Twitter RSS
Close

Athletico 2 x 2 Palmeiras – 23/02/2022

Foto: Cesar Greco

Campeões da Libertadores e da Sul-Americana em 2021, respectivamente, Palmeiras e Athletico se enfrentam pela Recopa 2022. O Palestra viajou sem 3 titulares.

Em campo, a defesa Palmeirense não esteve bem e o time ficou 2 vezes atrás no marcador. Mesmo sem jogar bem, os comandados de Abel Ferreira conseguiram buscar o empate.

Com o empate no jogo de ida, a decisão fica em aberto para o confronto de volta, marcado para a próxima quarta-feira (02/3), às 21h30, no Allianz Parque. Não existe mais gol qualificado nos torneios da Conmebol, ou seja, quem ganhar é campeão. E qualquer empate leva a disputa do título para os pênaltis.

Jogo de ida válido pela final da Recopa Sul-Americana 2022.

FICHA TÉCNICA

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 23/02/2022, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Maximiliano del Yesso (ARG)
Público: –
Renda: –
Cartões amarelos: Thiago Heleno e Erick (ATH)
Gols: Athletico: David Terans, aos 18 minutos do primeiro tempo, e Marlos, aos 30 do segundo
Palmeiras: Jailson, aos 27 minutos do primeiro tempo, e Raphael Veiga, aos 51 do segundo

Athetico: Santos; Marcinho, Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner (Nicolás Hernández); Hugo Moura (Christian), Erick (Zé Ivaldo), Matheus Fernandes, Léo Cittadini, David Terans (Marlos); Pablo e Rômulo
Técnico: Alberto Valentim

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Kuscevic, Murilo e Piquerez; Danilo, Jailson (Zé Rafael), Atuesta (Wesley) e Raphael Veiga; Dudu (Gabriel Veron) e Rony (Rafael Navarro)
Técnico: Abel Ferreira

Lance!, Globo Esporte, UOL.

Por Eduardo Luiz
23/02/2022, 23h36

Mal defensivamente, Time de Abel Ferreira ficou no 2 a 2 na Arena da Baixada e precisará vencer no Allianz Parque para ficar com o título inédito.

Primeiro tempo

Com Kuscevic substituindo Gómez, e com Jailson mantido no time mesmo com Zé Rafael à disposição, o Palmeiras iniciou a partida melhor que o Athletico-PR, tanto que quase abriu o placar logo aos 3 minutos: Atuesta recebeu de Dudu, fintou dois zagueiros de uma vez mas depois chutou em cima de Santos; a jogada prosseguiu e Jailson cruzou para Rony, que repetiu o colombiano, batendo no goleiro adversário.

A chance criada rapidamente pelo Verdão, no entanto, foi isolada. Logo o jogo esfriou, já que os dois times se respeitavam demais. A partida ficou morna até que aos 17 minutos o árbitro inventou um escanteio para o Athletico numa dividida entre Kuscevic e Matheus Fernandes; após a cobrança, Abner empurrou Raphael Veiga para fazer a casquinha no primeiro pau e David Terans concluiu livre no segundo. O assistente assinalou impedimento, mas o gol foi validado pelo VAR, que ignorou a falta em Veiga: 1 a 0.

Atrás no placar de maneira injusta, o Palmeiras foi em busca do empate. Aos 26 minutos Dudu fez boa jogada pelo lado direito do ataque e cruzou para Rony, que parou em boa defesa do goleiro. Na cobrança de escanteio executada por Atuesta, a defesa afastou parcialmente, Dudu pegou a sobra, Thiago Heleno voltou a cortar mas mandou nos pés de Jailson, que de bico chutou no canto direito de Santos: 1 a 1.

O gol alviverde deixou a partida mais aberta. Aos 41 minutos Abner cruzou na cabeça de Terans, que escorou nas mãos de Santos. Aos 42, depois de outro levantamento na área, Thiago Heleno subiu sozinho e mandou rente ao travessão. Weverton tirou com os olhos.

Antes do primeiro tempo terminar o Verdão criou mais duas ótimas oportunidades. Aos 47 minutos Rony fintou seu marcador e soltou a bomba; Santos conseguiu resvalar com a ponta dos dedos e a bola explodiu na trave. Na sobra Thiago Heleno cedeu um escanteio gratuito; Atuesta cobrou o tiro de canto e novamente Rony perdeu boa chance ao cabecear livre, à direita do goleiro.

Segundo tempo

O Athletico-PR voltou para a etapa final mais ligado, com mais posse de bola. Aos 4 minutos o árbitro assinalou mão de Murilo a dois passos da área. Rômulo cobrou a falta por cima do travessão. Percebendo o crescimento do adversário, aos 11 minutos o técnico Abel Ferreira promoveu a primeira alteração: Atuesta deu lugar a Wesley.

A partir da troca o Verdão equilibrou a partida. Aos 15 minutos Dudu foi à linha de fundo e cruzou para Rony, que chegou um instante atrasado. Aos 22, Abner cruzou, Marcos Rocha furou e Erick concluiu de primeira, parando em defesaça de Weverton. Após a cobrança de escanteio, Léo Cittadini surgiu livre na pequena área para escorar para fora.

Aos 25 minutos Abel mexeu novamente: Zé Rafael e Gabriel Veron entraram nos lugares de Jailson e Dudu, respectivamente. Aos 28, em jogada ensaiada de cobrança de falta, Rony isolou. Aos 30 minutos, após novo vacilo da defesa em cobrança de escanteio, Marlos pegou a sobra, fintou Raphael Veiga e concluiu no ângulo direito de Weverton: 2 a 1.

Dois minutos depois de sofrer o gol o Palmeiras criou uma boa chance para o novo empate, mas Santos estava atento em cabeçada de Raphael Veiga. Aos 37, Abel Ferreira promoveu a quarta e última alteração: Rony por Rafael Navarro. Em sua primeira participação, aos 38, Wesley brigou pela bola e tocou para Veron, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro; a bola tirou tinta da trave.

Nos acréscimos, Murilo foi desarmado por Léo Cittadini na entrada da área, mas o meia chutou para fora. No último lance do jogo, aos 48 minutos, Wesley foi derrubado por Marcinho dentro da área. Pênalti marcado pelo árbitro. O Athletico fez o possível para catimbar Raphael Veiga, mas não deu. Aos 51, o camisa 23 cobrou com a categoria habitual e deu números finais à partida: 2 a 2.

Com o empate no jogo de ida, a decisão fica em aberto para o confronto de volta, marcado para a próxima quarta-feira (02/3), às 21h30, no Allianz Parque. Não existe mais gol qualificado nos torneios da Conmebol, ou seja, quem ganhar é campeão. E qualquer empate leva a disputa do título para os pênaltis.

No domingo (27/2), provavelmente com um time alternativo, o Verdão visitará a Inter de Limeira pela 9ª rodada do Campeonato Paulista. O jogo será às 16h.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.