Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 0 Grêmio – 07/07/2021

O jogador Gabriel Menino, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Grêmio FBPA, durante partida válida pela décima rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)

Contra o fragilizado tricolor gaúcho, que ocupa a lanterna da competição, o Palestra foi a campo com o propósito de vencer para tentar assumir a ponta da tabela.

Logo com 20 segundos de jogo, Raphael Veiga abriu o marcador e aos 16′ Gabriel Menino ampliou.

O Verdão seguiu jogando bem e dominou o restante da partida com chances de aplicar uma goleada, no entanto, o placar ficou mesmo nos 2×0.

Com a vitória – a quarta seguida, o Palmeiras alcança o Red Bull Bragantino com 22 pontos e assume a liderança do Brasileirão pelo primeiro critério de desempate: número de vitórias (7 a 6).

Jogo válido pela 10ª rodada do Brasileirão 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 07/07/2021, quarta-feira
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Gabriel Menino, Danilo (PAL); Thiago Gomes, Matheus Henrique, Vanderson (GRÊ)
Gols: Raphael Veiga, aos 15 segundos do primeiro tempo, e Gabriel Menino, aos 16 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Jailson; Gabriel Menino (Mayke), Luan, Gustavo Gómez, Viña; Danilo, Zé Rafael (Felipe Melo), Scarpa (Patrick de Paula), Raphael Veiga; Wesley (Breno Lopes) e Rony (Deyverson)
Técnico: Abel Ferreira

Grêmio: Brenno; Rafinha (Ruan), Geromel, Kannemann, Diogo Barbosa (Alisson); Victor Bobsin (Jean Pyerre), Matheus Henrique, Vanderson (Léo Pereira), Douglas Costa, Ferreirinha e Diego Souza (Ricardinho)
Técnico: Thiago Gomes (interino)

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
07/07/2021, 20h52

Gols da vitória, anotados por Raphael Veiga e Gabriel Menino, saíram no excelente primeiro tempo disputado pelo Palmeiras, que toma a ponta do Red Bull Bragantino.

Primeiro tempo

Com os retornos de Viña e Gómez, Gabriel Menino na lateral, e Wesley e Rony no ataque, o Palmeiras iniciou o jogo fazendo gol. Literalmente. Aos 15 segundos Pedro Geromel tentou um bicão, a bola bateu em Scarpa e sobrou para Raphael Veiga marcar o gol mais rápido da história do Allianz Parque: 1 a 0.

O gol relâmpago desestruturou o Grêmio na mesma proporção que animou o Verdão. Aos 3 minutos Scarpa cobrou falta e Victor Bobsin quase fez contra. A equipe visitante tentou responder aos 6 minutos: Rafinha cruzou fechado demais, mas Jailson estava atento e afastou o perigo. Foi um lance isolado.

Sobrando, o Palmeiras quase fez o segundo aos 13 minutos: Wesley abriu o jogo para Menino e o lateral cruzou por baixo para Raphael Veiga desviar de leve e parar em boa defesa de Brenno. Aos 16, porém, o goleiro nada pôde fazer quando Viña cruzou com perfeição na cabeça de Menino: 2 a 0. A jogada do gol ficou ainda mais bonita porque foi iniciada com um chapéu de Wesley em Douglas Costa.

Sem diminuir o ritmo, o time de Abel Ferreira seguiu criando chances. Aos 25 minutos Scarpa tocou para Wesley e o atacante chutou cruzado; Rony não alcançou por pouco. Aos 27, Zé Rafael perdeu a bola na intermediária e o Grêmio foi rápido para contra-atacar, mas Douglas Costa chutou fraco, fácil para Jailson.

Aos 30 minutos novamente Scarpa iniciou a jogada; ele tocou para Danilo carregar a bola e bater de direita, fraco, nas mãos de Brenno. Raphael Veiga, livre na área, ficou reclamando o passe. Ainda dentro do minuto 30 Ferreira tentou um chute colocado, à esquerda de Jailson. Aos 34 minutos Menino cruzou para Rony finalizar de carrinho e ver a bola tirar tinta da trave direita do goleiro. Aos 39, Raphael Veiga disputou com Rafinha na entrada da área, levou a melhor e chutou forte, parando em outra boa defesa de Brenno.

Intenso, o Palmeiras desperdiçou a chance do 3 a 0 aos 43 minutos: Scarpa foi à linha de fundo, Rony fez o corta-luz e Raphael Veiga finalizaria em cheio se Matheus Henrique não acompanhasse a jogada para fazer um desvio providencial. Aos 46, Diego Souza cobrou falta de longe, nas mãos de Jailson.

Segundo tempo

Com duas alterações, o Grêmio voltou para a etapa final mais ofensivo. Logo aos 2 minutos Luan perdeu bola dominada para Ferreira, o atacante avançou e tocou para Ricardinho chutar livre, quase na pequena área; Jailson fez milagre. Para não deixar o adversário crescer, o Verdão respondeu prontamente. Aos 4 minutos Scarpa cobrou falta, a bola desviou na barreira e quase enganou o goleiro.

Aos 5 minutos Rony fintou seu marcador e chutou com perigo, para fora. Aos 10, Wesley cometeu falta boba perto da área, Douglas Costa cobrou e Jailson afastou o perigo com um soco. Aos 15, o camisa 10 gremista recebeu na área e teve o chute travado por Gómez. A jogada prosseguiu e Victor Bobsin cruzou; Jailson catou borboleta e foi salvo por Menino.

No contra-ataque o Palmeiras quase ampliou: Wesley tocou para Viña chutar com desvio, para fora. Na cobrança de escanteio executada por Scarpa, Luan subiu no primeiro pau e desviou com perigo, para fora. Aos 19 minutos o técnico Abel Ferreira mexeu pela primeira vez: Wesley por Breno Lopes. Pouco depois outra alteração, essa por necessidade: Rony sentiu e foi substituído por Deyverson.

Aos 25 minutos Zé Rafael tabelou com Raphael Veiga e chutou por cima do travessão. Aos 31 Abel promoveu as últimas alterações a que tinha direito: Felipe Melo, Mayke e Patrick de Paula foram pro jogo nos lugares de Zé Rafael, Menino e Scarpa. respectivamente. Aos 33 minutos Matheus Henrique experimentou da entrada da área e errou o alvo.

O terceiro gol alviverde estava encantado. Aos 34 minutos Danilo fez boa jogada individual, Geromel tentou cortar e deu um passe para Raphael Veiga chutar no travessão. Aos 39, Breno Lopes arrancou e chutou de canhota, rente à trave esquerda de Brenno. Aos 40, Jean Pierre chutou colocado, à esquerda de Jailson.

Já sem o mesmo ímpeto, o Grêmio seguiu tentando descontar. Aos 43 minutos Léo Pereira chutou forte de média distância, nas mãos de Jailson. Foi a última investida da equipe visitante e também o último lance do jogo.

Com a vitória – a quarta seguida, o Palmeiras alcança o Red Bull Bragantino com 22 pontos e assume a liderança do Brasileirão pelo primeiro critério de desempate: número de vitórias (7 a 6).

O Verdão volta a campo às 16h30 de sábado (10/7) para outro compromisso em casa, desta vez contra o Santos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.