Twitter RSS
Close

Oeste 0 x 1 Palmeiras – 23/01/2011

Foto: Mário Angelo/ Sigmapress

Na quinta-feira, o Palmeiras fez quatro gols no Ituano e deu a impressão à torcida que iria engrenar no Paulistão.

Felipão repetiu a escalação e, neste domingo, o Verdão jogou mal mostrando muita falta de criatividade. Mesmo assim conseguiu alcançar o objetivo: os 3 pontos com um gol de Patrik, que entrou no segundo tempo, e marcou aos 41 minutos da etapa final.

O resultado deixa o Palestra na terceira colocação do Paulistão, com 7 pontos.

Jogo válido pela 3ª rodada do Paulistão 2011.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Amaros, em Itápolis (SP)
Data: 23 de janeiro de 2011, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Welton Orlando Wohnrath
Assistentes: Fabio Luiz Freire e William Rogério dos Santos Turola
Assistentes adicionais: Ilbert Estevam da Silva e Norberto Luciano Santos da Silveira
Cartões Amarelos: Rafael Caldeira, Paulo Miranda, Dionísio, Alex William e Fábio (Oeste); Rivaldo e Dinei (Palmeiras)
Gols: PALMEIRAS: Patrik, aos 41 minutos do segundo tempo

OESTE: Fábio; Dedê, Rafael Caldeira, Paulo Miranda e Fernandinho; Márcio Carioca, Dionísio, Alex William (Fabio Neves) e Roger (Serginho); Fábio Santos e Mazinho (Reinaldo)
Técnico: Ademir Fonseca

PALMEIRAS: Deola; Cicinho (Vitor), Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga (Leandro Amaro) e Luan; Kleber e Dinei (Patrik)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gol, PTD, globoesporte.com, Portal Terra, ESPNEstadaoFolha Online.

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 23/01/2011 – 21:23h.
Verdão vence outra e já é o terceiro

O jogo começou movimentado em Itápolis. Palmeiras e Oeste mostravam muita disposição, às vezes até exagerando um pouco e cometendo faltas desnecessárias.

A primeira investida ao ataque que levou perigo foi do Oeste. Aos 9 minutos Fábio Santos cabeceou no canto direito de Deola, que foi buscar. A resposta alviverde veio aos 16 numa cobrança de Marcos Assunção que desviou na barreira. Aos 19  Dinei tentou de cabeça mas viu a bola sair à direita do goleiro.

Dos 20 minutos em diante o Oeste se organizou melhor em campo e criou boas oportunidades. Aos 21 Fabio dividiu com Danilo e chutou com perigo. Aos 34 Rafael faria o gol se Danilo não se antecipasse, mandando a bola para escanteio. Aos 40 Mazinho experimentou de fora da área, por cima.

O time de Felipão só voltou a assustar aos 41 minutos, novamente em uma cobrança de falta executada por Marcos Assunção; dessa vez a bola saiu rente à trave direita de Fábio. Assim foi o primeiro tempo no estádio dos Amaros.

Com Patrik no lugar de Dinei, o Palmeiras voltou melhor na etapa final. Aos 5 minutos o gol só não saiu por acaso; Assunção cruzou para Danilo cabecear na trave, mesmo com o goleiro batido.

Aos 12 minutos Rivaldo fez boa jogada pela esquerda, entrou na área e caiu. A torcida pediu pênalti, mas o árbitrou mandou seguir. Aos 15 Assunção, sempre ele, levantou para Luan finalizar de primeira; a bola tirou tinta da trave esquerda de Fábio. O Oeste só foi levar perigo aos 19, quando Rivaldo tentou afastar e mandou a bola no travessão, quase marcando contra.

Dos 20 minutos em diante tanto os donos da casa quanto o time de Felipão diminuiram o ritmo. Quando a partida caminhava para o seu final com o empate praticamente definido, saiu o gol do Palmeiras. Aos 41 minutos Luan achou Patrik sozinho na área, e o camisa 40 não desperdiçou: 1 a 0. Nos momentos finais o Verdão tratou de administrar o resultado, que lhe coloca na terceira colocação do Paulistão, com 7 pontos.

O próximo jogo será na quinta-feira (27/01) contra o Paulista, às 21h50 no Pacaembu.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.