Twitter RSS
Close

São Bento 1 × 1 Palmeiras – 24/03/2021

O jogador Victor Luis, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Diego Tavares, do SC São Bento, durante partida válida pela terceira rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio Raulino de Oliveira. (Foto: Cesar Greco)

Em meio a paralização do futebol paulista em função do agravamento da pandemia do Covid-19, a Federação Paulista organizou o jogo no RJ para recuperar a partida atrasada.

Com um mistão em campo, o Palestra acabou tendo Weverton expulso ainda no primeiro tempo e com um a menos conseguiu a igualdade no marcador com um gol de pênalti de Gustavo Gomez.

Com o empate em Volta Redonda o Palmeiras chega a 8 pontos e assume a liderança do Grupo C pelo saldo de gols (tem a mesma pontuação do Red Bull Bragantino).

Jogo válido pela 3ª rodada do Paulistão 2021.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda-RJ
Data: 24/03/2021, quarta-feira
Horário: 22h00 (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistentes: Daniel Ziolli e Paulo Modesto
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Fábio Bahia (SBN); Gabriel Silva e João Martins (PAL)
Cartão vermelho: Weverton (PAL)
Gols: São Bento: Diego Costa, aos 28 minutos do primeiro tempo;
Palmeiras: Gustavo Gómez, aos 39 minutos do primeiro tempo

São Bento: Luiz Daniel; Victor Guilherme (Gabriel), Dirceu, Bruno Leonardo e Julinho (Pablo); Fabio Bahia (Serginho), Escobar e Daniel Costa; Leilson, Ítalo (Patrick Vieira) e Diego Tavares (Coutinho)
Técnico: Edson Vieira

Palmeiras: Weverton; Gustavo Garcia (Vinícius), Gustavo Gomez, Renan (Luan) e Matias Viña (Victor Luis); Patrick de Paula, Danilo e Gabriel Menino; Rony, Lucas Esteves (Gabriel Silva) e Rafael Elias (Newton)
Técnico: João Martins

Lance!Globo EsporteTerra Esportes.

Por Eduardo Luiz
24/03/2021, 23h58

Weverton foi expulso ainda no primeiro tempo; Verdão saiu atrás mas buscou o empate com Gómez. Mesmo sem vencer, time de João Martins vira líder do Grupo C.

Primeiro tempo

Com o retorno de alguns titulares, como Weverton, Gómez, Viña e Rony, o Palmeiras iniciou o jogo com mais posse de bola que o São Bento, mas sem conseguir furar a retranca adversária. A primeira finalização surgiu apenas aos 12 minutos: Gabriel Menino arriscou de longe, a bola desviou em Bruno Leonardo e quase enganou o goleiro.

Os mandantes responderam pouco depois: aos 15, desta vez com Bruno Leonardo jogando a favor; a cabeçada do zagueiro após cobrança de falta saiu por cima do travessão. No minuto seguinte Gabriel Menino perdeu a bola na intermediária e o São Bento armou rápido contra-ataque que terminou com Diego Tavares batendo cruzado, para fora.

Aos 19 minutos o Verdão enfim construiu uma boa jogada: Danilo deu belo passe para Garcia cruzar para Papagaio chutar em cima do goleiro. O assistente, porém, invalidou o lance alegando impedimento duvidoso do centroavante. Aos 23 outro vacilo do Palmeiras, desta vez com Gómez. O paraguaio teve um passe interceptado e na tentativa de consertar a falha do companheiro, Weverton saiu do gol e derrubou Diego Tavares. O árbitro interpretou como chance clara de gol e expulsou o goleiro Palmeirense.

O “sacrificado” para Vinicius Silvestre ir para o jogo foi Garcia. Percebendo que o Palmeiras sentiu a expulsão, o São Bento armou uma blitze. Aos 28 minutos Danilo não conseguiu afastar a bola da entrada da área e Daniel Costa deu belo passe por elevação para Diego Tavares tocar na saída de Vinicius: 1 a 0.

Atrás no placar, o Verdão resolveu acordar. Aos 33 minutos Gómez fez lançamento perfeito para Papagaio, que se assustou na frente do goleiro e chutou para fora. Aos 35, Rony disputou a bola com Julinho dentro da área e o lateral esticou demais o braço, tocando na bola. Pênalti indicado pelo VAR e confirmado pelo árbitro. Gómez cobrou com categoria e empatou: 1 a 1.

Nos minutos finais do primeiro tempo o Palmeiras seguiu em cima do adversário, mas só conseguiu criar chances para a virada no finalzinho, primeiro com Patrick de Paula, aos 49 – a falta cobrada pelo volante saiu por cima do travessão, e depois com Rony, aos 50: o camisa 11 recebeu de Esteves e chutou na trave.

Segundo tempo

Com Luan e Victor Luis de novidades para a etapa final – entraram nos lugares de Renan e Viña, respectivamente, o Palmeiras criou logo de cara uma boa chance para fazer o segundo gol: aos 51 segundos Papagaio girou pra cima da marcação e chutou forte; no rebote do goleiro Esteves teve o chute bloqueado.

Aos 2 minutos a resposta do São Bento: Daniel Costa cobrou escanteio fechado e quase surpreendeu Vinicius, que afastou o perigo com um soco. Aos 5, a defesa do time de Sorocaba afastou mal um cruzamento, Gabriel Menino ficou com a sobra na entrada da área e chutou por cima. Aos 15 minutos Luan descolou bom cruzamento para Esteves, que de primeira mandou próximo ao travessão.

O jogo era aberto. Aos 17 minutos Leilson arriscou de média distância, mas errou o alvo. Logo em seguida o auxiliar João Martins promoveu a quarta alteração: Papagaio deu lugar a Newton, do Sub-20. Aos 19, Victor Luis cruzou, Danilo finalizou e a defesa cortou. Aos 30 minutos Patrick de Paula cobrou muito bem uma falta de longe; o goleiro fez ótima defesa.

Cansado, o Palmeiras começou a perder rendimento nos 15 minutos finais. Aos 35 Pablo testou a sorte da intermediária, mas Vinicius estava atento. Aos 36 a última mexida no Verdão: Esteves deu lugar a Gabriel Silva. Logo depois de entrar o atacante teve a primeira (e única) chance: Rony chutou rasteiro e ele tentou desviar, mas chutou para fora.

Lanterninha do estadual, o São Bento voltou a incomodar aos 38 minutos: Daniel recebeu livre dentro da área e chutou na trave. Aos 44 Danilo roubou a bola na intermediária e tocou para Gabriel Menino fuzilar a meta de Luiz Daniel, que fez ótima defesa. Aos 48, no último lance do jogo, Rony chutou no canto direito do goleiro, que foi buscar.

Com o empate em Volta Redonda o Palmeiras chega a 8 pontos e assume a liderança do Grupo C pelo saldo de gols (tem a mesma pontuação do Red Bull Bragantino).

O próximo jogo do Verdão, em tese, é contra o São Paulo, mas ainda não existe uma previsão de quando o clássico irá acontecer.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.