Twitter RSS
Close

Joinville 0 x 1 Palmeiras – 13/08/2013

mendieta_leandroferreirafuturapress_15
Palmeirenses festejam gol de Mendieta, na Arena Joinville (Foto: Leandro Ferreira/Futura Press)

O Verdão passou no teste e superou o Joinville por 1 a 0, na Arena Joinville, em Santa Catarina.

Sem Valdívia e Alan Kardec, suspensos, o Verdão teve nos reservas Mendieta e Ananias as suas principais figuras. O atacante sofreu a falta que originou o gol do paraguaio na quinta vitoria consecutiva do Verdão na campeonato.

Com um gol logo aos 5 minutos, seguimos a passos largos rumo a série A, como era de se esperar.

Jogo válido pela 15ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gol, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Arena Joinville, Joinville (SC)
Data: 13/08/2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Pablo Almeida da Costa (MG)
Cartões amarelos: Lima (Joinville); Ananias (Palmeiras)
Gol: Mendieta, aos 5 minutos do primeiro tempo

Joinville: Ivan; Eduardo (Ricardinho), Sandro, Rafael (Diego Jussani) e Rafinha; Augusto Recife, Carlos Alberto, Wellington Bruno e Marcelo Costa (Ronaldo); Lima e Edigar Junio
Técnico: Ricardo Drubscky

Palmeiras: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta (Felipe Menezes); Ananias (Marcelo Oliveira) e Leandro (Caio)
Técnico: Gilson Kleina

Mendieta marca o primeiro e o Verdão vence outra
Com gol do paraguaio, Palmeiras faz 1 a 0 no Joinville fora de casa e chega a 37 pontos na Série-B.

Debaixo de chuva, o jogo começou pegado na Arena Joinville, e com o Palmeiras melhor. Aos 3 minutos Wesley arriscou da entrada da área mas Ivan foi buscar. Aos 5 o gol saiu. Ananias sofreu falta, Juninho cobrou e Mendieta conferiu: 1 a 0.

Atrás no marcador, os mandantes se lançaram ao ataque, mas esbarravam na falta de qualidade técnica para criar jogadas. Restava, portanto, as bolas paradas, e o Verdão ajudou cometendo faltas bobas ao redor da área. Aos 20 minutos, na melhor chance, Marcelo Costa levantou e Rafael desviou; a bola bateu em Vilson, que afastou o perigo.

A tática do Palmeiras passou a ser explorar os contra-ataques. Aos 29 minutos enfim um surgiu com Leandro; o atacante serviu Wesley que bateu colocado, rente à trave esquerda do goleiro. A melhor opção seria devolver para Leandro, que estava livre. Aos 32 Márcio Araújo arriscou de canhota da entrada da área, para fora.

Aos 38 minutos uma baixa no Verdão: após dividida, Mendieta sofreu uma pancada na panturrilha e pediu para sair; Felipe Menezes entrou em seu lugar. O jogo estava sob controle, mas o Joinville seguia levando perigo através de faltas. Aos 41 Rafinha levantou, a bola desviou e sobrou para Lima, que furou.

Nos últimos minutos da etapa inicial cada equipe teve uma boa chance, o Palmeiras com Wesley, numa cobrança de falta que Ivan segurou, e os mandantes com Lima, de cabeça, após cruzamento de Wesllington.

No segundo tempo, por orientação de seu próprio treinador, o Joinville voltou num ritmo mais cadenciado, com a proposta de tentar envolver o Verdão, mas a tática não funcionou e a primeira chance de gol foi alviverde. Logo no primeiro minuto Ananias deu belo passe para Leandro que enrolou e não finalizou, saindo com bola e tudo.

Os mandantes só foram fazer Fernando Prass trabalhar aos 20 minutos, após cabeçada fraca de Diego que o goleiro segurou sem dificuldades. Aos 23, alegando dores na virilha, Leandro deu lugar a Caio.

Empurrado pela torcida, o Joinville esboçou uma reação a partir dos 25 minutos, mas o que de melhor conseguiu foram duas finalizações de fora da área, uma com Carlos Alberto e outra com Rafinha, ambas aos 29 minutos. A resposta do Palmeiras veio na mesma moeda com Felipe Menezes aos 32; o chute do meia parou em Ivan.

Aos 33 minutos a equipe catarinense voltou a investir numa jogada de bola parada; Ricardinho percebeu Prass um pouco adiantado e cobrou uma falta direto, mas o camisa 25 Palmeirense voltou a tempo e mandou para escanteio, que não resultou em nada.

Nos minutos finais as duas equipes sentiram o cansaço em função do gramado pesado e não conseguiram criar mais nenhuma jogada de perigo. Com a vitória o Palmeiras vai a 37 pontos, se isola ainda mais na liderança e chega a 10 rodadas de invencibilidade na Série-B.

Sábado (17/08) o Verdão recebe o Paysandu no Pacaembu. O jogo será às 16h20 e marcará o retorno de Alan Kardec.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.