Twitter RSS
Close

Palmeiras 0 x 0 São Caetano – 04/03/2012

12064251
Foto: Julia Chequer/Folhapress

Depois da vitória na rodada passada e, principalmente, da boa atuação da equipe, um empate sem gols e completamente sem graça.

A boa marcação adversária dificultou para nossos principais jogadores e ficamos longe de nossas melhores atuações. De bom, apenas a volta de Valdívia depois de seis jogos fora (entrou no intervalo) e a manutenção da série invicta que já dura 17 partidas (desde final do ano passado).

Jogo válido pela 12ª rodada do Paulistão 2012.

Melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 04/03/2012, domingo
Horário: 16h. (de Brasília)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Ricardo Pavanelli Lanutto
Assistentes adicionais: Welton Orlando Wohnrath e Márcio Henrique de Gois
Cartões amarelos: Henrique, Valdívia, Cicinho (Palmeiras). Augusto Recife, Geovanne, Moradei (São Caetano)

Palmeiras: Deola; Cicinho, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor (Patrik) e Daniel Carvalho (Valdívia); Maikon Leite e Barcos (Ricardo Bueno)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

São Caetano: Luiz; Marcone, Jorge Luiz, Eli Sabiá e Vicente; Augusto Recife, Moradei, Marcelo Costa, Isael e Aílton; Geovanne
Técnico: Márcio Araújo

Verdão não sai do zero com o São Caetano

Querendo manter o bom momento, o Palmeiras iniciou o jogo partindo para cima do São Caetano. Aos 5 minutos Barcos experimentou da entrada da área de canhota, rente à trave direita de Luis. Aos 14 o Pirata teve nova chance, mas voltou a bater para fora.

Mesmo melhor em campo, o time de Felipão permitia ao São Caetano chegar com perigo em algumas oportunidades. Aos 24 minutos Moradei soltou a bomba de longe e viu a bola passar perto da meta de Deola, que nem se mexeu. A resposta do Verdão veio logo. Aos 26 Daniel Carvalho cobrou falta no travessão, e no rebote Barcos só não abriu o placar graças ao reflexo de Luis, que evitou o gol com os pés.

Nos minutos finais da etapa inicial o Palmeiras diminuiu um pouco o ritmo e quase foi castigado no último lance; Henrique e Maurício Ramos bateram cabeça e a bola sobrou para Eduardo Costa, que chutou na trave.

Com Valdivia no lugar de Daniel Carvalho, o Verdão voltou para o segundo tempo esboçando uma pressão, mas não cosneguia passar pela bem postada zaga do São Caetano, e quando conseguia, errava na finalziação.

Aos 6 minutos Barcos recebeu passe de João Vítor, girou pra cima do marcador mas chutou por cima. Diante da ineficiência do sistema ofensivo, Felipão resolveu tirar João Vítor e promoveu a entrada de Patrik, mas a alateração não surtiu efeito, e ainda ajudou o rival, que passou a ter mais espaços para puxar os contra-ataques.

Aos 18 minutos Eduardo Costa fuzilou, por cima, para sorte de Deola, que nada poderia fazer. Aos 22 foi a vez do Verdão assustar o adversário num contra-ataque; Juninho curzou, Barcos deixou passar para Vadivia, que serviu o camisa 29, mas ele errou o chute. A partida ganhava ares de dramaticidade.

Jogando no erro do time de Felipão, o São Caetano voltou a assustar os quase 20 mil pagantes presentes ao Pacaembu aos 34 minutos, em duas finalizações seguidas que pararam em ótimas defesas de Deola; a primeira de Geoani e a segunda de Marconi. Aos 35 Scolari trocou Barcos por Ricardo Bueno, mas novamente a alteração não surtiu efeito.

Nos minutos finais o Palmeiras ainda manteve mais posse de bola, mas o que de melhor conseguiu foi uma furada de Valdivia, que não aproveitou cruzamento de Cicinho. Com o empate a equipe vai a 26 pontos, mas perde a vice-liderança para o Santos, que derrotou o Corinthians. Agora o Palmeiras é o único invicto do Paulistão.

Como a estreia na Copa do Brasil está marcada apenas para o dia 14/03, o Verdão ficará toda semana de folga, voltando a campo apenas no domingo que vem (11/03) para enfrentar o Botafogo, em Ribeirão Preto, às 16h.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.