Twitter RSS
Close

Palmeiras 3 x 2 Santos – 06/05/2021

O jogador Matías Viña, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Santos FC, durante partida válida pela décima primeira rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)

Com os dois times precisando da vitória, o clássico começou movimentado no Allianz Parque.

O Palmeiras abriu o marcador logo aos 7′, mas aos 13 os visitantes empataram. Aos 22 Willian colocou novamente o Verdão a frente do marcador.

Melhor em campo, os comandados de Abel Ferreira administraram a partida até o intervalo.

No retorno, os santistas empataram novamente num pênalti duvidoso e passaram a administrar o jogo levando perigo ao gol de Weverton. Na tentativa de reverter o panorama, o técnico alviverde promoveu algumas alterações que deram resultado e renderam o gol de Esteves aos 32′.

A vitória, que faz o Palestra seguir vivo no estadual, uma vez que chegou a 18 pontos, 1 a menos que o Novorizontino (o time do interior visitará o Corinthians na última rodada).

Jogo válido pela 11ª rodada do Paulistão 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 06/05/2021, quinta-feira
Hora: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Fabrini Bevilaqua Costa
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Zé Rafael, Empereur (PAL); Gabriel Pirani, Jean Mota, Kaiky, Lucas Braga (SAN)
Gols: Palmeiras: Viña, aos 7 minutos do primeiro tempo, Willian, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Esteves, aos 32 minutos do segundo tempo;
Santos: Kaio Jorge, aos 13 mimutos do primeiro tempo, e aos 7 do segundo tempo

Palmeiras: Weverton; Mayke, Danilo Barbosa, Empereur, Viña; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael, Scarpa, Giovani (Esteves); Wesley (Papagaio) e Willian
Técnico: Abel Ferreira

Santos: João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres, Felipe Jonatan; Balieiro, Jean Mota (Kevin Malthus), Gabriel Pirani; Marinho (Ângelo), Lucas Braga e Kaio Jorge
Técnico: Marcelo Fernandes (interino)

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
06/05/2021, 22h58

Viña, Willian e Esteves fizeram os gols da vitória por 3 a 2 no Allianz Parque. Palmeiras pode se classificar na última rodada do Paulista, e Santos pode ser rebaixado.

Primeiro tempo

Com os dois times precisando da vitória, o clássico começou movimentado no Allianz Parque. Aos 4 minutos Caio Jorge pedalou pra cima de Viña e tocou para Gabriel Pirani chutar de primeira em cima de Weverton. A resposta do Verdão não demorou: no contra-ataque Giovani fez fila na defesa santista, invadiu a área e bateu prensado, para fora, escanteio ignorado pelo árbitro.

Aos 5 minutos outra investida dos visitantes, desta vez com Marinho, mas o chute do atacante não teve direção. Aos 6, Caio Jorge chutou cruzado, fácil para Weverton. No lance seguinte o gol saiu. Para o Verdão. Scarpa recebeu no lado direito do ataque, puxou para o pé ruim e levantou na cabeça de Viña, que surgiu como centroavante para fazer 1 a 0.

Jogador mais perigoso do Santos, Gabriel Pirani voltou a tentar a sorte de média distância aos 11 minutos, mas mandou por cima. Aos 13, Viña falhou na marcação de Marinho, o atacante avançou e tocou para Caio Jorge, livre na entrada da área, fuzilar a meta de Wverton: 1 a 1. Aos 19 minutos Scarpa foi desarmado na entrada da área e o Santos não virou porque Pirani chutou rente ao travessão.

Logo na sequência, aos 22 minutos, Scarpa se redimiu com outra assistência: ele cobrou escanteio fechado e Willian conferiu: 2 a 1. Depois do Palmeiras ficar outra vez à frente no placar, o jogo deu uma esfriada.

Aos 31, Scarpa cobrou outro escanteio e Viña foi no terceiro andar para escorar por cima do travessão. Antes do primeiro tempo terminar deu tempo para Gabriel Pirani finalizar mais uma vez, desta vez exigindo boa defesa de Weverton num chute colocado.

Segundo tempo

Precisando pontuar para se afastar da zona de rebaixamento na classificação geral, o Santos voltou mais ofensivo para a etapa final. Logo no primeiro minuto Ângelo finalizou por cima do travessão. Aos 3, foi a vez de Gabriel Pirani errar o alvo na conclusão. Aos 5 minutos, depois dois escanteios que não aconteceram, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou pênalti de Wesley em Caio Jorge. O próprio Caio Jorge cobrou e igualou novamente o placar: 2 a 2.

Com um setor ofensivo extremamente leve, o Santos envolvia com facilidade os volantes Palmeirenses. Aos 12 minutos Lucas Braga passou como quis por Zé Rafael e cruzou para Marcos Leonardo chutar na trave. Aos 13, Ângelo puxou contra-ataque, ganhou de Danilo Barbosa e já de dentro da entrada área tentou uma cavadinha, para fora.

Melhor em campo, a equipe da baixada teve outra boa chance aos 19 minutos, novamente com Ângelo; o atacante soltou a bomba e parou em defesa de Weverton em dois tempos. Aos 21, o Palmeiras tentou responder com Giovani, mas o chute do atacante após rebote de escanteio saiu sem direção.

Aos 25 minutos Lucas Braga recebeu na área e finalizou; a bola desviou em Alan Empereur e saiu em lateral. Finalmente cansado de ver o adversário melhor, aos 29 minutos o técnico Abel Ferreira promove uma alteração tripla: deixaram o jogo Wesley, Felipe Melo e Giovani para as entradas de Esteves, Danilo e Papagaio, respectivamente.

A torcida Palmeirense (de casa) ainda cornetava aos mudanças quando aos 32 minutos saiu um belo gol: Zé Rafael lançou Viña, o lateral dominou e cruzou com perfeição para Papagaio, que furou, mas Esteves acompanhou a jogada e só teve o trabalho de conferir: 3 a 2. Novamente a frente no placar, o Verdão conseguiu marcar melhor o Santos. Para não correr mais riscos, 38 minutos Abel ainda trocou Zé Rafael por Pedro Bicalho.

Contando também com o cansaço do adversário, o Palmeiras apenas administrou o resultado nos minutos finais e confirmou a vitória, que faz a equipe seguir viva no estadual, uma vez que chegou a 18 pontos, 1 a menos que o Novorizontino (o time do interior visitará o Corinthians na última rodada). O Santos, por sua vez, já está eliminado e se for derrotado pelo São Bento no domingo será rebaixado.

Domingo (09/5) o Verdão encerra a participação na fase de grupos do Paulista contra a Ponte Preta. O jogo será realizado em Campinas, em horário ainda indefinido.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.