Twitter RSS
Close

Noroeste 1 x 2 Palmeiras – 09/03/2011

Vinicius, Valdivia e Thiago Heleno

Tentando reagir no campeonato e quebrar uma série de três empates consecutivos do Palmeiras no Campeonato Paulista, o Verdão foi a Bauru enfrentar a equipe do Noroeste.

O Palmeiras encontrou muitas dificuldades, tanto que saiu atrás do marcador, e demorou para apresentar o melhor nível de jogo.

A grande atuação de Valdivia, com um gol e uma assistência, permitiu ao Palestra reagir e reencontrar o caminho dos triunfos depois de quase um mês sem resultados positivos no Estadual.

Com a vitória fora de casa, o Palmeiras chegou aos 25 pontos e encostou na parte de cima da tabela.

Jogo válido pela 12ª rodada do Paulistão 2011.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru (SP)
Data: 9 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alberto Poletto Masseira (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Luciano Monteiro dos Santos e Guilherme Ceretta de Lima (ambos de SP)
Cartões amarelos: Matheus e Vandinho (Noroeste); Gabriel Silva (Palmeiras)
Cartão vermelho: Matheus (Noroeste)
Gols: NOROESTE: Giovanni, aos 17 minutos do primeiro tempo; PALMEIRAS: Valdívia, aos 37, e Vinícius, aos 40 minutos do segundo tempo

NOROESTE: Andre Luis; Márcio Gabriel, Matheus, Halisson e Gleidson; Júlio César, Thiago Ulisses, Giovanni (Gustavo) e Ricardinho (Aleílson); Vandinho e Diego (França). Técnico: Lori Sandri

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor), Tinga (Vinícius) e Valdívia; Adriano e Luan (Max Santos). Técnico: Luiz Felipe Scolari

PTD, ESPN, Globo Esporte, Terra EsportesEstadaoFolha Online.

Valdivia brilha, Palmeiras vira sobre Noroeste e encerra jejum

A série de três empates consecutivos do Palmeiras no Campeonato Paulista foi quebrada na noite desta quarta-feira, em Bauru, e muito graças ao chileno Valdivia. Com grande atuação do camisa 10, autor de um gol e uma assistência, o clube comandado por Luiz Felipe Scolari venceu o Noroeste por 2 a 1 e reencontrou o caminho dos triunfos depois de quase um mês sem resultados positivos no Estadual – o último resultado positivo havia sido contra o Americana, em 12 de fevereiro.

Com a vitória fora de casa, o Palmeiras chegou aos 25 pontos e encostou na parte de cima da tabela, encerrando uma sequência irregular na competição. No segundo confronto sem Kleber, mais uma vez desfalque, o time alviverde conseguiu balançar as redes e vencer.

Longe da capital, o Palmeiras encontrou muitas dificuldades e demorou para apresentar o melhor nível de jogo. Tanto que aos 17min, Giovanni, em posição polêmica dentro da área, tocou de letra para abrir o marcador. A partir de então, o time alviverde só ameaçou por intermédio de bolas paradas, geralmente cobradas por Marcos Assunção.

E justamente desta forma o time visitante chegou ao empate. No entanto, não foi o volante quem decidiu a favor do Palmeiras. O chileno Valdivia surpreendeu a todos e bateu falta com categoria aos 37min da segunda etapa para empatar o duelo. Embalado, o chileno ainda fez uma grande jogada e deixou a bola para Vinícius virar o marcador e concretizar a vitória do clube alviverde.

Depois da sétima vitória palmeirense no Campeonato Paulista, a equipe de Felipão volta a campo no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), para enfrentar o São Bernardo, no Canindé. Na mesma data e horário, o Noroeste buscará a reabilitação diante do Linense, que venceu nesta quarta-feira o Mogi Mirim, fora de casa, por 1 a 0.

O jogo

O incômodo retrospecto recente no Campeonato Paulista de três empates consecutivos obrigou o Palmeiras a começar o confronto com uma postura ofensiva. Escalado com Valdivia, Luan e Adriano no ataque, o time comandado por Luiz Felipe Scolari buscou pressionar a defesa do Noroeste, mas não obteve o resultado esperado devido à forte marcação do clube de Bauru.

Pouco criativa, a equipe paulista deu margem aos mandantes, que cresceram no duelo ao controlar o ímpeto do time alviverde. O equilíbrio da partida, contudo, acabou alterado aos 17min, e a favor do Noroeste.

Justamente no momento em que conseguira equilibrar o jogo, o time da casa abriu o placar. Após cruzamento da direita, o goleiro Deola rebateu a bola para o meio da área. Na sobra, Vandinho chutou na direção de Giovanni, que, em posição duvidosa, tocou de letra para abrir o marcador em Bauru.

Sem Kleber, ausente por causa de lesão, novamente o Palmeiras expôs as dificuldades ofensivas, tão cobradas por Felipão. A não presença do camisa 30 dificultou todas as formas de ataque do clube paulistano. Somente nas bolas paradas, como com Marcos Assunção aos 39min, o time visitante ameaçou.

No retorno do intervalo, o técnico Luiz Felipe Scolari, descontente com o desempenho apresentado, fez duas alterações no Palmeiras. Saíram o volante Tinga e o atacante Luan para a entrada de dois jogadores mais leves, o meia-atacante Max Santos e o jovem atacante Vinícius.

Para facilitar a missão palmeirense, o zagueiro Matheus fez falta dura em Valdívia aos 12min do segundo tempo, recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o Noroeste com dez jogadores. Mais tarde, Felipão sacou o batedor de faltas Marcos Assunção e adiantou João Vitor.

Mesmo acuado, o Noroeste seguia se defendendo até que Valdívia decidiu. Aos 37min, o chileno cobrou falta, com categoria, no ângulo direito para empatar. Três minutos depois, deixou Vinícius na cara do gol para chutar cruzado, anotar o segundo e decretar o triunfo de virada e aliviar a má fase.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.