Twitter RSS
Close

Grêmio 1 x 1 Palmeiras – 17/08/2019

Palmeiras e Grêmio empataram pelo Brasileiro em prévia da Libertadores (Foto: Lucas Uebel/Divugação)

Precisando de uma vitória para se reabilitar no Brasileirão, o Verdão deu início à maratona de jogos contra o Grêmio. Serão mais 2 jogos seguidos válidos pela Libertadores.

E a estigma Palestrina pós Copa América continua.

Depois de sair vencendo com um gol de Dudu aos 14′ da etapa inicial, o mistão Alviverde desperdiçou boas chances de ampliar.

Na volta da etapa complementar o time esteve apático e acabou castigado aos 43 num chutaço de fora da área que Weverton não alcançou.

Com o empate o Palmeiras vai a 30 pontos e perde a segunda colocação para o Flamengo com o mesmo número de pontos, porém uma vitória a mais.

Jogo válido pela 15ª rodada do Brasileirão 2019.

FICHA TÉCNICA

Local: Arena Grêmio, Porto Alegre-RS
Data: 17/08/2019, sábado
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Cartões amarelos: Felipão
Gols: Grêmio:: David Braz, aos 43 minutos do segundo tempo;
Palmeiras: Dudu, aos 13 minutos do primeiro tempo

Grêmio: Júlio César; Léo Moura (Luciano), Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Rômulo, Darlan (Patrick) e Thaciano; Luan (Everton), Pepê e Diego Tardelli
Técnico: Renato Gaúcho

Palmeiras: Weverton; Mayke (Marcos Rocha), Antônio Carlos, Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos, Matheus Fernandes (Bruno Henrique) e Raphael Veiga; Hyoran, Dudu (Ramires) e Borja
Técnico: Felipão

Jogo completo, PTD, ESPN, UOL, Lancenet!, Globo Esporte, Terra Esportes, Estadao, Folha Online.

Palmeiras sai na frente, não mata o jogo, é prejudicado pelo apito e fica no 1 a 1 com o Grêmio

Gol de empate da equipe gaúcha saiu aos 43 minutos do segundo tempo; time de Felipão chega a 6 rodadas sem vitória e perde a vice-liderança.

Com apenas 3 titulares – Weverton, Gómez e Dudu, o Palmeiras iniciou o jogo tomando a iniciativa. Logo no primeiro minuto Dudu recebeu em boa condição para finalizar na entrada da área mas quando armava o chute foi bloqueado por David Braz. Também praticamente todo reserva, o Grêmio até tinha mais posse de bola, mas sem qualquer objetividade.

Aos 13 minutos o Verdão armou um contra-ataque fatal: Hyoran deu linda assistência para Dudu fintar David Braz e bater de canhota no canto direito baixo de Julio César: 1 a 0. A equipe da casa só foi conseguir responder aos 20 minutos, quando Luan ganhou uma dividida com Thiago Santos e na sequência chutou por cima do travessão.

Pouco depois, aos 24, outra investida do Grêmio, essa com mais perigo: após rebote da defesa alviverde Léo Moura teve tempo de ajeitar e fuzilar; a bola passou perto do ângulo direito de Weverton, que nada poderia fazer. Aos 28 Hyoran recebeu dentro da área, girou pra cima da marcação e chutou fraco. Aos 31 minutos Léo Moura errou uma tentativa de recuo para Julio César, Borja ficou com a bola mas demorou para finalizar; o goleiro se recuperou a tempo e mandou para escanteio, que não resultou em nada.

Melhor em campo, o Palmeiras foi dono das últimas chances de gol da etapa inicial. Aos 33 Mayke cruzou e Borja concluiu de voleio, para fora. Aos 35 Dudu armou contra-ataque, abriu para Borja que cruzou para Hyoran marcar de cabeça, mas o gol foi corretamente anulado por impedimento do camisa 9.

Aos 38 minutos Dudu, inspirado, fez boa jogada individual na entrada da área e bateu de canhota, desta vez nas mãos de Julio César. Aos 44, em outro contra-ataque, Raphael Veiga tocou para Borja chutar cruzado, fácil para o goleiro. Hyoran, livre do outro lado, ficou desesperado pedindo o passe, com razão.

No segundo tempo o Verdão não levou nem 10 segundos para finalizar; aos 9 a bola sobrou para Raphael Veiga, que isolou. A resposta do Grêmio não demorou: no primeiro minuto Thaciano arriscou da entrada da área, fácil para Weverton. A promessa de um jogo eletrizante, no entanto, não se confirmou. Logo o ritmo da partida voltou ao patamar dos 45 minutos iniciais.

Aos 8 minutos Mayke, que não atuava há muito tempo em função de lesão, sentiu um problema na coxa e foi substituído por Marcos Rocha. Aos 9 Dudu fez lindo lançamento para Hyoran, que dominou com o pé errado e deu chance para o goleiro diminuir o ângulo. Aos 12 minutos o Grêmio trabalhou bem a bola no campo de ataque até a jogada terminar com Léo Moura recuando para Weverton.

Com espaços para contra-atacar, o Palmeiras voltou a incomodar a meta de Julio César aos 15 minutos, quando Hyoran acionou Dudu, que chutou no meio do gol. Aos 18 Felipão promoveu a segunda alteração: Matheus Fernandes deu lugar a Bruno Henrique. Aos 20 minutos Patrick finalizou de média distância, para fora.

Bem no jogo, aos 28 minutos Hyoran fez bela jogada individual ao se livrar de 3 marcadores e chutar com força, mas Julio César estava atento e fez a defesa. Aos 32 a última mexida no Verdão: Dudu deu lugar a Ramires. Aos 38 minutos Luciano arriscou de longe, a bola quicou e quase complicou Weverton, que de manchete mandou para escanteio.

Segurando o resultado, o Palmeiras foi castigado aos 43 minutos: após lateral invertido pela arbitragem, David Braz recebeu na intermediária e arriscou um improvável chute no ângulo direito de Weverton: 1 a 1. Após o empate o time da casa se animou e esboçou uma pressão, aí, para segurar, o Palmeiras precisou sair um pouco para o jogo e acabou perdendo a principal chance da vitória, aos 50, com Victor Luis, mas a defesa adversária salvou.

Com outro empate, o quinto seguido em seis rodadas depois da Copa América, o Palmeiras vai a 30 pontos e perde não só nova chance para encostar no líder como também a segunda colocação.

Agora o Verdão muda o foco para a Libertadores, já que na terça-feira (20/08) volta a enfrentar o Grêmio pelo jogo de ida das quartas de final. A partida será realizada às 21h30, em Porto Alegre.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.