Twitter RSS
Close

São Caetano 1 x 2 Palmeiras – 06/08/2013

Henrique comemora o gol da virada do Palmeiras. (Foto: Filipe Araújo/Estadão)

Sem a presença de Valdívia que serviu a seleção Chilena pela Copa das Confederações fomos a São Caetano enfrentar o time local.

A ausência do meia foi sentida e saímos atrás do marcador, no entanto, voltamos com tudo no segundo tempo e viramos o placar.

A vitória nos mantém na liderança, 2 pontos a frente da Chapecoense.

Jogo válido pela 13ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Anacleto Campanella, São Caetano do Sul (SP)
Data: 06/08/2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Público: 3 mil pagantes
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartão amarelo: Pirão (São Caetano)
Gols: São Caetano: Geovane, aos 22 minutos do primeiro tempo
Palmeiras: Alan Kardec, aos 10, e Henrique, aos 14 minutos do segundo tempo

São Caetano: Rafael Santos; Samuel Santos, Douglas Grolli, Fred e Diego; Moradei (Éder), Pirão (Jael), Wagner Carioca e Danilo Bueno; Geovane (Siloé) e Giancarlo
Técnico: Marcelo Veiga

Palmeiras: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley e Mendieta (Felipe Menezes); Ananias (Marcelo Oliveira), Leandro (André Luiz) e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

De virada, Verdão vence o São Caetano no ABC
Alan Kardec faz outro golaço e Henrique deixa o seu na vitória por 2 a 1, fora de casa. Palmeiras segue líder isolado da Série-B.
No 4-3-3, com Ananias de titular no lugar de Eguren, o Palmeiras tinha como proposta atacar o São Caetano, mas em pouco tempo a tática se mostraria errada, pois o rival furava com extrema facilidade a frágil marcação alviverde.
Logo aos 5 minutos, após rápido contra-ataque, Giancarlo finalizou, a bola bateu em Luis Felipe e no rebote Pirão mandou para fora. Aos 7 o Verdão respondeu com Alan Kardec, mas o chute do camisa 14 parou em Fred. No minuto seguinte Mendieta sofreu falta, o juiz não marcou e no contra-ataque o São Caetano perdeu outra boa chance, de novo com Pirão.O jogo era equilibrado. Aos 15 Ananias tentou colocado e viu a bola passar perto do travessão. Pouco depois, porém, os mandantes conseguiram abrir o placar. Vilson falhou, Geovani tabelou com Giancarlo e com categoria tocou na saída de Prass: 1 a 0.

Mesmo jogando mal, o Palmeiras poderia ter empatado aos 25 minutos com Mendieta; o paraguaio recebeu de Ananias mas isolou. Aproveitando a péssima marcação do sistema defensivo alviverde, o São Caetano levava perigo em praticamente todos ataques.

Aos 26 minutos Wagner Carioca tentou de bico; Prass segurou em dois tempos. Aos 28 de novo Wagner Carioca assustou o camisa 25 Palmeirense, dessa vez em cobrança de falta. O Verdão só foi responder aos 32 minutos, também com uma bola parada, mas a falta executada por Mendieta foi espalmada por Rafael Santos.

Na última investida da etapa inicial, aos 44, Wesley recebeu na entrada da área e de canhota soltou o pé, na rede, pelo lado de fora.

No segundo tempo, sem alterações, o Verdão voltou com outra atitude e marcando muito melhor, com isso as chances de gol não demoraram a sair. Aos 40 segundos Juninho cobrou escanteio e Henrique, mesmo sozinho, escorou para fora.

Aos 3 minutos Juninho pegou rebote da entrada da área e de primeira quase marcou um golaço. Golaço que viria a sair aos 10, com Alan Kardec. O atacante dominou na intermediária, passou por 5 marcadores e tocou na saída do goleiro: 1 a 1.

O empate animou o time do técnico Gilson Kleina, que chegou à virada apenas 4 minutos depois. Mendieta cobrou escanteio, Vilson sofreu pênalti mas a bola sobrou para Henrique, que de canhota fuzliou: 2 a 1.

Finalmente com o jogo controlado e a frente no placar, o Palmeiras passou a tocar a bola com mais tranquilidade, enquanto que o São Caetano não mostrava qualquer poder de reação. Aos 20 minutos Luis Felipe fez bela jogada pela direita e cruzou para Ananias, que faria o terceiro se Rafael Santos não chegasse antes.

Para não correr riscos, aos 27 Kleina trocou Ananias por Marcelo Oliveira. Os três volantes não fizeram o time recuar, e algumas oportunidades continuaram aparecendo. Aos 34 minutos a zaga do São Caetano falhou na frente de Vilson, que isolou. Aos 41 Wesley bateu cruzado da entrada da área, para fora.

Nos minutos finais Kleina promoveu mais uma mudança para ganhar tempo (Leandro por André Luiz) e o time tocou a bola à espera do apito final do juiz. Com a vitória o Palmeiras vai a 31 pontos e se garante por mais uma rodada na liderança isolada da Série-B.

O Verdão volta a campo às 16h20 de sábado (10/08), no Pacaembu, para enfrentar o Paraná. Charles e Valdivia serão os reforços.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.