Twitter RSS
Close

Palmeiras 2 x 0 Atlético-GO – 30/06/2011

Maikon Leite comemora gol marcado diante do Atlético-GO, no Canindé. Foto: Fabio Braga/Folhapress

O Palmeiras foi a campo sem Kleber nesta quinta-feira, mas contou com um estreante para conseguir sua quarta vitória em casa no Campeonato Brasileiro.

No Canindé, o time de Luiz Felipe Scolari viu o atacante Maikon Leite marcar em sua primeira partida com a camisa alviverde e ajudar no triunfo por 2 a 0 contra o Atlético-GO, mantendo a equipe na terceira colocação da tabela nesta sétima rodada.

Mesmo sem seu principal atacante, o Palmeiras conseguiu ser perigoso diante do Atlético-GO, com o trio ofensivo composto por Maikon Leite, Luan e Wellington Paulista. Contando com uma boa movimentação no ataque, o time anfitrião não demorou para abrir o marcado.

Mais ofensivo e controlando bem a partida o Palestra ampliou e conquistou 3 importantes pontos no campeonato.

Jogo válido pela 7ª rodada do Brasileirão 2011.

FICHA TÉCNICA

Local: Canindé, São Paulo (SP)
Data: 30/06/2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Renda: R$ 242.709,00
Público: 9.450 pessoas
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Wilton José Lins da Silva (PE)
Cartões amarelos: Bida e Rafael Cruz (Atlético-GO); Luan e Tinga (Palmeiras)
Gols: Maikon Leite, aos 27, Marcos Assunção (pênalti), aos 33 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Marcos Assunção (Chico), Márcio Araújo, Lincoln (Tinga) e Luan; Maikon Leite (Adriano) e Wellington Paulista
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Atlético-GO: Márcio; Adriano (Rafael Cruz), Gílson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vítor Júnior (Elvis); Marcão (Juninho) e Anselmo
Técnico: Paulo César Gusmão

Globo Esporte, Terra Esportes, Folha Online.

Maikon Leite estreia com gol, e Palmeiras vence Atlético-GO

Folha de SP

Com Kleber vetado pelo departamento médico, o Palmeiras contou com o estreante Maikon Leite para derrotar o Atlético-GO por 2 a 0, no Canindé, nesta quinta-feira, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Com este resultado, o Palmeiras tem 14 pontos e está na terceira colocação. O time alviverde mantém o aproveitamento de 100% dos pontos em casa, com quatro vitórias. Já o Atlético-GO tem sete pontos e está perto da zona de rebaixamento.

Maikon Leite, ex-Santos, formou dupla com Wellington Paulista e marcou o primeiro gol do time alviverde, aos 28min do primeiro tempo. O atacante ainda teve outros momentos de brilhantismo, com dribles e assistências. Foi substituído no final do jogo e deixou o gramado aplaudido pela torcida.

Já Kleber viu a partida de uma tribuna e não esboçou reação quando sua equipe abriu o placar, conforme registrou o canal PFC. Caso tivesse jogado nesta quinta, o atacante teria completado seu sétimo jogo pelo Palmeiras no Brasileiro e não poderia ser negociado com outra equipe da Série A.

O segundo gol do Palmeiras foi marcado por Marcos Assunção em cobrança de pênalti, aos 34min do primeiro tempo. O jogador também deixou o campo aplaudido pelos torcedores.

O próximo compromisso do Palmeiras será no dia 7 de julho contra o América-MG, fora de casa. No mesmo dia o Atlético-GO vai enfrentar o Botafogo, no Rio.

O JOGO

Sem Kleber, vetado por um edema na coxa esquerda, o Palmeiras foi escalado pelo técnico Luiz Felipe Scolari com a dupla de atacantes Maikon Leite e Wellington Paulista. Apesar de ter mais posse de bola, o time demorou para se acertar e viu o Atlético-GO criar os primeiros lances ofensivos.

Após os 15min iniciais a equipe encontrou uma brecha na forte marcação do rival e passou a buscar jogadas pelas laterais. Pela direita, criou três lances perigosos e no quarto abriu o placar. Márcio Araújo cruzou rasteiro para Maikon Leite, que desviou para o gol, aos 28min.

O time alviverde seguiu pressionando e o segundo gol foi marcado após uma boa jogada na esquerda. Gabriel Silva escapou pelo setor e ao entrar na área foi derrubado por Bida. O árbitro Nielson Nogueira Dias marcou pênalti e Marcos Assunção ampliou, aos 34min.

Na segunda etapa o time do Palmeiras recuou um pouco, atuando de maneira mais precavida. Mesmo assim foi mais perigoso do que o rival, que tinha dificuldades para articular jogadas ofensivas, além de errar muitos passes.

Maikon Leite foi um dos melhores da etapa final. Finalizou, aplicou dribles, fez jogadas de efeitos e ainda deu algumas assistências para os companheiros –numa delas Cicinho, aos 34min, perdeu chance de fazer o terceiro. Deixou o campo aos 36min muito amplaudido.

Nos minutos finais, a partida ficou um mais faltosa e o Palmeiras passou a tocar a bola no campo de defesa. O time até tomou um susto em cobrança de falta de Bida, aos 48min, que acertou o travessão, mas confirmou sua quarta vitória no Brasileiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.