Twitter RSS
Close

Corinthians 2 x 0 Palmeiras – 27/07/2014

angelromero_jogocorinthians_palmeiras2_rib_85
(Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Sem muita força e dominado pela apatia perdemos mais uma e já começamos ver os adversários da zona perigosa encostar.

Mesmo a vitória no meio de semana, pela Copa do Brasil, não serviu de ânimo ou motivação para engrenarmos uma reação.

Jogo válido pela 12ª rodada do Brasileirão 2014.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Público de Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 27/07/2014, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-PE)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartões amarelos: Guerrero (Corinthians); Henrique e Wendel (Palmeiras)
Público/renda: 31.031 presentes/R$ 2.206.184,00
Gols: Guerrero, aos 5 do 2º tempo e Petros, aos 45 do 2º tempo

Corinthians: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Renato Augusto (Danilo); Romero (Romarinho) e Guerrero (Luciano 44)
Técnico: Mano Menezes

Palmeiras: Fábio; Wendel, Tobio, Marcelo Oliveira e Victor Luis; Renato, Wesley, Felipe Menezes  e Mendieta (Leandro); Mouche e Henrique (Érik)
Técnico: Ricardo Gareca

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 27/07/2014 – 17:55h.
Apático, Palmeiras perde mais uma
Time de Ricardo Gareca joga muito mal e é derrotado pelo Corinthians por 2 a 0.

Conforme o esperado, o clássico começou disputado no Estádio Público de Itaquera, com os dois times priorizando a marcação e criando poucas jogadas ofensivas.

Mesmo com mais posse de bola, o Corinthians não conseguia passar pelo bem postado sistema defensivo alviverde, enquanto que o Palmeiras, apesar dos dois meias de criação (Mendieta e Felipe Menezes), não conseguia trocar três passes seguidos.

O nervosismo esperado para os 15 minutos iniciais, durou praticamente todo primeiro tempo. Entre os 30 e 40 minutos o time do técnico Ricardo Gareca até que melhorou um pouco, mantendo a bola longe da meta defendida por Fábio, mas nos cinco minutos finais os mandantes voltaram a ditar o ritmo do jogo e criaram boas oportunidades para abrir o placar.

Aos 41 Petros ajeitou para Ralf finalizar, mas o goleiro Palmeirense estava atento. Aos 43 Guerrero pegou uma sobra da entrada a área e fez Fábio trabalhar novamente, mandando para escanteio. No lance seguinte outra chance, desta vez com o zagueiro Gil, que de cabeça escorou cruzamento de Fágner, para fora. Assim foi o morno primeiro tempo no EPI.

Na etapa final o Corinthians voltou no mesmo ritmo do final do primeiro tempo, ou seja, pressionando o Palmeiras. Aos 36 segundos Petros bateu, a bola desviou em Wendel e fez Fábio, por segurança, espalmar. Aos 5 o gol saiu. Elias driblou como quis Tobio e serviu Guerreiro: 1 a 0.

Atrás no placar, Gareca imediatamente trocou Mendieta por Leandro, mas nada mudou. Mais tranquilo em campo, os mandantes continuaram com mais posse de bola, enquanto que o Verdão sofria para passar do meio-campo. Nas poucas vezes que chegou ao ataque, as finalizações foram sofríveis, isso aconteceu aos 10 e aos 13, com Leandro e Victor Luis, respectivamente.

Aos 21 foi a vez de Wesley tentar de muito longe, mas o chute saiu sem direção. Aos 23 Mouche cruzou para Henrique resvalar de cabeça, para fora. Três minutos depois Gareca promoveu outra alteração: Érik substituiu Henrique, e obviamente pouca coisa mudou.

Diante da apatia alviverde, o Corinthians resolveu voltar a atacar. Aos 27 Elias soltou a bomba para ótima defesa de Fábio. A resposta Palmeirense veio aos 35, num chute colocado de Mouche que saiu à direita de Cássio. Nos dez minutos finais, mesmo diante da retranca do rival, o Verdão não conseguiu criar ao menos um lance para tentar o empate.

Para piorar, nos acréscimos Petros arriscou um chute meio sem ângulo, a bola bateu na trave, nas costas de Fábio e entrou: 2 a 0 e fim de papo no EPI. Com a derrota o time de Gareca permanece com 13 pontos e enxerga o Z4 cada vez mais de perto.

Quarta-feira (30/07) o Palmeiras recebe a Fiorentina pela Copa EuroAmericana. Será a primeira e única participação alviverde no torneio, que é uma disputa intercontinentes. O jogo será às 21h50, no Pacaembu.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.