Twitter RSS
Close

Palmeiras 1 x 2 Fluminense – 16/10/2011

Valdivia sofre falta de Valencia na partida entre Palmeiras e Fluminense no Canindé. Imagem: Nelson Almeida/UOL

Sem Felipão e Marcos Assunção, o Palmeiras mostrou limitações e foi derrotado por 2 a 1 pelo Fluminense, no Estádio do Canindé.

Dominado durante quase toda a primeira etapa, o Palestra viu o visitante abrir o placar logo aos 10min. Apesar de melhores no segundo tempo, o Verdão chegou ao empate por meio de um pênalti sofrido por Luan e convertido por Valdivia. No fim, Fred voltou a marcar e selou a vitória carioca.

Com o resultado, os palmeirenses completam cinco jogos sem vitórias mantendo a equipe em décimo lugar, com 41 pontos.

Jogo válido pela 30ª rodada do Brasileirão 2011.

FICHA TÉCNICA

Estádio: Canindé, São Paulo (SP)
Data: 16/11/2011
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Carlos Titara da Rocha (AL)
Público: renda: 3.649 pagantes
Renda: R$ 120.194,00
Cartões amarelos: Valdivia, Chico e Thiago Heleno (Pal); Márcio Rosário, Marquinho, Carlinhos e Fred (Flu)
Gols: Palmeiras: Valdivia
Fluminense: Fred (2)

Palmeiras: Deola, Paulo Henrique (Rivaldo), Henrique, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Chico, Márcio Araújo e Valdivia; Maikon Leite (Patrik), Luan e Ricardo Bueno (Fernandão)
Técnico: Murtosa

Fluminense: Diego Cavalieri, Mariano, Leandro Euzébio, Márcio Rosário e Carlinhos; Diogo, Valencia, Fernando Bob, Marquinho (Martinuccio) e Deco (Diogo); Rafael Sobis (Lanzini) e Fred
Técnico: Abel Braga

Globo Esporte, Terra Esportes,

Fred decide novamente, Flu bate Palmeiras e mantém caça aos líderes

Sem Felipão e Marcos Assunção, o Palmeiras mostrou limitações e foi derrotado por 2 a 1 pelo Fluminense, no Estádio do Canindé, pela 30ª rodada do Brasileiro. Autor dos três gols da vitória da equipe tricolor contra o Coritiba na última rodada, Fred voltou a decidir e fez os dois do triunfo deste domingo. Valdivia, na cobrança de um pênalti polêmico sofrido por Luan, fez o gol alviverde.

Com o resultado, os palmeirenses completam cinco jogos sem vitórias na Série A, enquanto os cariocas embolam ainda mais a ponta da tabela e se mantêm próximos dos líderes.

A equipe tricolor é a quinta colocada, com 50 pontos, em posição que renderia uma vaga na Libertadores no momento e a quatro pontos do líder Corinthians. Já o time alviverde está em décimo, com 41 pontos.

Sem Felipão, que foi liberado para acompanhar o casamento de um de seus filhos em Portugal, o Palmeiras foi comandado por Flávio Murtosa no Canindé. Dominado durante quase toda a primeira etapa, o clube paulista viu o Fluminense abrir o placar logo aos 10min, com Fred.

Apesar de melhores no segundo tempo, os palmeirenses chegaram ao empate por meio de um pênalti polêmico sofrido por Luan e convertido por Valdivia. Já no fim, Fred voltou a marcar e selou a vitória carioca.

Na próxima rodada, o Palmeiras volta a jogar como mandante, contra o Figueirense. Também jogando em casa, o Fluminense mede forças com o Atlético-MG.

O jogo

Em fase melhor no campeonato, o Fluminense partiu para o ataque desde o início e não se intimidou com o mando de campo palmeirense. Logo aos 7min, Deola teve que aparecer bem para impedir gol de Marquinho, que, mesmo marcado por Henrique, conseguiu espaço para finalizar forte da entrada da área.

No ataque seguinte, os cariocas já abriram o placar. Aos 10min, Carlinhos ajeitou pela esquerda, cruzou com precisão e Fred, atrás de Thiago Heleno, cabeceou com força. Foi o quarto gol seguido do atacante, que marcou os três do time tricolor na vitória de 3 a 1 contra o Coritiba, no meio de semana.

Os cariocas dominavam a partida e chegavam na área palmeirense com facilidade. O time alviverde mostrava falta de repertório sem o meia Marcos Asssunção, contundido, e não conseguia sair do campo de defesa.

Aos 13min, Fred recebeu bem na área e ajeitou a bola para Rafael Sobis dominar e chutar forte para ótima defesa de Deola. Em outras finalizações, o Fluminense errava na conclusão e não conseguia converter a grande superioridade em mais gols.

A partir da metade do primeiro tempo, o Palmeiras começou a chegar, ainda timidamente. Aos 25min, Luan cruzou da esquerda e Valdivia caiu ao receber marcação dentro da área. O árbitro, porém, não assinalou nada.

Aos 30min, Luan entrou na área pela esquerda e bateu cruzado para defesa fácil de Diego Cavalieri. Aos 41min, o goleiro do clube carioca, ex-palmeirense, apenas acompanhou a trajetória de um chute de Rivaldo, que foi desviado no caminho e passou próximo da trave.

Na melhor chegada paulista, aos 44min, Cavalieri teve que se esticar para defender cabeçada de Ricardo Bueno. O arqueiro to time tricolor, porém, praticamente não trabalhou na etapa inicial, deixando evidente a pouca produtividade palmeirense. Pelo lado do Fluminense, faltou um pouco mais de capricho nas finalizações para levar uma vantagem maior para o intervalo.

O segundo tempo começou mais equilibrado do que o primeiro. Aos 5min, o Fluminense levou perigo com Rafael Sobis, mas o Palmeiras respondeu na sequência, aos 9min, em cruzamento de Gabriel Silva que quase encobriu Diego Cavalieri, mal colocado.

Aos 12min, mais uma chegada perigosa palmeirense: Luan chutou cruzado próximo da área e abola passou ao lado do gol carioca. Apesar de muitos erros de passe, o tima alviverde era mais consistente depois do intervalo.

Apesar de melhor em campo, o Palmeiras chegou ao empate por meio de um pênalti polêmico. Aos 26min, Luan foi acionado por Valdivia, entrou na área pela esquerda e se jogou ao receber marcação de Martinuccio. Na cobrança, Valdivia igualou o marcador.

O gol deu ânimo ao time alviverde, que partiu para cima e parecia próximo da virada. Aos 41min, porém, o time visitante, em um contra-ataque, fez o gol da vitória: Martinuccio foi lançado pela esquerda, entrou na área, cruzou e Fred, atrás de Gabriel Silva, marcou mais um.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.