Twitter RSS
Close

New York City (EUA) 1 x 2 Palmeiras – 18/01/2020

O jogador Willian, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do New York City FC, durante partida válida pela Flórida Cup, no Orlando City Stadium. (Foto: Cesar Greco)

Em uma tarde de rodada dupla na cidade de Orlando, nos Estados Unidos, o Palmeiras venceu os americanos do New York City por 2 a 1 neste sábado (18) e se sagrou campeão da Florida Cup 2020 após o Corinthians perder para o Atletico Nacional-COL, também por 2 a 1, no jogo seguinte.

Com os resultados, o Verdão somou cinco pontos na competição, pois havia vencido o Atletico Nacional-COL nos pênaltis na estreia (triunfo nos penais dava um ponto a mais ao vencedor). Já o Corinthians, que havia batido o NY City na primeira rodada, ficou com três, atrás dos colombianos do Nacional, que terminaram com quatro.

O triunfo alviverde veio de virada. Após um bom início de primeiro tempo, a equipe acabou castigada com um gol a poucos segundos do intervalo. Mas, na segunda etapa, os comandados de Vanderlei Luxemburgo se impuseram em campo e chegaram às redes com Lucas Lima e Willian.

Jogo válido pela Florida Cup.

FICHA TÉCNICA

Jogo: New York City FC-EUA 1 x 2 Palmeiras
Competição: Florida Cup | 2ª rodada
Data: 18/01/2020 l 16h (horário de Brasília)
Local da partida: Exploria Stadium, em Orlando (EUA)
Árbitro: JJ Bilinski (EUA)
Assistentes: Trent Van Haitsma (EUA) e Albert Escobar (EUA)
Cartões amarelos: Gabriel Menino, Felipe Melo, Raphael Veiga e Zé Rafael (PAL); Jasson e Haak (NYC)
Gols: Lucas Lima (10 minutos do 2º Tempo) e Willian (27 minutos do 2º Tempo) pelo Palmeiras e De Rosario (46 minutos do 1º Tempo) pelo New York City-EUA

Palmeiras: Weverton (Jailson); Marcos Rocha (Mayke), Felipe Melo (Luan), Gustavo Gomez (Pedrão) e Victor Luis (Diogo Barbosa); Gabriel Menino (Patrick de Paula), Bruno Henrique (Ramires, Zé Rafael) e Lucas Lima (Alan); Dudu (Gabriel Veron), Raphael Veiga (Willian) e Luiz Adriano (Wesley). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

New York City-EUA: Stuver (Barraza), Tinnerholm (Scally), Chanot (Ibeagha), Callens (Sands), Matarrita (Rocha), Ring (Zelalem), Parks (Haak), Moralez (Jasson, Lansade), Mackay-Steven (Fortune), Mitrita (Torres) e De Rosario (Kapanadze). Técnico: Ronny Deila