Twitter RSS
Close

Palmeiras 0 x 1 América/MG – 01/06/2013

282794-970x600-1
Foto: Gaspar Nóbrega/Divulgação/Vipcomm

Depois da atuação consistente e tranquila da rodada passada era esperada outra vitória com mais uma boa atuação. Ficou só na expectativa.

O time até que não jogou tão mal, mas o que jogou não foi suficiente para vencer. Sofremos a primeira derrota, frustrando a expectativa de quem queria subir invicto.

Jogo válido pela 3ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gol, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Novelli Júnior, Itu (SP)
Data: 01/06/2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Público: 7.400 pagantes
Renda: R$ 232 mil
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Zanotti (ES)
Cartões Amarelos: Danilo, Nikão, Willians (América-MG), Leandro e Henrique (Palmeiras)
Gol: Nikão, aos 37 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Bruno, Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley (Caio) e Tiago Real; Leandro e Vinícius
Técnico: Gilson Kleina

América-MG: Matheus; Leandro Silva, Jaílton, Vitor Hugo e Danilo; Claudinei, Leandro Ferreira, Andrei, Rodriguinho (Bady) e Nikão; Fábio Júnior (Willians)
Técnico: Paulo Comelli

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 01/06/2013 – 18:08h.
E o Palmeiras já paga mico na Série-B

O jogo começou com o time de verde tomando a iniciativa. O problema é que esse time foi o América-MG. Aos 5 minutos Danilo finalizou com perigo mas parou em Bruno. Aos 8 Doriva interceptou passe de Charles antes do meio-campo e avançou; o volante iria invadir a área quando Bruno o desarmou com um carrinho.

O Palmeiras só foi acordar aos 19 minutos com Vinícius; o atacante quis cruzar para Henrique, que não alcançou, mas Matheus estava atento e evitou o gol. Aos 22 Wesley cruzou, o goleiro deu rebote mas a cabeçada de Tiago Real saiu fraca.

Cinco minutos depois Wesley voltou a cruzar pela direita, só que dessa vez fechado demais, assustando o goleiro. Aos 28 Charles escorou de cabeça da entrada da área e a bola sobrou para Leandro, que chutou fraco mesmo livre de marcação e cara a cara com Matheus. No lance seguinte o atacante teve nova chance, mas finalizou fraco.

A essa altura da partida o América-MG já parecia dominado. Apenas parecia. Aos 35 Danilo tocou para Rodriginho finalizar de primeiro, nas mãos de Bruno. Aos 37 o gol saiu. Após cobrança de lateral, que seria para o Palmeiras, o time mineiro avançou e Nikão bateu cruzado, no canto esquerdo de Bruno: 1 a 0.

Mesmo atrás no marcador, o Verdão não mudou muito a postura para os minutos finais da etapa inicial. Aos 39 Charles experimentou da entrada da área mas foi bloqueado por Willians. Aos 44 Leandro finalizou da entrada da área, para fora.

No segundo tempo, com Caio no lugar de Wesley, o Palmeiras voltou mostrando mais atitude, mas esbarrando no nervosismo e na falta de qualidade para empatar. No primeiro minuto Ayrton cobrou rápido uma falta e deixou Caio na cara do goleiro; o atacante passou pelo rival mas finalizou para fora.

Com o contra-ataque à disposição, o América-MG assustou aos 4 com Rodriguinho, mas o chute do atacante parou em Bruno. Aos 7 minutos Márcio Araújo arriscou da intermediária, a bola desviou num zagueiro e sobrou para Caio, que perdeu chance incrível. Aos 11 novamente Rodriguinho levou perigo num chute cruzado que saiu à direita de Bruno.

Se com a bola rolando a situação estava complicada, aos 14 surgiu uma boa oportunidade de falta, mas Ayrton cobrou mal, por cima. As chances eram alternadas. Aos 19 Claudinei recebeu de Nikão e isolou. No contra-ataque Vinícius invadiu a área e bateu para boa defesa de Matheus.

Como o gol não saía, Kleina trocou Vinícius e Tiago Real por Maikon Leite e Ronny, respectivamente, mas o panorama da partida não mudou, pelo contrário; talvez por cansaço, o time diminuiu a pressão e passou a ceder mais espaços para os perigosos contra-ataques da equipe mineira.

Aos 35 minutos Márcio Araújo desarmou Badi na hora certa, pois o volante já preparava a finalização de dentro da área. Aos 37 Caio inexplicavelmente recuou do campo de ataque, mas deu a bola para Nikão, que invadiu a área mas parou em Bruno.

A última investida alviverde em busca do empate foi aos 44 com Leandro, num chute que saiu por cima, sem direção. E debaixo de vaias o árbitro encerrou o jogo em Itu, marcando a primeira derrota alviverde na Série-B.

Às 19h30 de terça-feira (04/06) o Palmeiras faz outro jogo em Itu; o adversário será o Avaí.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.