Twitter RSS
Close

Palmeiras 0 x 0 Flamengo – 20/07/2011

Kleber recebe falta do zagueiro Ronaldo Angelim no jogo entre Palmeiras e Flamengo Imagem: Thiago Bernardes/UOL

O torcedor palmeirense recebeu um presente ao chegar ao Estádio do Pacaembu na noite desta quarta-feira: o retorno de Kleber ao time. No entanto, mesmo com o camisa 30, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari não passou de um empate sem gols contra o Flamengo, justamente o clube que procurou a contratação do atacante nas últimas semanas.

Foi um jogo muito brigado taticamente, porém com poucas chances reais. O Verdão até buscou mais o gol, mas não conseguiu traduzir essa superioridade no resultado final.

O placar tira os 100% de aproveitamento do Palmeiras dentro de casa na competição e chega aos 19 pontos e mantendo a quarta colocação.

Jogo válido pela 10ª rodada do Brasileirão 2011.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 20 de julho de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Kleber Gil (SC)
Público: 33.575 pagantes
Renda: R$ 977.922,00
Cartões amarelos: Gabriel Silva e Luan (Palmeiras); Ronaldo Angelim, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Tinga) e Luan; Maikon Leite (Dinei) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Junior Cesar; Aírton, Willians (Bottinelli), Renato Abreu e Thiago Neves (David Braz); Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Diego Maurício)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Globo Esporte, Terra Esportes, Estadao, Folha Online, IG.

Na volta de Kleber, Palmeiras perde 100% em casa e empata com Fla

O torcedor palmeirense recebeu um presente ao chegar ao Estádio do Pacaembu na noite desta quarta-feira: o retorno de Kleber ao time. No entanto, mesmo com o camisa 30, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari não passou de um empate sem gols contra o Flamengo, justamente o clube que procurou a contratação do atacante nas últimas semanas, em confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado de igualdade tira os 100% de aproveitamento do Palmeiras dentro de casa na competição – em cinco jogos, o clube havia vencido todos. A equipe, assim, chega aos 19 pontos e mantém a quarta colocação. Por outro lado, o Flamengo soma 20 e termina a rodada no terceiro posto da tabela.

Com Kleber confirmado como titular minutos antes do início da partida, o Palmeiras encerrou uma chata novela que se arrastou durante as últimas semanas, e que criou o Flamengo como antagonista – o time rubro-negro buscou contratar o atacante, situação a qual irritou o clube comandado por Luiz Felipe Scolari. Kleber, desde o início, demonstrou muita vontade e impôs o conhecido estilo batalhador para dar trabalho à defesa adversária.

No entanto, mesmo com Kleber, o Palmeiras enfrentou dificuldades para criar jogadas ofensivas, muito em função da fraca exibição de Patrik. Assim, o clube de Palestra Itália criou as melhores oportunidades na bola parada, principalmente com o zagueiro Thiago Heleno, nas faltas, e Marcos Assunção nos escanteios. Já o Flamengo, cauteloso, pouco pressionou a zaga rival.

Conforme o tempo avançou no cronômetro, as duas equipes diminuíram o ritmo, atitude que assegurou o resultado de igualdade no Pacaembu.

Depois do resultado desta quarta-feira, o Palmeiras volta a campo no domingo, às 16h (de Brasília), contra o Fluminense, fora de casa. Já o invicto Flamengo, que ainda não perdeu no Campeonato Brasileiro, colocará a sequência positiva à prova diante do Ceará, às 21h, no sábado, em Macaé.

O jogo

Toda a novela envolvendo a possível transferência de Kleber para o Flamengo terminou no momento em que o atacante do Palmeiras puxou a fila da equipe para o gramado do Pacaembu. Motivado pela presença do camisa 30 e pelo enorme público, o time paulista buscou exercer uma pressão sobre o rival, que, apoiado pela presença dos volantes Willians e Airton, minou as tentativas do ataque adversário no início do duelo.

Bem postado no campo de defesa, o Flamengo aos poucos diminuiu o ritmo intenso palmeirense. Tanto que o clube da Gávea foi quem criou a primeira oportunidade clara de gol. Aos 18min, Thiago Neves cortou na entrada da área dois zagueiros, e finalizou com o pé direito para ótima defesa de Marcos – o arremate ainda passou perto da trave direita do goleiro.

A oportunidade desperdiçada pelo flamenguista acordou o Palmeiras, que retomou o controle do ritmo de jogo a partir de então. Entretanto, com Patrik – responsável pela armação de jogadas da equipe alviverde nesta quarta-feira – apagado, o time comandado por Luiz Felipe Scolari ameaçou pela primeira vez aos 30min. Marcos Assunção cobrou escanteio e quase marcou um gol olímpico.

Dois minutos depois, novamente a bola parada quase resultou no primeiro grito de gol no Pacaembu. Em falta na intermediária, Thiago Heleno soltou a bomba e assustou o goleiro Felipe. A bola passou rente à trave esquerda do flamenguista, e parte do estádio comemorou.

Ainda no primeiro tempo, todo o público presente ao Paulo Machado de Carvalho pediu pênalti em Kleber. Após lançamento, o camisa 30 venceu a disputa contra a zaga flamenguista e acabou caindo dentro da área. Porém, o árbitro Leandro Pedro Vuaden ignorou o eco e mandou a partida seguir.

As bolas paradas utilizadas pelo Palmeiras na primeira etapa serviram como arma para o Flamengo no retorno do intervalo. Aos 3min, Ronaldinho cobrou falta da intermediária direto para o gol, surpreendendo Marcos. O camisa 12, no entanto, conseguiu tocar para escanteio e evitar o tento rival.

Sem criatividade no setor ofensivo, Palmeiras e Flamengo chegaram perto gol somente nas bolas paradas. Aos 34min, Ronaldinho cobrou outra falta com categoria e obrigou Marcos a fazer a defesa. Os paulistas responderam aos 40min, quando Marcos Assunção arriscou no ângulo e Felipe espalmou para escanteio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.