão não foi derrotado nenhuma vez pelo São Paulo em partidas válidas pela competição nacional. Foram 25 partidas, sendo 11 vitórias palestrinas e 14 empates.

Pós-Jogo

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 07/09/2016 – 23:49h.
De virada, Verdão vence o São Paulo por 2 a 1 e segue na liderança isolada
Com gols de Mina e Vitor Hugo, Palmeiras derrota outra vez o rival no Allianz Parque e vai a 46 pontos, mantendo vantagem para os principais concorrentes.
Sem Gabriel Jesus, que ficou no banco, o Palmeiras iniciou o jogo mostrando muita vontade, mas sem conseguir criar jogadas de perigo. A primeira investida ao ataque surgiu aos 9 minutos depois de um lateral cobrado por Moisés que Mina desviou nas mãos de Denis. Aos 14 Jean levantou para Dudu bater de primeira, fácil para o goleiro.

A chance efetiva de gol surgiria aos 16 minutos; Moisés cruzou para Rafael Marques dominar e bater de canhota; Denis fechou bem o ângulo e fez a defesa. Após esse lance, no entanto, o Verdão não conseguiu dar sequência e permitiu que o São Paulo crescesse um pouco. Aos 31 minutos Jean afastou mal uma bola e Chavez chegou batendo por cima.

Aos 33 minutos Jean se redimiu ao cobrar bem uma falta de longe; a bola desviou na barreira e saiu em escanteio, que não resultou em nada. Aos 35 minutos Kelvin conseguiu passar por Vitor Hugo e sairia cara a cara com Jailson se Mina não tivesse feito a cobertura de forma perfeita. Aos 37 Dudu deu bom passe para Allione, que se esticou todo para desviar, mas Denis bloqueou.

Nos minutos finais da etapa inicial as duas equipes se soltaram um pouco mais. Aos 43 Tchê Tchê fez jogada individual pela esquerda e cruzou forte demais para Allione, que não chegou inteiro para finalizar. Nos acréscimos o São Paulo teve duas faltas perigosas perto da área, ambas neutralizadas pelo sistema defensivo alviverde.

Sem alterações, o Verdão voltou para o segundo tempo apostando na mudança de atitude. Logo no primeiro minuto parecia que daria certo; o time atacou em bloco e a bola sobrou para Moisés, que errou a mira. No minuto seguinte o gol saiu, mas para o São Paulo. Allione e Jean vacilaram na marcação de Kelvin que tocou para Chavez: 1 a 0.

Atrás no marcador, Cuca enfim resolveu mexer; aos 8 minutos Allione cedeu lugar a Gabriel Jesus. Logo após a entrada do camisa 33, no entanto, quase o rival fez o segundo em cobrança de falta executada por Maicon; a bola passou perto da trave direita de Jailson.

Mal deu tempo para os quase 40 mil Palmeirenses presentes ao Allianz Parque ficarem aflitos, pois aos 10 minutos o gol de empate saiu. Jean cobrou falta na cabeça de Mina: 1 a 1. A virada só não veio aos 13 porque Zé Roberto perdeu chance incrível após boa jogada de Jesus pela direita.

Aos 17 minutos a bola sobrou para Tchê Tchê dentro da área e ele soltou a bomba, por cima. Aos 20 Rafael Marques ajeitou para Gabriel Jesus bater colocado, fraco, nas mãos de Denis. O São Paulo respondeu aos 22 minutos num chute de longe de João Schmitt que não levou perigo à meta de Jailson.

O Palmeiras não se intimidou e seguiu em busca da virada, que saiu aos 25 minutos com outro zagueiro, Vitor Hugo; Dudu cobrou escanteio, o camisa 4 resvalou de cabeça e a bola ainda bateu em Lyanco antes de entrar: 2 a 1. Enfim a frente no marcador, o Verdão quase repetiu o erro cometido contra a Ponte Preta: deu um contra-ataque ao rival. Aos 30 minutos Rafael Marques ficou esperando a bola no pé, Thiago Mendes foi mais esperto e partiu em velocidade; ninguém de verde deu combate e o sãopaulino tocou para João Schmitt bater cruzado, para fora.

Passado o susto, o time do técnico Cuca resolveu ir em busca de mais um gol para matar de vez a partida. Aos 33 minutos Jesus teve a chance e só não correu para o abraço graças a milagre de Denis, que tirou a bola com a ponta dos dedos. Aos 34 Thiago Santos entrou no lugar de Moisés. Aos 38 minutos Gabriel arriscou de fora da área mas errou o alvo.

Lutando contra o rebaixamento, o São Paulo se abriu todo nos minutos finais para tentar ao menos somar um potinho, mas o que de melhor conseguiu foi uma cabeçada de João Schmitt, aos 42, que Jailson segurou sem maiores problemas. Para ganhar tempo, aos 43 Cuca ainda trocou Gabriel por Cleiton Xavier.

Com mais uma vitória sobre o São Paulo no Allianz Parque, o Verdão foi a 46 pontos, manteve tanto a liderança isolada do Brasileirão quanto a distância do início da rodada para seus principais concorrentes; 3 pontos para o Flamengo, que derrotou a Ponte Preta, e 4 para o Atlético-MG, que venceu o Vitória.

Domingo (11/09) o Verdão vai a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio. O jogo está marcado para 18h30.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.