Twitter RSS
Close

Bahia 1 x 1 Palmeiras – 16/09/2018

30854641488_525e3a0272_o
Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Esperando uma vitória para manter a proximidade como pelotão da frente, o habitual mistão Palestrino foi a campo e fez um jogo muito fraco tecnicamente. Conseguiu apenas um empate depois de ficar atrás do marcador por mais de 60 minutos.

Os comandados de Felipão exageraram na quantidade de passes errados e na falta de técnica.

O empate mantém o Palmeiras na 3ª colocação e a distância para o líder poderá chegar a 5 pontos se o Inter vencer amanhã.

Jogo válido pela 25ª rodada do Brasileirão 2018.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 1 PALMEIRAS

LOCAL: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
DATA-HORA: 16/09/2018 – 16h
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes (SC)
ASSISTENTES: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eder Alexandre (SC)
PÚBLICO/RENDA: 24.295 pagantes/R$ 671.382,00
CARTÕES AMARELOS: Elton (BAH), Bruno Henrique e Lucas Lima (PAL)
CARTÕES VERMELHOS: –
GOLS: Gilberto (17’/1ºT) (1-0), Felipe Melo (32’/2ºT) (1-1),

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton (Edson, aos 30’/2ºT) e Zé Rafael; Élber (Marco Antonio, no intervalo), Ramires e Gilberto (Junior Brumado, aos 29’/2ºT). TÉCNICO: Enderson Moreira.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antônio Carlos, aos 36’/1ºT), Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique (Dudu, aos 15’/2ºT) e Lucas Lima; Jean, Hyoran (Willian, aos 26’/2ºT) e Borja. TÉCNICO: Paulo Turra.

PTD, jogo completo, Lancenet!Globo EsporteTerra EsportesEstadaoFolha Online.

Palmeiras joga mal contra o Bahia mas arranca empate com gol de Felipe Melo: 1 a 1

Comandado por Paulo Turra, Verdão sofre em Salvador mas evita derrota; distância para o líder segue em 3 pontos, mas pode aumentar para 5.

 

Com três volantes – Felipe Melo, Jean e Bruno Henrique, o Palmeiras iniciou o jogo sendo completamente dominado pelo Bahia, que não demorou a criar a primeira chance de gol. Aos 5 minutos a bola sobrou para Gilberto dentro da área, ele chutou e parou em boa defesa de Weverton; no rebote Gilberto furou, a jogada prosseguiu e Zé Rafael bateu para fora.

Aos 14 minutos Zé Rafael cobrou falta e Felipe Melo desviou no meio do caminho, mandando a bola nas mãos de Weverton. Aos 17 pane geral na defesa alviverde: Gómez e Luan ficaram olhando Ramires dentro da área e ele serviu Gilberto para bater no canto esquerdo de Weverton, que nada pôde fazer: 1 a 0.

A frente no placar, o Bahia diminuiu a intensidade, mas sem se expor. Com Lucas Lima bem marcado e praticamente sem pontas, já que Hyoran e Jean não abriam o jogo, o Verdão não conseguia passar pela forte marcação da equipe baiana.

Com um incômodo na região da panturrilha direita, aos 35 minutos Luan precisou ser substituído por Antônio Carlos.  Aos 42 enfim o time comandado interinamente por Paulo Turra (Felipão cumpriu suspensão) ameaçou a meta de Douglas: Marcos Rocha cruzou na cabeça de Borja, que mesmo livre dentro da área cabeceou por cima do travessão.

Antes do primeiro tempo terminar o Palmeiras tentou mais uma vez o empate, mas sem sucesso: após rebatida da defesa Hyoran experimentou de longe e errou o alvo por muito.

Sem alterações para a etapa final, o Verdão voltou apostando na mudança de postura. Aos 3 minutos Hyoran bateu colocado da entrada da área, a bola desviou e saiu em escanteio, que não resultou em nada. Aos 8 minutos Lucas Lima enfiou para Borja, que finalizou muito mal de canhota; a bola quase saiu em lateral.

Como o gol de empate não saiu, aos 15 minutos Turra promoveu a segunda alteração: Bruno Henrique entrou no lugar de Dudu. A primeira chance depois do camisa 7 entrar, no entanto, foi do Bahia: aos 22 minutos Nino Paraíba arriscou de média distância, nas mãos de Weverton.

Diante da falta de eficiência do sistema ofensivo, aos 26 minutos Turra mexeu pela última vez: Hyoran foi substituído por Willian. Aos 32 o camisa 29 tocou para Dudu, que arriscou de fora da área, a bola desviou e saiu em escanteio. Na cobrança executada por Dudu, Felipe Melo ganhou da defesa pelo alto e decretou o empate: 1 a 1.

Ao invés do gol Palmeirense deixar o final do jogo emocionante, as duas equipes apertaram a marcação e praticamente nenhuma outra chance foi criada até o apito final.

Com o empate o Verdão vai a 47 pontos e desperdiça a chance de encostar ainda mais nos líderes. O São Paulo empatou com o Santos e foi a 50 pontos; o Inter joga amanhã contra a Chapecoense, em Chapecó, e pode ir a 52.

Agora o Palmeiras muda novamente o foco, mas para a Libertadores, já que na quinta-feira (20/09) visita o Colo-Colo pelo jogo de ida das quartas de final. A partida está marcada para 21h45.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.