Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 1 Linense – 18/01/2014

alankardec_ae_wagnercarmo

(Foto: Wagner Meier / Agência Estado)

Dado o pontapé inicial no ano do Centenário Palestrino.

Esperávamos um time mais robusto para um ano tão importante, no entanto, vamos ter que nos contentar com algo um pouco melhor que o elenco da Série B do ano passado.

Hoje já tivemos uma amostra do que será o ano. Vencemos, mas saímos atrás do marcador e só viramos no segundo tempo.

Jogo válido pela 1ª rodada do Paulistão 2014.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 18/01/2014, sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: João Edilson de Andrade e Maiza Teles Paiva
Assistentes adicionais: Luiz Vanderlei Martinucho e Leonardo Ferreira Lima
Cartões amarelos: Renato (Palmeiras). Alex Moraes, Toby, Thiago Santos, Marcelo (Linense)
Público: 10.717 pagantes
Renda: R$ 400.755,00
Gols: Palmeiras: Mazinho, aos 13, e Alan Kardec, aos 22 minutos do segundo tempo
Linense: Anselmo, aos 35 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Serginho, Henrique, Tiago Alves (Felipe Menezes) e Juninho; Marcelo Oliveira, Renato, Wesley (França) e Mazinho (Vinícius); Diogo e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

Linense: Anderson; Gedeílson (Rodriguinho), Alex Moraes, Toby e João Lucas; Thiago Santos, Leandro Ferreira (Oliveira), Marcelo e João Paulo (Branquinho); Fernandinho e Anselmo
Técnico: Bruno Quadros

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 18/01/2014 – 18:54h.
Verdão leva susto, mas estreia com vitória
Linense saiu na frente com gol irregular mas Palmeiras buscou virada com Mazinho e Alan Kardec: 2 a 1.

O Verdão deu a largada no ano do centenário partindo para cima do Linense. Logo no primeiro minuto Alan Kardec aproveitou vacilo na saída de bola do rival e cruzou para Mazinho, que sozinho, perdeu o gol.

Parecia que a partida seria tranquila, mas ficou apenas na impressão… Com o passar do tempo o time comandado por Gilson Kleina foi encontrando cada vez mais dificuldades para articular jogadas, enquanto que o rival contentava-se em defender. Apenas aos 14 minutos o Palmeiras voltou a finalizar, de novo com Mazinho, outra vez para fora.

Diante da apatia Palmeirense, o Linense começou a gostar do jogo. Aos 18 João Paulo bateu de longe, a bola desviou em Alan Kardec e quase enganou Fernando Prass. Aos 23 minutos, já com a partida aberta, o Verdão respondeu, outra vez com Mazinho, e desta vez o atacante acertou o gol, mas parou em boa defesa de Anderson, com os pés.

Aos 30 Marcelo Oliveira e Juninho fizeram boa jogada que terminou com o lateral finalizando fraco, nas mãos do goleiro. Aos 32 Henrique tocou de calcanhar para Serginho bater colocado para outra defesa de Anderson. No contra-ataque, João Paulo quase saiu na cara de Prass, que chegou antes na bola.

O goleiro Palmeirense, porém, não pôde curtir por muito tempo a boa intervenção, pois aos 35 minutos, após cobrança de escanteio, saiu mal do gol e viu a bola sobrar para Anselmo: 1 a 0. A defesa ficou pedindo falta de Alex Moraes, que dividiu a bola com Tiago Alves e que trombou com Prass, mas a arbitragem ignorou.

Na jogada do gol Tiago Alves se lesionou e acabou sendo substituído por Felipe Menezes. Com um meio-campista a mais, o Palmeiras melhorou. Aos 37 Mazinho ajeitou para Wesley bater cruzado; a bola tirou tinta da trave esquerda do goleiro. Aos 39 minutos Felipe Menezes cobrou falta mas a zaga interceptou no meio do caminho. Aos 40 Marcelo Oliveira pegou uma sobra da entrada da área e isolou.

Em busca do empate, o Verdão se abriu e quase viu o Linense ampliar aos 44 minutos; João Lucas bateu de longe, Prass espalmou e no rebote Anselmo não conseguiu dominar. Na última chance do primeiro tempo, aos 45, Felipe Menezes recebeu de Mazinho mas errou feio na finalização.

Na etapa final o Palmeiras voltou sem alterações, mas com um pouco mais de atitude. A disposição, porém, quase custou caro, pois o time se lançou em busca do empate e aos 2 minutos viu Tob perder chance incrível.

Aos 4, a primeira investida do Verdão; Wesley recebeu na entrada da área e bateu cruzado, para fora. Aos 13 o gol saiu. Serginho cruzou, Mazinho dominou, fintou seu marcador e de direita soltou a bomba para empatar. Golaço: 1 a 1.

O empate animou o time de Kleina e os pouco mais de 12 mil Palmeirenses presentes ao Pacaembu. Aos 16 e aos 18 duas chances de bola parada, uma com Mazinho e outra com Wesley, mas em ambas o goleiro estava atento e evitou a virada. Aos 22, porém, Anderson nada pôde fazer quando Kardec recebeu de Mazinho, fintou Tob e de bico tocou para desempatar: 2 a 1.

A frente no placar, o Verdão diminuiu o ritmo e passou a fazer o Linense correr atrás. Com mais espaços, o terceiro gol quase saiu aos 27 minutos com Mazinho, que da marca do pênalti e livre de marcação, conseguiu desperdiçar. Aos 28 Fernandinho bateu cruzado, sem perigo para Prass. Aos 29 Wesley saiu e deu chance para França estrear.

Cansado, o Palmeiras usou os 15 minutos finais apenas para se defender. Aos 42 minutos Leandro fuzilou de longe e só não empatou graças a boa defesa de Prass. Aos 48 Branquinho, em posição duvidosa, isolou a última chance para a equipe de Lins. Assim foi a estreia do Verdão em 2014 e no Paulistão, sofrida, mas vitoriosa.

O Palmeiras voltará a campo na quinta-feira, dia 23, contra o Comercial. O jogo será em Ribeirão Preto, às 21h.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.